mates pelo mundo

06

set
2017

MATES PELO MUNDO #3 Felipe em Toronto

Postado por: Tatiana Serbena/ 281 0

No terceiro post da série Mates pelo Mundo, o nosso parceiro Fellipe Munhoz foi se aventurar por Toronto com o objetivo principal de aprimorar o inglês.

Abaixo, Fellipe dividirá conosco as experiências e momentos em um dos países mais procurados por jovens do mundo inteiro para realizar o sonho de fazer intercâmbio: O Canadá.

Se você também já viajou pela Travelmate, nos envie o seu relato preenchendo o formulário no final do post!

Informações

  • Nome: Fellipe Eduardo Munhoz
  • Idade: 26 anos
  • Programa que escolheu fazer: ILAC – General English – 1 mês
  • Cidade que viajou: Toronto – Canadá
  • Data da ida e volta: 26/01/2017 –  01/03/2017

 

Por que decidiu fazer intercâmbio?

Tinha acabado de sair do emprego e usei o tempo livre para conhecer uma nova cultura, e também para poder aprimorar o meu inglês visando um diferencial no mercado de trabalho.

Como foi a reação da sua família ao saber que queria viajar? Te apoiaram?

Quando expressei o desejo de ir viajar, também por ter um casal de amigos que estavam fazendo a mesma viagem, minha mãe apoiou bastante e incentivou a minha ida, até como uma oportunidade de crescimento e vivência.

Por que escolheu a Travelmate?

Um casal de amigos já tinha feito a compra de um pacote de intercâmbio, quando expressei meu desejo em ir e fazer o curso junto, eles me acompanharam e ao conhecer a Travelmate, vi que era uma empresa muito profissional e de qualidade.

Como chegou à decisão da cidade escolhida?

Devido ao casal de amigos que estava indo e também pela proximidade com os Estados Unidos e a possibilidade de visitar cidades como Nova Iorque, outros fatores que pesaram foi o renome da escola em que fiz o curso e a possibilidade de futuramente tentar uma imigração para o Canadá.

Por que você escolheu o programa que você fez no intercâmbio?

Devido a escola que possui reconhecimento e o tempo de um mês foi devido as condições que eu tinha para manter os custos fora.

Como foi sua adaptação no país? Tem alguma curiosidade que gostaria de contar?

A adaptação foi rápida, os canadenses são acolhedores e na escola temos contatos com inúmeras culturas de todas as partes do mundo.

Uma curiosidade foi que o povo canadense é um povo muito respeitoso, como estava acostumado com o trânsito de Curitiba onde os motoristas raramente respeitam a faixa de pedestres, levei um tempo para me acostumar com Toronto, onde ao atravessar uma rua na faixa, os carros param e não era necessário nem olhar pros lados.

Fez novos amigos?

Sim, fiz vários amigos de várias partes do Brasil e do mundo, alguns da américa latina, turcos, franceses, coreanos e japoneses, entre outros.

Sua experiência foi como você imaginava?

Sim, foi muito boa e gostei muito de ter realizado o intercâmbio.

Pretende fazer intercâmbio de novo? Para onde e por que?

Como tenho o sonho de aprender Alemão, gostaria de fazer futuramente, um intercâmbio para a Alemanha para fins de estudo e aprimoramento do idioma.

O que mudou depois que você voltou do intercâmbio? Mercado de trabalho, pensamentos, ideias, etc.

Ao conhecer várias culturas, aprendemos a conviver melhor com todas as pessoas, aprendemos mais sobre o mundo e suas características, o intercâmbio serviu para fazer eu firmar algumas coisas que já acreditava e pensar de maneira diferente em muitas outras.

Cerca de meio mês após voltar, consegui recolocação no mercado de trabalho e acredito que o intercâmbio também foi um diferencial.

Qual a mensagem que você daria para quem sonha em fazer intercâmbio?

Quem tem condições e está em dúvida, deve fazer, as experiências e o crescimento pessoal são incríveis e são lembranças que estarão presentes por toda a vida, assim como amizades que são feitas na viagem.

 

Confira algumas fotos da experiência de Fellipe:

 

MATES PELO MUNDO

 

Quer fazer parte do Mates pelo Mundo? Preencha o cadastro e venha conversar conosco!

Deixe o seu comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, digite seu nome
Por favor, digite o seu e-mail
Por favor, digite um e-mail válido