malta

16

fev
2017

Por quê fazer intercâmbio em Malta?

Postado por: Manu Cavalli/ 1079 0

Está em dúvida sobre em qual país fazer intercâmbio? Acha que Malta pode ser o destino perfeito para você? Quer saber mais sobre Malta e o por quê fazer intercâmbio em Malta? Leia nosso post e se apaixone por cada detalhes dessas ilhas maravilhosas.

fazer intercâmbio em malta

  • História e Dados principais

O país com a habitação mais antiga da União Europeia, 5200 a.C, Malta é um destino incrível e inesquecível para os intercambistas. Em Malta o intercambista vai aprender histórias incríveis, vai viver no terreno rochoso e litorais cheio de falésias.

Das 7 ilhas de Malta, apenas 3 são habitadas, sendo elas Malta, Gozo e Comino. Malta abrange uma área terrestre de 316 km², tornando-se um dos menores países da Europa, possuindo também a terceira maior densidade demográfica do continente. Sua capital é Valeta e a maior cidade é Birkirkara. O Maltês é a língua nacional e o inglês é a língua cooficial, então não se preocupe, o inglês é muito falado no país.

Como dito, Malta é um país antigo e com muita história para aprender, como os primeiros achados arqueológicos, que foram encontrados aproximadamente em 3800 a.C. Também existiu nas ilhas uma civilização pré-histórica significativa antes da chegada dos fenícios, que batizaram a ilha principal de Malat, o que significa refúgio seguro. Os agricultores neolíticos viveram sobretudo em cavernas e produziram uma cerâmica similar à encontrada na Sicília.

  • Cultura

A cultura maltesa reflete as influências variadas das diversas culturas que a dominaram até 1964, particularmente de Itália e do Reino Unido. Os costumes, lendas e folclores malteses são estudadas e categorizadas lentamente, como qualquer outra tradição europeia.

malta

  • Saúde

Outro motivo para ir para Malta é a saúde. Hoje, Malta tem tanto um sistema de saúde público, conhecido como o serviço governamental de saúde, e um sistema de saúde privado. Malta tem uma forte base de cuidados médicos primários, e os hospitais públicos prestam cuidados secundários e terciários. O Ministério de Saúde maltês aconselha os residentes estrangeiros a fazer um seguro médico privado.

  • Educação

As escolas públicas tendem a usar os dois idiomas, maltês e inglês, de forma equilibrada. As escolas particulares preferem usar o inglês para o ensino, como também é o caso com a maioria dos departamentos da Universidade de Malta. A maioria dos cursos universitários são em Inglês. Malta é também um destino popular para estudar o idioma inglês, atraindo mais de 120.000 estudantes em 2015 e esse número só cresce com a valorização de Malta. A taxa de alfabetização de Malta é de 99,5%.

  • Moeda Local

Em 2008, Malta aderiu à zona do Euro e o dinheiro passou ser oficialmente a moeda em Malta.

Até dezembro de 2007, a moeda vigente no país era a Lira Maltesa, conhecida em idioma maltês como Lira Maltija. A moeda havia sido estabelecida no país ainda em 1825, período no qual o país ainda era parte do então robusto e fortalecido Império Britânico.

  • Culinária

Não se preocupe também com a comida, apesar de não ter o famoso feijão com arroz, Malta possui uma culinária incrível, principalmente quando se fala em molhos. A Itália, Espanha e Turquia estão sempre presentes nas refeições, então se prepare para deliciosas lasanhas em Malta. A mais famosa comida é chamada ‘pastizzi’, com massa filo parcialmente recheada com ricota, queijo e ervilhas e podem ser acompanhadas por um copo de ‘kinnie’, um suco feito de uma determinada espécie de laranja.

Malta-Pastizzi
O famoso pastizzi
  • Clima

A temperatura em Malta é bem agradável, com médias que se assemelha as das cidades brasileiras. Isso significa que você pode aproveitar o seu intercâmbio em Malta sem se preocupar com chuvas muito fortes ou com períodos de estiagem mais longos.

  • Custo de vida

Você até pode achar que o custo de vida em Malta é caro pois está situada na Europa, mas em relações aos países vizinhos, Malta é acessível e você pode muito bem almoçar com 7 até 15 euros. O custo de vida se baseia, talvez, no salário mínimo três vezes menor do que as demais cidades europeias. Com a moradia, gasta-se em torno de 250 a 500 euros com o aluguel de um bom apartamento, que fica em prédios de no máximo cinco andares, pois não há nenhum mais alto do que isso. O passe de ônibus, válido por 24h, custa apenas 1,50 euro.

  • Principais Pontos turísticos

– Valleta, capital que possui a Catedral de São João, histórica e com arquitetura que remete aos primórdios da ilha, museus e o jardim de Barraka, de onde é possível avistar fortalezas, bastiões e o principal porto da ilha.

– Mdina, a cidade do silêncio, antiga capital de Malta, Mdina tem apenas 300 habitantes, é pitoresca e gostosa de visitar. Possui ruas estreitas e convidativas para uma caminhada.

– Marsaxlokk, o local é uma pequena vila de pescadores. Por isso, existem vários restaurantes em frente a uma baía. Marsaxlokk é famoso por oferecer um cardápio variado de peixes frescos e um ambiente relaxante.

– Saint Julian, é lá que a noite da ilha de Malta acontece. Gente de todo o mundo procurando baladas e conhecendo todo mundo.

– Blue Lagoon, azul com belas vistas de todos os ângulos. Uma praia com água transparente, azul, límpida e com uma vista deslumbrante.

Saint Julian
Saint Julian
  • Curiosidades

– As muitas igrejas de Malta são caracterizadas por terem 2 relógios acima da entrada principal, um mostrando a hora correta e o outro a hora errada. A proposta disso é confundir o demônio quando ele está na cidade.

– Em qualquer lugar que você estiver em Malta, os barcos coloridos de pesca estarão escorados nas proximidades. Cada um deles tem olhos pintados na frente, o que aparentemente mantém os demônios longe do pescador no mar.

– Malta é o menor país da união europeia. Cinco Maltas caberiam em Londres.

– Fãs de Game of Thrones vão adorar Malta por ser cenário de vários episódios da série. A ilha também recebeu a equipe de filmagem de Tróia, Capitão Phillips e Guerra Mundial Z.

guerra-mundial-z em malta
Cenas do filme Guerra Mundial Z gravadas em Malta

 

  • Fazer intercâmbio para Malta

Depois de saber tudo sobre Malta e ver que o destino está sendo um dos principais para os intercambistas, é hora de começar a procurar tudo sobre como viajar para as Ilhas de Malta.

Trabalhar e estudar em Malta é uma ótima ideia. Para ficar até 90 dias na ilha não é preciso de visto e estudantes não podem trabalhar.

malta2

Os pacotes para Malta ficam em torno de EUR$1.300,00 até EUR$5.000,00, tudo isso dependendo do tempo que você irá ficar e qual a escola que irá estudar. Veja alguns pacotes da Travelmate:

– Ficar 4 semanas com hospedagem em casa de família e estudando na escola LaL sai a partir de EUR$ 1.496,00, para saber mais informações clique aqui.

– Ficar 12 semanas com hospedagem em casa de família estudando na escola EC sai a partir de EUR$ 3.200,00, para saber mais informações clique aqui.

Agora o que você precisa fazer para realizar o sonho é entrar em contato com a Travelmate e tirar todas as dúvidas. Quer conhecer outros pacotes para Malta? Clique aqui.

Administrator

Analista de marketing digital na agência Sirius Soluções Digitais. Esporte preferido: Futebol, no qual sou fanático e acompanho o que for possível. Hobby: Jogar vídeo-game. Sonho: Viajar para diversos lugares.

Deixe o seu comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, digite seu nome
Por favor, digite o seu e-mail
Por favor, digite um e-mail válido