Categoria: Curiosidades

Quer aprender espanhol no intercâmbio? Conheça alguns destinos

Postado por: Sirius/ 174 0

Existem muitas razões para aprender espanhol. A língua é a que possui o segundo maior número de falantes nativos do mundo, somando cerca de 470 milhões de pessoas. O espanhol é também o principal idioma falado pelos nossos vizinhos latino-americanos – região, inclusive, bastante escolhida por intercambistas para aprender a língua.

Os países hispanofalantes possuem uma cultura bastante rica, o que é um grande atrativo para os viajantes que buscam experiências únicas. Ainda tem dúvidas sobre qual país escolher? Confira algumas sugestões abaixo.

Argentina

O país dos nossos hermanos é um dos destinos clássicos para intercâmbio. Com excelentes instituições de ensino, a Argentina possui cursos que se destacam pela dinamicidade e diversidade. Além de ser referência para os estudos, o país possui uma boa infraestrutura e muitas atrações para o tempo livre.

Quem passa pela Argentina não pode deixar de aproveitar as características marcantes da cultura: alfajor, vinho, doce de leite e tango! Entre os pontos turísticos mais visitados estão a Casa Rosada, o Teatro Colón e as Cataratas do Iguaçu. Para os que podem ir um pouco mais longe, vale visitar o Mar del Plata, Patagônia, Mendoza e Salta.

Costa Rica

Localizada na América Central, a Costa Rica tem cerca de 4,8 milhões de habitantes. Conhecido como “a Suíça da América Central” por causa da sua prosperidade econômica, o país possui em 26% do seu território belezas naturais – resultado da alta consciência ambiental. Entre os principais pontos turísticos da Costa Rica estão o Parque Nacional Vulcão Tenório, Parque Nacional Manuel Antonio e o Parque Nacional Vulcão Arenal. O país também é referência em instituições de ensino, além de ter um povo bastante receptivo.

México

Com uma cultura rica e original, o México é o berço das civilizações antigas. Antes habitado por maias e astecas, o local é naturalmente uma aula de história. Com paisagens surpreendentes, o país conta com um dos centros urbanos mais populosos do mundo e possui muitas atrações turísticas.

A Cidade do México é o destino certo para quem tem curiosidade em conhecer as construções antigas e ao mesmo tempo não abre mão do agito da cidade grande.  O país também conta com belas praias, além de uma culinária única e uma das festas mais famosas do mundo, o Dia de los Muertos, que é uma grande atração turística do país. Entre as cidades mais escolhidas para intercâmbio também está Guadalajara.

Espanha

Mesmo não sendo o mais destino mais escolhido – principalmente por ter uma moeda mais cara do que as dos países da América do Sul -, o país é um ícone para aprender espanhol. Com toda sua magia europeia, a Espanha possui cidades com diferentes culturas.

Para aqueles que querem uma cidade vibrante, moderna e com as lojas mais conhecidas do mundo, Madri é uma boa escolha. A maior cidade da Espanha é também o  centro financeiro, comercial e econômico do país. Além das belas paisagens, a cidade é um ótimo destino gastronômico. Já para quem quer experiências diferentes, Barcelona, Valência e Salamanca são algumas opções.

 

Tóquio: conheça as principais dicas!

Postado por: Sirius/ 172 0

Com mais de 13 milhões de habitantes, a cidade oferece uma imersão cultural

 

Uma cultura rica, tradições, muita tecnologia e experiências únicas. Essas são algumas das bagagens que os visitantes de Tóquio trazem obrigatoriamente ao voltar. Com uma população de 13 milhões de habitantes, a cidade se destaca por ser vibrante e elétrica – como nenhum outro lugar do mundo. Escolher Tóquio como destino é ter a certeza do grande choque cultural em todos os âmbitos.

 

A cidade foi eleita como uma das 10 melhores do mundo em 2019, segundo o estudo divulgado pela Time Out. O local, inclusive, é um dos mais visitados pelos estrangeiros. Tóquio foi a 13ª cidade que mais recebeu turistas em 2017. Se você é um dos que sonha conhecer esse lugar, acompanhe as dicas que a Travelmate separou!

 

Pontos turísticos: os que não podem faltar!

pontos turisticos toquio

Algumas visitas têm que estar obrigatoriamente na agenda de quem vai a Tóquio. Um dos lugares mais indicados é a Skytree. A torre com mais de 634 metros de altura tem vista para a cidade inteira, inclusive para o Monte Fuji (se o tempo colaborar). A Skytree é a torre mais alta do Japão e o mundo.

 

Outra região que atrai muitos turistas é Shibuya, o local que possui o maior cruzamento de ruas do mundo e uma variedade imensa de lojas. Ali, encontra-se também a estátua do cachorro Hachiko, cuja história é contada no filme “Sempre ao Seu Lado”.

 

Para os amantes da cultura pop, o Harajuku é o bairro ideal. São ruas com lojas de roupas, sapatos, bijuterias, cosméticos, souvenirs e produtos a 1 dólar. Aos finais de semana, centenas de pessoas se reúnem no local, deixando as ruas lotadas.

 

Além disso, uma dica certa para colocar no seu roteiro é a região de Asakusa. Neste local está o templo Senso-ji, o mais antigo templo budista da cidade e um dos mais famosos. A construção foi em homenagem a Kannon, popular deusa da misericórdia. Para chegar até ele, vale começar o passeio pelo portal Kaminarimon – um portal de entrada para o templo que atrai muitos turistas.

 

Onde fazer compras

compras toquio

Conhecido como o verdadeiro paraíso das compras, Tóquio reúne o mundo dos eletrônicos.  Lá você encontra shoppings e os mais variados estilos de lojas possíveis, com eletrônicos, roupas, calçados, produtos típicos, além de souvenires. Ao passear em Tóquio, vale a pena visitar lojas casuais que vem crescendo, como Uniqlo e Muji, além das grandes lojas de departamento, como Isetan, Takashimaya, Mitsukoshi e Daimaru. A visita também é obrigatória em uma das ruas mais charmosas da Ásia, Omotesando, conhecida como a Champs Elysées de Tóquio. Lá estão as principais lojas de luxo, como Prada, Louis Vuitton, Gucci e Dior.

 

Gastronomia

culinária toquio

Que o japão possui uma das gastronomias mais ricas do mundo não é novidade. E Tóquio tem grande participação nisso. A cidade tem vários restaurantes com Estrelas Michelin. Os frutos do mar, legumes e vegetais são muito presentes na comida japonesa. E apesar de ser referência em restaurantes, é a comida de rua que merece atenção: marca registrada da cidade.

 

Ao caminhar pelos restaurantes, ruas e becos gastronômicos você encontra uma gama enorme de opções que vão muito além de sushis. O Tamagoyaki, por exemplo, é um omelete clássico da culinária japonesa. Ele é macio e servido em um espeto. Além dele, são muito conhecidos os Ningyo-yakis, biscoitos feitos com massa de panqueca nos mais diferentes formatos.

 

Outro clássico que vale a pena provar é o Anpa, pãozinho doce e macio com recheios que variam – sendo o mais comum o recheado com anko (pasta de feijão vermelho). Isso sem contar toda a variedade da culinária que já conhecemos: Tempura, Yakisoba, Sobá, Onigiri, entre outros.

 

Ficou interessado em conhecer todas essa cultura de perto? Conheça os pacotes da Travelmate para Tóquio.

 

Tudo o que você precisa saber sobre Edimburgo

Postado por: Sirius/ 240 0

A cidade que mistura o novo e o antigo atrai turistas durante o ano todo

Você já ouviu falar sobre Edimburgo? Capital da Escócia, a cidade conquista os turistas por seu cenário medieval. Com ruas estreitas, construções antigas e jardins inspiradores, possui cerca de 488 mil habitantes. Mesmo sendo vizinha de uma das melhores cidades de 2019, Glasgow, Edimburgo é a mais procurada da Escócia pelos intercambistas. Além disso, a cidade tem a economia mais forte do Reino Unido, depois de Londres.

 

Conhecida como Auld Reekie (chaminé antiga) devido a quantidade de chaminés que mantém as casas aquecidas, a cidade proporciona passeios que são uma verdadeira imersão cultural. A área central é dividida em duas: a Old Town, com uma estrutura medieval, e a New Town, desenvolvida a partir do século XVIII, com o estilo neoclássico.

 

O que fazer em Edimburgo

Nada melhor do que conhecer aquela famosa via que reúne lojas, bares e pontos turísticos, não é? Essa é a Royal Mile. Principal local de circulação em Edimburgo, ela é uma sucessão de ruas que liga o Castelo de Edimburgo ao Palácio Hollywroodhouse – dois importantes pontos turísticos da cidade.

 

Uma opção de visita para os turistas é o Tartan Weaving Mill & Exhibition, uma loja de produtos escoceses com cinco andares, em que é possível ver a produção dos itens. Além disso, a passagem pela Camera Obscura & World of Illusions é obrigatória para os curiosos. Com seis andares de exposições, o local desafia nosso cérebro.

 

Para os que gostam de história, a passagem pela Catedral de St. Giles tem que estar na agenda! Dedicada a São Egídio, padroeiro de Edimburgo, este é um dos locais mais importantes da cidade. Já os que gostam de museus, podem optar pelo Museum of Childhood, Museum of Edinburgh e o The People’s Story.

 

Festival de Edimburgo

Considerado um dos maiores eventos culturais do mundo, o Festival acontece desde 1947. Durante três semanas, a cidade reúne música, dança, teatro e artes visuais, atraindo pessoas do mundo todo.

 

O evento é uma união de diferentes festivais, com atrações variadas. Entre eles estão o Edinburgh International Festival, Edinburgh Festival Fringe, Edinburgh International Film Festival e o Royal Edinburgh Military Tattoo.

 

O que comer

Ir a um país e não provar sua comida típica é o mesmo que não ter ido. Um dos pratos mais conhecidos na Escócia são os Haggis – bucho de carneiro com miúdos moídos. Opção dos escoceses a qualquer hora, é costume comê-lo no dia 25 de janeiro, no conhecido Jantar de Burns, data em que se homenageia o poeta escocês Robert Burns.

 

Outra comida obrigatória para os turistas são os Oat Cakes, que são biscoitos de aveia. Além disso, também se destacam na gastronomia o Haddock, uma espécie de merluza, Neeps and tatties, purê de rabanete e batatas e o Cock-a-leekie, sopa de alho-poró, batatas, caldo de frango e manteiga. A gastronomia de Edimburgo também é conhecida pelos pratos com peixes em geral.

 

Intercâmbio

A variedade cultural e a arquitetura histórica da cidade escocesa atrai centenas de visitantes anualmente. A receptividade e simpatia do povo escocês faz de Edimburgo o local mais escolhido por turistas na Escócia. Uma das características que atrai bastante a atenção dos turistas são as temperaturas, já que durante o verão a média fica entre 18 e 20°C e no inverno as temperaturas ficam entre 1 e 5 °C. Conheça os pacotes de estudo da Travelmate para Edimburgo.

 

 

Travelmate recebe certificado da Education New Zealand

Postado por: Sirius/ 298 0

A Travelmate recebeu o certificado de Agência Reconhecida (Recognised Agency) pelo Education New Zealand (ENZ). O programa, desenvolvido pelo governo da Nova Zelândia, tem o intuito de avaliar o trabalho de empresas do mercado de educação para estrangeiros e reconhecer serviços de qualidade.

O certificado

Na Nova Zelândia, as instituições de ensino recebem a indicação de trabalhar somente com agências reconhecidas pelo Education New Zealand, já que isso determina a credibilidade e o alto nível de profissionalismo da empresa. O status de agência reconhecida comprova a qualidade e experiência da Travelmate com intercâmbios para esse destino.

Travelmate

Com mais de 16 anos de experiência, a Travelmate possui unidades espalhadas por todo o Brasil e exterior. São mais de 70 unidades que já somaram mais de 20 mil clientes embarcados por todo o mundo. Especialmente para a Nova Zelândia, possuímos diferentes tipos de pacotes para intercâmbio:  Work & Study, High School, Cursos de Idiomas, entre outros. Vá com quem tem confiança e credibilidade! Confira nossos pacotes.

 

4 motivos para fazer intercâmbio em Melbourne

Postado por: Sirius/ 231 0

A cidade foi eleita como uma das melhores do mundo em 2019

Não é a toa que a Austrália é a queridinha dos intercambistas. Segundo uma pesquisa da  International Education Association Australia (IEAA), o país é o terceiro mais procurado por estudantes estrangeiros. Entre os principais destinos escolhidos para fazer intercâmbio está Melbourne. Com mais de 4 milhões de habitantes, sendo a mais populosa da Austrália depois de Sydney, Melbourne foi escolhida como uma das melhores cidades de 2019, de acordo com uma pesquisa realizada pela Time Out. O estudo levou em conta a opinião dos residentes de cada país, entrevistando mais de 34 mil pessoas.

 

Os moradores consideram a cidade como a mais criativa do mundo, além de destacarem a comida, bebida, diversão e multiculturalismo – Melbourne possui uma vida cultural bastante intensa. O que muitos não sabem é que o destino pode ser também uma boa opção para o intercâmbio de estudo. Por isso, nós da Travelmate separamos alguns motivos pelos quais a escolha pela cidade pode ser interessante para os estudantes.

 

Fazer intercâmbio em Melbourne: Ensino em destaque

fazer intercâmbio em Melbourne

A cidade conta com duas universidades que estão entre as 145 melhores do mundo, segundo o World University Ranking 2018-2019. Além de ser um importante polo para especialização, o destino é bastante procurado por quem busca fazer intercâmbio para aprender inglês. Outro fato curioso e interessante para os estudantes é que quase 40% dos moradores da Grande Melbourne nasceram em outro país. Por isso, a concentração de estrangeiros é bastante significativa, o que contribui para a troca de experiências com outras culturas.

 

Fazer intercâmbio em Melbourne: Visual apaixonante

Fazer intercâmbio em Melbourne

Para aqueles que sempre tiveram o sonho de morar em uma cidade litorânea, essa é a oportunidade. Apesar de não ter a areia fofa e a temperatura da água tão atraente, as praias de Melbourne reúnem constantemente famílias e amigos – principalmente na hora do pôr do sol. Não há quem conheça a cidade e não passe por Brighton Beach, para tirar fotos em frente às conhecidas casinhas coloridas.

 

Fazer intercâmbio em Melbourne: Imersão cultural

Fazer intercâmbio em Melbourne

Se você gosta de construções históricas e imersão de cultura, então este é o lugar certo! Com o estilo europeu, Melbourne tem muita arte na rua, arquitetura vitoriana e opções para se divertir. Conhecida como um museu a céu aberto, é comum encontrar eventos e programações culturais durante os passeios. Os parques e praças dão o equilíbrio perfeito para aqueles que gostam do contato com a natureza.

 

Fazer intercâmbio em Melbourne: Esportes e atividades ao ar livre

Fazer intercâmbio em Melbourne

De manhã e aos finais de tarde, esportistas se reúnem na margem do rio Yarra para praticar exercícios. As extensas áreas verdes nos bairros, assim como os parques, contribuem para o espírito esportivo da cidade. Melbourne oferece muitas opções de atividades ao ar livre, como cinema, eventos culturais e performances teatrais – o que é muito bom para quem quer fazer intercâmbio em Melbourne, já que é uma cidade com muito lazer. Por isso, o destino também conta com uma série de passeios únicos. Um dos mais conhecidos é o passeio de balão e também a subida no Eureka Skydeck (obrigatória!), o prédio mais alto do Hemisfério Sul, com 91 andares.

 

Gostou de Melbourne? Comece a planejar seu intercâmbio com a Travelmate. Conheça nossos planos!

Confira as 10 melhores cidades do mundo em 2019

Postado por: Sirius/ 585 0

 

Pesquisa entrevistou mais de 34 mil moradores e revelou os destaques do ano

 

Existe a melhor cidade do mundo? Por incrível que pareça, sim. E não é só uma. Isso é o que revela um estudo realizado pela Time Out Index, em parceria com a Tapestry Research. A pesquisa perguntou a quase 34 mil moradores anônimos de diferentes cidades sobre  comida, bebida, cultura, vida noturna, comunidade, bairros, felicidade geral, além de outros fatores, como beleza, acessibilidade e conveniência de sua cidade. Depois, as perguntas foram feitas à rede global de editores da Time Out. As avaliações passaram por análises e foram criadas classificações para definir as melhores cidades do mundo em 2019.

 

O levantamento escolheu 48 principais destinos como resultado. E nós, da Travelmate, separamos as 10 primeiras cidades com as principais dicas que você precisa saber ao escolher uma delas. Confira a lista!

 

1 – Nova Iorque

Um dos destinos mais visitados pelos turistas, a Big Apple atrai olhares apaixonados por ser cheia de opções em todos os sentidos: variedade de restaurantes, entretenimento, comércios, eventos e pontos turísticos. Não foi à toa que os nova-iorquinos votaram em sua cidade como a mais diversificada do mundo, colocando em número um a cultura e segundo e terceiro, respectivamente, para comer e beber. Nova Iorque também é um dos destinos mais procurados pelos estudantes para intercâmbio.

Veja o pacote da Travelmate para Nova Iorque!

 

2 – Melbourne

Uma das cidades mais populosas da Austrália, Melbourne é conhecida por seus pontos históricos, arquitetura única e, claro, por sua vida cultural ativa. Segundo a pesquisa, Melbourne é a segunda cidade mais criativa do mundo. Também é a segunda mais feliz e está entre as melhores para comida, bebida, diversão e multiculturalismo – o que contribuiu para o segundo lugar no ranking. Bastante escolhida para intercâmbios, o destino é uma das opções para os apaixonados pela Austrália.

Quer escolher Melbourne como destino do seu intercâmbio? Confira o pacote da Travelmate.

 

3 – Chicago

Também chamada de “Windy City” (cidade dos ventos), Chicago é a mais populosa do estado de Illinois, nos Estados Unidos. Com um povo diverso e mais de 100 idiomas falados na cidade, Chicago abriga os centros estudantis mais importantes dos EUA. A cidade  foi classificada como a número um do mundo para comer e beber. Os moradores também se dizem bastante ativos. 52% deles não conseguem passar a semana sem exercícios.

Confira o pacote e condições de intercâmbio para Chicago!

 

4 – Londres

A terra da rainha é um dos destinos mais procurados pelos turistas e intercambistas. Dificilmente você já não tenha sonhado visitar o Palácio de Buckingham, o Hyde Park ou o Palácio de Kensington, local onde morou a princesa Diana. A pesquisa realizada pelo Time Out revelou que os londrinos elogiam sua cidade, principalmente em relação à cultura, comida e cenas de música ao vivo. Quase 80% dos entrevistados disseram que se sentem felizes.

Quer conhecer a cidade de perto? Veja o pacote da Travelmate especialmente para Londres.

 

5 – Los Angeles

Los Angeles é um condado (um conglomerado de várias cidades menores) da Califórnia. Ela reúne 88 cidades, tendo entre as mais conhecidas Hollywood e Beverly Hills. Nelas, encontramos os mais cobiçados destinos do mundo, como por exemplo a calçada da fama, os mais fantásticos estúdios de cinema do mundo (como Warner e Universal) e as mansões luxuosas e conhecidas dos famosos. Os Angelinos são moradores felizes e descrevem a cidade como diversificada, dinâmica e criativa. A cidade também atrai um grande número de turistas e intercambistas.

Confira as condições de intercâmbio para Los Angeles!

 

6 – Montreal

Localizada no Canadá, Montreal é a maior cidade da província de Quebec. Conhecida como uma das maiores concentrações urbanas onde as pessoas falam francês, a cidade só fica atrás da capital francesa, Paris. Com um polo cultural bastante característico, Montreal é a segunda cidade mais acessível do planeta (com o segundo menor horário de trabalho), e 79% dos moradores locais se sintam felizes, de acordo com o estudo realizado.

Sonha em conhecer Montreal? Veja nosso pacote.

 

7 – Berlim

Destruída durante a Segunda Guerra Mundial e dividida, durante 28 anos, Berlim recupera seu antigo esplendor ao conquistar os turistas por sua beleza. Com a mistura entre a arquitetura moderna e o estilo clássico, o turismo da cidade oferece  muitas opções para atividades, visitas e passeios. Berlim também se destaca como uma das cidades mais inclusivas, criativas e acessíveis do mundo. Aproveite para conhecer a cultura de Berlim.

Conheça o pacote de intercâmbio da Travelmate!

 

8 – Glasgow

Ainda não tão conhecida, a maior cidade da Escócia possui apresentações artísticas por toda parte, além de museus e lojas para quem quer fazer compras. Também procurada por muitos estudantes, Glasgow é uma opção de destino para intercâmbios. Os residentes defendem o local por sua música, boates e cenas gastronômicas. A cidade é uma das que se destaquem por sua simpatia e preço acessível, segundo a pesquisa.

Sua vizinha, Edimburgo, também é uma das mais escolhidas como destino para intercâmbio. Confira o pacote da Travelmate!

 

9 – Paris

O que falar sobre a cidade que atrai fãs do mundo todo por seus pontos turísticos? A mais populosa da França, Paris reúne cenários artísticos, museus e galerias que são referências. Mas engana-se aqueles que acham que a cidade se resume a Torre Eiffel, Champs Elysées, Museu Louvre ou Arco do Triunfo. Paris foi muito bem planejada arquitetonicamente, e por isso, tem belezas únicas. De acordo com o estudo, 87% dos parisienses consideram o cenário artístico da cidade incrível. Paris também é conhecida por sua vida noturna, já que os moradores saem mais frequentemente à noite durante a semana.

Se você deseja conhecer a simpatia e a cultura de Paris, não deixe de conhecer nosso pacote de intercâmbio.

 

10 – Tóquio

As ricas tradições japonesas aliadas à vibrante cena gastronômica e a conveniência geral renderam à Tóquio o reconhecimento de melhor cidade da Ásia. Não é de admirar que essa seja também a cidade que a maioria das pessoas em todo o mundo quer visitar em 2019. Tóquio é a área urbana mais populosa do mundo e tem 560 anos. Não perca a oportunidade de conhecer Tóquio: veja os pacotes da Travelmate.

 

Quer saber mais sobre as melhores cidades do mundo em 2019? Acesse a pesquisa completa no Time Out.

 

 

Enquanto a sua viagem não chega, treine seu cérebro a pensar em inglês

Postado por: Sirius/ 221 0

Resultado de imagem para learning english

 

Digamos que você precise porque precise aprender inglês, mas deseja fazer isso somente quando pisar em território estrangeiro. Definitivamente, esta opção resolverá o seu problema, mas tem um porém nessa história toda que você pode estar deixando de lado. Esperar ir para fora para então mergulhar no inglês parece perfeito na teoria, mas na prática, será um pouco mais difícil caso você tenha deixado o planejamento de lado.

 

Enquanto você permanece no Brasil aguardando ansiosamente pela tão sonhada viagem que vai te levar a outro patamar, é possível e altamente recomendável que você desenvolva a técnica de treinar o seu cérebro a pensar em inglês. A proficiência em um idioma demanda um alto grau de dedicação, persistência, paciência e obviamente, tempo. Fórmulas mágicas não existem e ninguém escapará do treinamento duro para ler, escutar e falar inglês com facilidade. Mas um dos segredos que muitos sabem mas também muitos desdenham é aprender a pensar em inglês. Como isso é possível e como isso muda o meu aprendizado?

 

Começaremos pela seguinte dica: não traduza mentalmente do português o que você deseja falar em inglês. Não é assim que funciona e essa prática te conduzirá a erros e mais erros.

Imagem relacionada

 

Quando o hábito de simplesmente traduzir mentalmente se torna um vício, proporcionalmente aumenta a dificuldade de acompanhar e entender uma conversa em inglês. Eventualmente, no início, é comum parar e traduzir uma frase ou outra que você não domina. Mas o objetivo é que você compreenda todas as sentenças como acontece com a sua língua materna.  Se você perceber que hoje o fluxo que acontece com você é: frase em inglês – pensamento em português – tradução para o inglês – frase em inglês, tente encurtá-lo para: frase em inglês – pensamento em inglês – frase em inglês. Tire o português da jogada, como se você o desconhecesse.

 

O exercício é difícil, mas com treino, a habilidade virá naturalmente e você chegará no exterior bem mais preparado para absorver o conteúdo das aulas de inglês, falar com mais fluidez e em menos tempo. Quanto mais contato você tiver com o inglês, seja através de músicas, filmes, séries, vídeos, entrevistas, podcasts ou conversas entre amigos, mais riqueza de vocabulário você dominará e passará a entender a maioria das frases pelo contexto.

 

Outro momento crucial para esse processo é quando onde ficamos tentados a traduzir uma determinada palavra em inglês procurando o seu significado em português. Não faça isso. Os significados de palavras em inglês devem ser traduzidas em inglês, ou seja, você precisa entender o significado de determinada palavra para a língua inglesa, dentro do universo da língua inglesa, e não misturá-la com o português. Portanto, use sempre a tradução inglês – inglês.

 

Resultado de imagem para learning english

 

Mais uma dica que pode soar um pouco estranha no começo, mas você não precisa contar para ninguém. Converse com você mesmo em inglês. Ouça e repita frases ou diálogos em inglês em sua cabeça, quantas vezes forem precisas até você entender perfeitamente o contexto e o significado de cada uma delas.

 

Adquirindo estes excelentes hábitos, voilà. Você estará bem mais preparado para embarcar em seu tão esperado intercâmbio para aprender inglês. A Travelmate vive há quase 20 anos para realizar o sonho de estudantes que queiram abrir a porta para o mundo e impulsionarem os seus próprios sonhos.

 

Com um portfolio de destinos bastante vasto, a Travelmate trabalha para que todos os cursos de idiomas no exterior sejam preparados para receber estudantes e ajudá-los com o aperfeiçoamento da língua. Cada escola possui um método diferenciado e cada cidade possui o seu estilo de vida diferente. Fica difícil escolher entre Limerick ou Dublin, na Irlanda, Brighton ou Londres, na Inglaterra, Nova York ou San Diego nos Estados Unidos, Gold Coast ou Sidney na Austrália, Edimburgo na Escócia, Montreal ou Toronto no Canadá entre muitas opções. Dá vontade de escolher todas.

 

Conte com a Travelmate e embarque nesse sonho. Clique aqui e fale com um de nossos consultores.

5 experiências imperdíveis de intercâmbio

Postado por: Sirius/ 150 0

 

Resultado de imagem para turismo toledo espanha

 

Cada cidade possui a sua particularidade, uma cultura própria, uma atmosfera particular e lugares de interesse específicos e muitas vezes, peculiares. Porém, de forma geral, algumas características são universais e cada cidade possui um exemplo de cada categoria que listaremos abaixo. Quando você estiver morando fora, não deixe passar a oportunidade de conhecer os ícones da sua cidade e das cidades que você visitar, com base nos 5 seguintes tópicos.

 

Visite, explore e se perca no bairro histórico

 

É de se apostar alto que em qualquer cidade em que você esteja vivendo no exterior, exista um bairro ou zona particular carregada de história e representatividade. Explorar a fundo um bairro histórico é altamente enriquecedor e inclusive, alguns desses bairros históricos são patrimônios mundiais da UNESCO. Geralmente, são nessas zonas que estarão concentradas as construções mais importantes da época, como grandes Igrejas, mercados municipais, e em alguns casos, como em Toledo, na Espanha, até grandes muralhas.

 

 

Resultado de imagem para turismo canada

 

 

Visite um ponto turístico praticamente a sós

 

Em algumas cidades, visitar os pontos turísticos mais emblemáticos e mundialmente reconhecidos, como é o caso dos pontos abrigados em Roma, em Paris, em Londres ou Nova York, a experiência pode não ser tão prazerosa assim, devido ao número carregado de curiosos se aglomerando para chegar perto e tirar uma boa selfie. Mas você tem uma saída. Considerando que tal cidade é agora a sua nova casa, aproveite para visitar e apreciar estes pontos em horários e épocas alternativas. Sabe a sensação de que só existe você e aquele monumento ou paisagem e nada mais? Um intercâmbio proporciona essa sensação. Vá em baixa temporada, chegue bem cedo enquanto todos ainda dormem. Olhe, aprecie, e sinta.

 

Imagem relacionada

 

Sinta a experiência gastronômica

 

Outra experiência altamente marcante enquanto morador de outra cidade fora do país, está relacionada com a sensação de provar sabores, cheiros e texturas completamente diferentes do que você já experimentou antes. Sem preconceitos, dê uma chance para experimentar qualquer que seja o prato típico do lugar que você está. Você pode não gostar ou se apaixonar. Descubra por si próprio.

 

Resultado de imagem para turismo bus malibu

 

 Faça bate-voltas  

 

Sempre há o que conhecer nos aforas de qualquer cidade, independente de onde você estiver morando. Esteja aberto a conhecer e explorar essas regiões, que muitas vezes guardam histórias interessantes e paisagens belíssimas que tem tudo para marcar o seu período lá fora. Paris concede incríveis bate e voltas para Giverny, Reims, Nantes ou até Bruxelas, Madrid com Toledo, Segóvia e Ávila, Sidney para Blue Mountain, Dublin para Wicklow ou Newgrange, Los Angeles para San Diego, Santa Monica ou Malibu e por aí vai. A lista é (quase) infinita.

 

Resultado de imagem para turismo comida

 

Se aproxime dos nativos e crie relações duradouras

 

As relações construídas durante o intercâmbio costumam ser intensas. Naturalmente, você criará laços importantes e marcantes tanto com brasileiros, pois a chance de existirem conterrâneos por lá é bastante alta, como com os nativos da cidade que por um tempo será a sua casa. Ambos os laços são importantes, mas esse último carrega uma pitada mais singular. Mais do que explicar o motivo, é aguardar você sentir. Os nativos lhe oferecem mais do que companhia, divertimento, amizade e coleguismo. Só eles podem lhe apresentar e lhe introduzir a um mundo novo, diferente e profundo. Vale a pena.

 

Conte com a Travelmate para escolher o cenário de todas essas experiências que merecem acontecer e que mudarão você para sempre. Clique aqui e fale com um de nossos consultores.

Fuja do Calor com a Travelmate!

Postado por: Juliana Teixeira/ 209 0

Fuja do Calor com Travelmate!

 

Para você que gosta do frio! 

Você gosta do Frio? Pensando nas duas respostas possíveis, criamos duas opções para você poder curtir o que você mais gosta: Summer Destinations, para você que ama o calor e quer aproveitar o melhor que ele tem a oferecer e o Fuja do Calor, para você que prefere curtir aquele friozinho (ou friozão).  Em cada uma das opções, foram separados 5 destinos para que você possa escolher o que mais te agrada. E o melhor, você vai poder aproveitar tudo isso enquanto estuda 2 semanas de curso de idioma!

Você prefere curtir um friozinho e uma neve, junto com um chocolate quente e uma lareira, presta atenção nesses destinos que escolhemos para que você Fuja do calor com a Travelmate (clique aqui)

Montreal, CAN

Um pedacinho da Europa na América do Norte, Montreal é um dos destinos mais visitados do Canadá. Ao mesmo tempo que é uma cidade histórica com suas igrejas, é contemporânea com seus comércios e industrias, oferecendo diversas opções de entretenimento e programas culturais. Com ciclovias para os amantes de bicicleta, a Cidade dos Santos oferece um dos pontos turísticos mais procurados, a Basílica de Notre-Dame.

Zurique, SUI

Sendo a maior cidade da Suiça, Zurique é uma ótima opção para quem gosta de agito por ser uma das metrópoles europeias com mais números de casas noturna, porém também agrada quem gosta de passeios calmos e culturais, já que espalhados pela cidade existem pelo menos 50 museus. Para quem gosta de esquiar, é uma ótima opção no inverno por ser próxima dos alpes.

New York, EUA

Com mais de 400 estações de metrô e 50 milhões de visitantes por ano, New York é uma das cidades mais espetaculares do mundo. Com entretenimento para todos os gostos e públicos, ela consegue criar uma sintonia entre as áreas verdes e a selva de pedra, tendo de um lado da rua os arranha-céus e de outro, o Central Park. Se você está procurando um frio de congelar, esse é o lugar certo para ir no inverno.

Berlim, ALE

Rica em história, Berlim é uma cidade onde o antigo e o novo se misturam. Emocionante e pensativa por conta de todo seu passado, a cidade te faz refletir sobre seus acontecimentos. Passear por ela é sempre uma admiração, por exemplo quando se depara com a grandiosidade do Portão de Brandemburgo ou a Catedral de Berlim.

Edimburgo, ESC

Entre edifícios antigos e parques, Edimburgo é uma das capitais mais bonitas da Europa. Conseguindo juntar história, arquitetura, cultura e natureza, um dos pontos altos da cidade é o contraste entre Old Town e New Town, onde de um lado temos estruturas medievais e do outro, construções inspiradas no estilo neoclássico. Se for para lá, não deixe de conhecer o Castelo de Edimburgo, que também já foi usado como prisão.

 

 

 

Para você que gosta do calor! 

Se você gosta do clima quente do verão, sol, roupinhas frescas, prática de esportes e de praias maravilhosas, com certeza o Summer Destinations te chamou mais atenção. Conheça abaixo um pouco mais sobre os destinos que separamos especialmente para você (clique aqui)

Playa Del Carmen, MEX

Se você está procurando uma praia tranquila, alternativa e com mar tranquilo, você achou! Conhecida como a prima hippie de Cancun, há quem diga que ela é como Búzios para o Rio de Janeiro. Quem vai para lá não pode deixar de conhecer a 5ª Avenida, mais conhecida como o coração de Playa Del Carmen. Tudo acontece nela ou ao seu redor, seja de dia ou de noite.

Miami, EUA

Eleita como a praia mais latina entre as americanas, Miami reúne pessoas de diversas partes do mundo. Mesmo sendo conhecida como cidade da moda, ela não se resume apenas a vitrines, lá você encontra sol, praia, compras e baladas. Uma ótima opção para quem quer descansar, mas também quer se divertir.

Cape Town, AFR

Reconhecida como uma das cidades mais bonitas do mundo, Cape Town oferece belas paisagens e um astral contagiante. Com a junção de verdes, montanhas e praias, lá você pode acabar encontrando coisas que não imaginava, como tubarões, pinguins e focas. Se você for para lá, não deixe de conhecer Boulders Beach. A praia dos pinguins reserva para você uma paisagem incrível.

Ocho Rios, JAM

Conhecida por sua diversidade, Ocho Rios junta grandes hotéis, comércio, praia e natureza. Um dos cenários de um filme da franquia 007, a praia é conhecida como cidade resort, com vários deles aos pés da areia, de frente para o incrível mar azul turquesa. Se passar por lá, não perca a chance de conhecer Dunn’s River Falls, uma cachoeira de 50m de altura que desagua em piscinas naturais, do meio da floresta até o mar.

Gold Coast, AUS

Umas das maiores cidades da Austrália, Gold Coast está entre nos destinos mais cobiçados do país. Com muitos parques temáticos e praias com ondas perfeitas, a cidade oferece entretenimento para diferentes tipos de público. Do jovem que quer se aventurar nas montanhas-russas ou pegar ondas no mar aos que optam por uma viagem mais calma e desejam apenas a boa sombra de uma árvore enquanto observam o mar, Gold Coast é o destino certo.

 

Depois de conhecer todos esses maravilhosos destinos que separamos exclusivamente para vocês, escolha o que você mais gosta e embarque nessa viagem com a Travelmate!

Verão, ame-o ou deixe-o.

Postado por: Sirius/ 189 0

Você gosta do verão? Pensando nas duas respostas possíveis, criamos duas opções para você poder curtir o que você mais gosta: Summer Destinations, para você que ama o calor e quer aproveitar o melhor que ele tem a oferecer e o Fuja do Calor, para você que prefere curtir aquele friozinho (ou friozão).  Em cada uma das opções, foram separados 5 destinos para que você possa escolher o que mais te agrada. E o melhor, você vai poder aproveitar tudo isso enquanto estuda 2 semanas de curso de idioma!

 

Para você que gosta do calor! 

Se você gosta do clima quente do verão, sol, roupinhas frescas, prática de esportes e de praias maravilhosas, com certeza o Summer Destinations te chamou mais atenção. Conheça abaixo um pouco mais sobre os destinos que separamos especialmente para você (clique aqui):

Playa Del Carmen, MEX

Se você está procurando uma praia tranquila, alternativa e com mar tranquilo, você achou! Conhecida como a prima hippie de Cancun, há quem diga que ela é como Búzios para o Rio de Janeiro. Quem vai para lá não pode deixar de conhecer a 5ª Avenida, mais conhecida como o coração de Playa Del Carmen. Tudo acontece nela ou ao seu redor, seja de dia ou de noite.

Miami, EUA

Eleita como a praia mais latina entre as americanas, Miami reúne pessoas de diversas partes do mundo. Mesmo sendo conhecida como cidade da moda, ela não se resume apenas a vitrines, lá você encontra sol, praia, compras e baladas. Uma ótima opção para quem quer descansar, mas também quer se divertir.

Cape Town, AFR

Reconhecida como uma das cidades mais bonitas do mundo, Cape Town oferece belas paisagens e um astral contagiante. Com a junção de verdes, montanhas e praias, lá você pode acabar encontrando coisas que não imaginava, como tubarões, pinguins e focas. Se você for para lá, não deixe de conhecer Boulders Beach. A praia dos pinguins reserva para você uma paisagem incrível.

Ocho Rios, JAM

Conhecida por sua diversidade, Ocho Rios junta grandes hotéis, comércio, praia e natureza. Um dos cenários de um filme da franquia 007, a praia é conhecida como cidade resort, com vários deles aos pés da areia, de frente para o incrível mar azul turquesa. Se passar por lá, não perca a chance de conhecer Dunn’s River Falls, uma cachoeira de 50m de altura que desagua em piscinas naturais, do meio da floresta até o mar.

Gold Coast, AUS

Umas das maiores cidades da Austrália, Gold Coast está entre nos destinos mais cobiçados do país. Com muitos parques temáticos e praias com ondas perfeitas, a cidade oferece entretenimento para diferentes tipos de público. Do jovem que quer se aventurar nas montanhas-russas ou pegar ondas no mar aos que optam por uma viagem mais calma e desejam apenas a boa sombra de uma árvore enquanto observam o mar, Gold Coast é o destino certo.

 

Para você que gosta do frio! 

Agora, se mesmo depois de todas essas ótimas opções para o calor, você continua preferindo curtir um friozinho e uma neve, junto com um chocolate quente e uma lareira, presta atenção nesses destinos que escolhemos para que você Fuja do calor com a Travelmate (clique aqui):

Montreal, CAN

Um pedacinho da Europa na América do Norte, Montreal é um dos destinos mais visitados do Canadá. Ao mesmo tempo que é uma cidade histórica com suas igrejas, é contemporânea com seus comércios e industrias, oferecendo diversas opções de entretenimento e programas culturais. Com ciclovias para os amantes de bicicleta, a Cidade dos Santos oferece um dos pontos turísticos mais procurados, a Basílica de Notre-Dame.

Zurique, SUI

Sendo a maior cidade da Suiça, Zurique é uma ótima opção para quem gosta de agito por ser uma das metrópoles europeias com mais números de casas noturna, porém também agrada quem gosta de passeios calmos e culturais, já que espalhados pela cidade existem pelo menos 50 museus. Para quem gosta de esquiar, é uma ótima opção no inverno por ser próxima dos alpes.

New York, EUA

Com mais de 400 estações de metrô e 50 milhões de visitantes por ano, New York é uma das cidades mais espetaculares do mundo. Com entretenimento para todos os gostos e públicos, ela consegue criar uma sintonia entre as áreas verdes e a selva de pedra, tendo de um lado da rua os arranha-céus e de outro, o Central Park. Se você está procurando um frio de congelar, esse é o lugar certo para ir no inverno.

Berlim, ALE

Rica em história, Berlim é uma cidade onde o antigo e o novo se misturam. Emocionante e pensativa por conta de todo seu passado, a cidade te faz refletir sobre seus acontecimentos. Passear por ela é sempre uma admiração, por exemplo quando se depara com a grandiosidade do Portão de Brandemburgo ou a Catedral de Berlim.

Edimburgo, ESC

Entre edifícios antigos e parques, Edimburgo é uma das capitais mais bonitas da Europa. Conseguindo juntar história, arquitetura, cultura e natureza, um dos pontos altos da cidade é o contraste entre Old Town e New Town, onde de um lado temos estruturas medievais e do outro, construções inspiradas no estilo neoclássico. Se for para lá, não deixe de conhecer o Castelo de Edimburgo, que também já foi usado como prisão.

Depois de conhecer todos esses maravilhosos destinos que separamos exclusivamente para vocês, escolha o que você mais gosta e embarque nessa viagem com a Travelmate!

19 motivos para fazer intercâmbio em 2019 

Postado por: Sirius/ 170 0

A verdade é que não faltam motivos para qualquer estudante ou profissional sonhar em vivenciar a experiência de um intercâmbio, e aqui, inspirados pelo ano que acaba de começar, listaremos apenas 19 deles.

Existem diversos tipos de intercâmbios diferentes, que se encaixam especificamente em cada caso, compatível com cada um dos futuros intercambistas. No entanto, uma característica comum a todo o grupo é a vontade de desbravar um futuro diferente, impulsionador, desafiante e encantador.  

Se ainda lhe pairavam dúvidas sobre fazer ou não o seu intercâmbio neste ano, leve as razões a seguir em conta para estar certo de que um intercâmbio poderá ser a sua melhor decisão dos próximos 12 meses.

 1.  Aprendizado de idioma 

Sem enrolação: um dos melhores legados visíveis do seu intercâmbio é definitivamente o aprendizado e consequentemente a fluência de um novo idioma.

 2. Acima da média no mercado de trabalho 

A experiência de um intercâmbio na sua trajetória de vida te coloca degraus acima da média, principalmente quando o assunto é disputar uma vaga de trabalho.

 3.  Novas experiências 

Um intercâmbio proporciona as mais diferentes vivências, proporciona o erro e o aprendizado, proporciona o enfrentamento de dificuldades e consequentemente, a superação. Toda essa bagagem será extremamente útil para o seu crescimento pessoal e profissional.

 4. Contato com uma cultura diferente 

O contato com uma nova cultura lhe proporciona um aumento de empatia e um aumento da compreensão para entender o próximo. Ver de perto como o mundo funciona para um outro povo que não é o seu, é extremamente enriquecedor.

 5.  Revolucionar a sua rotina 

Às vezes estamos tanto tempo vivendo uma mesma rotina e basicamente vivenciando o mesmo dia a dia, que cansa. Passaram-se anos e você não percebeu muita evolução, mergulhar em um intercâmbio e se reinventar com certeza será libertador.

 6. Mudar de emprego

 Sair do emprego atual ou da atividade profissional a qual se exerce atualmente, para aterrissar em outro país, pode lhe abrir portas que você nunca conseguiria planejar por si só. Há fases em que precisamos deixar a vida nos levar.

 7. Conhecer a si próprio com mais profundidade

 Um intercâmbio nos permite muitos momentos a sós, isso é fato. Tais momentos podem ser essenciais para você passar mais tempo com si mesmo, aprofundar-se em situações de introspecção e abrir a sua mente para um novo eu. Vá em busca do que lhe faz feliz, sem julgamentos.

 8. Desafiar-se

Essa vale para todos os sentidos. Aproveite o novo ano para lhe propor esse novo desafio: como você se sairá enfrentando seus problemas e situações de imprevisto, sozinho(a)?

 9.Cogitou um ano sabático?

 Um intercâmbio nem sempre tem fins de estudo intensivo, trabalho árduo ou grandes compromissos. Se o seu caso é viajar para dar aquela espairecida, deixar a cultura e diversidade do outro país te tocar e te impulsionar para novos aprendizados, novas descobertas e novas histórias, um ano sabático pode lhe fazer bem. Além disso, muitas pessoas encontram soluções para grandes problemas ou dão grandes passos, em momentos de cabeça relaxada.

 10.  Precisa de férias pra ontem?

 Intercâmbios de férias se diferem de uma viagem ao acaso. Num intercâmbio, uma coisa é certa: você não voltará igual. Você vai estar aberto a aprender uma nova língua, a se conectar com pessoas, descobrir novos lugares por si só, e principalmente, descobrir a si mesmo. Pode ser a melhor férias da sua vida, com um legado que possivelmente nenhuma outra lhe proporcionará.

 11.  Esclarecer as suas ideias, definir o seu caminho

 Não é que um intercâmbio lhe trará as respostas para as suas dúvidas existenciais mais difíceis. Porém, às vezes nos vemos presos à rotinas que não nos permitem enxergar a nossa vida de fora. O melhor conselho que você pode obter nesses momentos de questionamentos sobre qual caminho seguir, virá de você mesmo, quando estiver com mente clara.

12. Descobrir novos talentos

 O contato com pessoas completamente diferentes do seu círculo atual, além de lhe ensinar um novo idioma e novos costumes, pode lhe impulsionar em direção da descoberta de um novo talento. É comum intercambistas se envolverem no entorno em questão, e se surpreenderem consigo mesmos. Se ver fazendo algo que você nunca imaginou, é no mínimo, interessante.

13.  Se por algum motivo mais forte, você precisa de mudanças

 Alguns momentos da vida como o sofrimento de grandes perdas, a casualidade da perda do emprego, ou a indecisão de qual faculdade cursar, nos trazem diferentes sentimentos, mas que de forma geral, pedem “novos ares”. Um intercâmbio pode ser a cura, o consolo, ou o alívio para essa ferida.

14.  Conhecer destinos turísticos

 A foto daquela paisagem ou monumento que você tanto admira pode estar a poucos metros diante de você. É incrível poder encontrar-se com monumentos icônicos mundiais, poder vê-los de perto, sentir o tamanho, a atmosfera, o contexto.  Vale a pena persegui-los.

15.  Fazer umas comprinhas

Não é regra, mas muitas e muitas vezes, o que queremos comprar é mais barato (e irresistível) lá fora.

16.  Conhecer, sentir e viver climas diferentes 

Sentir um frio de rachar por um período é gostoso, diferente e faz bem, se você estiver devidamente protegido, é claro. Se você tiver a sorte (sim, sorte) de sentir uma paisagem com bastante neve por perto, provavelmente nunca se esquecerá de como essa sensação é marcante. Com relação às outras estações, muda de país para país, mas sempre será uma nova sensação. O importante é vivenciar a experiência, e principalmente, curti-la.

 17.  Lidar com a burocracia e regras externas

 Importante para ter noção de comparação com o seu país nativo e aumentar o seu repertório de resolução de problemas

 18.  Aumentar o seu repertório de resolução de problemas

 Excelente gancho. Com tudo que um intercâmbio lhe apresenta, naturalmente você vai se tornando mais perspicaz, ágil e criativo para resolver problemas que cruzarem o seu caminho. A diversidade do seu entorno será uma das principais responsáveis por esse feito, além da necessária autonomia e responsabilidade.

19.  Não deixe para depois

Pode ser que esperar pelo momento que lhe parece perfeito para viver o seu intercâmbio, nunca te tire do país. A vida é agora, faça acontecer agora. Se você reconhece toda a importância de ter um intercâmbio em sua trajetória, e deseja vivê-lo, faça o que for preciso para se tornar realidade, agora.

Conte com a Travelmate para sentir na pele os 19 motivos para fazer um intercâmbio, e descobrir mais inúmeros deles.

 

 

Cada estado nos EUA tem a sua joia rara: Conheça as 7 (possivelmente) mais belas

Cada estado nos EUA tem a sua joia rara: Conheça as 7 (possivelmente) mais belas

Postado por: Sirius/ 279 0

Os EUA costumam atrair visitantes e curiosos em função dos mais variados objetivos. O país é um dos primeiros a serem lembrados por estudantes do mundo inteiro. Um dos primeiros a serem lembrados quando o assunto é passeio, férias e turismo e um dos primeiros a serem lembrados quando o assunto é mercado de trabalho.

Muito se fala nos EUA como um todo, lembrando sempre de sua potência, de sua relevância e de seu protagonismo. Porém, nem todos realmente se atentam à diversidade e enxergam um país através de uma escala um pouco menor, se atentando aos detalhes que podem fazer de cada estado nos EUA, um estado único, com surpreendentes qualidades.

De fato, cada estado possui a sua própria estrela. São diferentes paisagens que nos atraem a ponto de fazer-nos desviar da estrada, caso estejamos no meio da viagem. As geleiras do Alaska, os Cânions do Arizona e a pradaria do Kansas são somente alguns exemplos que podem ser os culpados de qualquer desvio para longa contemplação.

Confira abaixo as principais joias raras de alguns estados no país.

Arizona

O Arizona esconde um lugar que seguramente nos fazem questionar se o que estamos vendo é mesmo real ou é truque de photoshop. Estamos falando da Havasupai Falls ou Cataratas de Havasu, presente no Grand Canyon National Park. Se você tiver uma queda por cachoeiras e piscinas naturais, esta não pode ficar de fora da sua lista.

Georgia

Savannah faz parte do grupo das cidades mais antigas dos EUA, mas que está fora dos holofotes ocupados por nomes como Nova York, Chicago, Los Angeles ou Miami. Em Savannah, você vai encontrar uma cidade calma, recheada de lindas árvores por todos os lados e várias lindas praças. No entanto, a sua parada principal deve ser um lugar chamado Wormsloe Historic Site. Lá, você encontrará uma alameda de mais de 2 km com carvalhos em ambos os lados da via. A visão e sensação em estar em um túnel verde, é linda e impressionante.

Michigan

Em Michigan, a surpresa está num local conhecido como Pictured Rocks National Lakeshore.  As formações rochosas mescladas com a água do Lago Superior compõem uma das paisagens mais bonitas do mundo.

Nevada

Em Nevada, a parada é no Lago Tahoe. Um grande lago de água doce situado entre montanhas e vegetações se revela como o maior, o mais profundo e possivelmente o mais bonito lago alpino dos EUA.

Novo México

A paisagem lembra um pouco nossos Lençóis Maranhenses mas leva o nome de Monumento Nacional de White Sands. Um infinito de areia branca prende a sua atenção de tal forma que vai ser difícil um dia apagar da memória a imagem e sensação que o lugar provoca.

Nova York

Esqueça toda aquela selva de pedra lotada de prédios, pessoas e confusão que a boa e velha cidade de Nova York reúne. No estado de New York, há um tesouro com o nome de Letchworth State Park. Uma mistura de cores, sons e tons naturais que você vai fazer você entender que o estado de New York merece ser visto com outros olhos.

Utah

Se um dia você estiver nos EUA, vai ser imperdoável se você tiver um tempo sobrando e não passar para ver o Parque Nacional de Bryce Canyon. Para resumir, o Parque é conhecido como um “Anfiteatro natural” formado por erosões em tons avermelhados. Já pensou?

Além dos lugares que você conheceu acima, cada um dos 50 estados dos EUA possui a sua preciosidade, portanto, não importa em qual cidade dos EUA você esteja, sempre terá o que apreciar. Conte com a Travelmate para criar com você o seu roteiro de viagem aos EUA.

3 excelentes opções de intercâmbio na relação custo-benefício para 2019

Postado por: Sirius/ 241 0

Mergulhar na experiência de um intercâmbio é uma das vivências mais benéficas e construtivas na vida de qualquer pessoa de qualquer idade e de qualquer lugar do mundo. Aproveitando a chegada do próximo ano, muitos interessados em assumirem o papel de próximos intercambistas estão planejando e refletindo sobre a melhor modalidade, a melhor cidade de destino e a melhor maneira de investir o dinheiro.

Quando falamos de intercâmbio, temos diante inúmeras excelentes opções com particularidades específicas que se adequam a cada caso. Pesquisar os tipos de intercâmbio existentes costuma levar certo tempo, por isso, é saudável ter em mente qual é a necessidade e o objetivo que você pretende atingir com a viagem. Ter certeza de que possui as informações necessárias, como custo de vida, curso, trabalho, acomodação, orçamento, visto entre outros, é a peça chave para a certeza de uma boa decisão.

Aqui, vamos falar de 3 tipos de intercâmbio que possuem nitidamente uma forte e positiva relação de custo-benefício para o estudante.

Intercâmbio de férias

Aproveitando que os meses iniciais do ano, como janeiro, fevereiro e até mesmo março, são meses propícios para férias, que tal aproveitar esse tempo para desafiar a si mesmo em outro país? Um intercâmbio de férias, de 1 a 3 meses, é excelente para impulsionar e melhorar nitidamente o seu domínio de uma língua estrangeira.

Essa modalidade é especial, portanto, para aqueles que desejam fazer um curso de idioma ou uma especialização em outra língua. De quebra, o estudante conhece uma nova cultura, novos lugares e cria laços de amizade que possivelmente durem para a vida toda.

Work and Study

Nada como estudar em um período e trabalhar em outro. Esse é o Work and Study, uma das modalidades de intercâmbio mais procuradas entre os estudantes. Tirando a ajuda de custo que um trabalho no exterior pode proporcionar, o intercambista ainda tem a chance de melhorar consideravelmente o seu aprendizado na língua, de adquirir experiência profissional e de fazer novos contatos. Países como Austrália, Malta e Irlanda estão entre os destinos mais requisitados para a prática.

High School

O intercâmbio High School possivelmente nunca saia de moda. Muitos pais e adolescentes, reconhecem o programa como uma das melhores oportunidades de crescimento e potencialização do aprendizado. No High School, o estudante, de 14 a 18 anos, cursa uma parte ou todo o ensino médio em escolas públicas ou privadas no exterior, substituindo o mesmo período de estudos no Brasil. Viver desde cedo a experiência de morar em uma casa de família ou residência estudantil, em outro país, diante de uma nova cultura e nova língua, demanda responsabilidade, maturidade e sabedoria para melhor aproveitar as oportunidades que irão surgir. Definitivamente, o High School, assim como o Higher Education, tem muito a agregar: aos estudos, ao currículo, e principalmente, à vida.

Um intercâmbio é uma espetacular imersão de descoberta e aprendizado. Conte com a Travelmate e aproveite o novo ano que se inicia para viver o seu!

Algumas são figurinhas carimbadas, outras tem um toque de surpresa. Dessa forma, compôs-se a lista das dez cidades mais visitadas neste ano, em sintonia com a tradição anual da lista Global Destination Cities Index, que elenca os destinos preferidos dos turistas espalhados pelo mundo inteiro e usa como dados o número de visitantes que as cidades recebem e o valor gasto durante os dias de viagem. Abaixo, apresentamos a você a lista que tem tudo para te inspirar a visitar esses destinos imperdíveis.

As 05 cidades mais populares de 2018

Postado por: Sirius/ 225 0

Algumas são figurinhas carimbadas, outras tem um toque de surpresa. Dessa forma, compôs-se a lista das dez cidades mais visitadas neste ano, em sintonia com a tradição anual da lista Global Destination Cities Index, que elenca os destinos preferidos dos turistas espalhados pelo mundo inteiro e usa como dados o número de visitantes que as cidades recebem e o valor gasto durante os dias de viagem. Abaixo, apresentamos a você a lista que tem tudo para te inspirar a visitar esses destinos imperdíveis.

Bangkok

Número estimado de visitantes: 20.5 milhões

Bangkok é uma cidade pra lá de popular para os viajantes internacionais, graças em parte à sua mistura atraente de locais históricos e pontos de acesso modernos: o complexo do Grand Palace, o impressionante templo sagrado Wat Phra Kaew, e os canais e becos cheios de vida com deliciosas opções de Street Food que agrada a todos os gostos. Foi estimado que neste ano, considerando os 20 milhões de visitantes que Bangkok recebeu, o gasto diário foi em média US$ 173 dólares.

As 10 cidades mais populares de 2018

 

Londres

Número estimado de visitantes: 19.8 milhões

Londres vem logo atrás de Bangkok em termos de visitantes e definitivamente, há muito o que fazer por lá. A capital da Inglaterra é, também, a sede da monarquia britânica, que abriga alguns dos mais belos pontos turísticos do mundo, como o Big Ben e tantos outros cartões-postais famosos, como a London Bridge, às margens do rio Tâmisa, o Palácio de Buckingham, a Abadia de Westminster e sua arquitetura que vive entre o clássico e o contemporâneo. Prepare-se para dias muito intensos por lá.

 

As 10 cidades mais populares de 2018

Paris

Número estimado de visitantes: 17.4 milhões

Talvez o maior exemplo de figurinha carimbada que usamos no início do texto. A capital francesa é o charme em cidade e é praticamente impossível resistir aos seus encantos. Paris é mundialmente conhecida por mil e um motivos, dentre os quais podemos destacar a sua história com veia artística, museus de relevância mundial, ruelas charmosas à beira do rio Sena, hotéis chiques e restaurantes inimitáveis, o que pode explicar por que ela perde somente para Dubai em termos de dólares gastos por dia: US$ 301.

As 10 cidades mais populares de 2018

 

Dubai

Número estimado de visitantes: 15.7 milhões

Dubai segue alimentando a mensagem ao mundo de que ela nunca vai parar de se reinventar. Hoje reconhecida como exótica e extravagante, há algumas décadas atrás, Dubai era apenas um simples entreposto comercial com pequenas construções à beira do Golfo Pérsico. Hoje, é um dos destinos mais populares do Oriente Médio. Prepare-se para uma viagem surpreendente, que pode incluir desde um belo salto de paraquedas até chegar ao topo do edifício mais alto do mundo, o Burj Khalifa.

 

As 10 cidades mais populares de 2018

 

Singapura

Número estimado de visitantes: 13.9 milhões

Singapura é uma cidade sedutora. Vale cada passo na cidade-Estado do sudeste da Ásia que oferece aos seus visitantes incontáveis motivos para os olhos brilharem. O Parque Merlion, a Singapore Flyer, uma das mais altas rodas gigantes do planeta, o templo budista Buddha Tooth Relic, e um incrível Safari noturno são alguns exemplos que justificam Singapura nessa lista.

Para compor a lista das top 10, temos ainda a efervescente Nova York, que por sinal ficou praticamente lado a lado com Singapura em número de visitantes, seguido por Kuala Lumpur, capital da Malásia, Tóquio, Istambul e Seul, na Coréia do Sul.

Outras cidades também foram destaques, como Bali na Indonésia, Osaka no Japão, Barcelona e Palma de Mallorca representando a Espanha.

Quer dar início à aventura de conhecer uma por uma? Conte com a Travelmate para fazer a viagem dos seus sonhos.

 

As 10 cidades mais populares de 2018

os principais exames de inglês

Os principais exames de inglês: TOEFL, IELTS ou Cambridge Tests?

Postado por: Sirius/ 209 0

Os principais exames de inglês: TOEFL, IELTS ou Cambridge Tests?

 

Para todos aqueles que se dedicam ao aprendizado de um idioma, passar pelo exame de proficiência dá sempre um frio na barriga. A sensação se acentua, quando a aprovação no exame está condicionada à concretização do seu intercâmbio, que depende do resultado dessa prova. Ter uma certificação como essa, é sempre uma exigência caso você queira, por exemplo, ingressar em algum curso no exterior, concorrer a uma bolsa de estudos ou a uma vaga de emprego, que não necessariamente precisa ser fora do Brasil.

 

Os tradicionais exames de proficiência em inglês continuam sendo os mais procurados pelos estudantes e futuros intercambistas. Afinal, estamos falando da língua universal. Os certificados de proficiência em inglês são amplamente requisitados e aceitos ao redor do mundo como forma de comprovar o seu nível de conhecimento no idioma.

 

Os principais exames de proficiência em inglês são primeiramente o TOEFL (Test of English as a Foreign Language), o IELTS (International English Language Testing System) e os exames de Cambridge. Cada uma das principais modalidades detém as suas particularidades e características que as fazem diferentes entre si.

 

TOEFL

 

Provavelmente o mais comum entre os três modelos, o TOEFL é administrado pelo Educational Testing Service (ETS) há décadas. O TOEFL, semelhantemente ao IELTS, é bastante voltado para aplicações acadêmicas, porém, diferentemente do IELTS, o TOEFL é bastante comum em países como Estados Unidos e Canadá.

 

A duração do exame é de 4 horas e meia, via computador, com um intervalo de 10 minutos, e está composto entre tarefas de Speaking, Listening, Reading e Writing.

 

O resultado sai em torno de 10 dias e a certificação possui validade de 2 anos.

 

IELTS

 

O IELTS é uma certificação promovida pelo British Council em parceria com a Universidade de Cambridge desde a década de 80. A tradição e relevância fizeram do IELTS um exame atualmente mundialmente reconhecido, principalmente por instituições de ensino e trabalho na Europa.

 

A prova do IELTS também está baseada nos mesmos 4 pilares do TOEFL, mas dura menos: por volta de 2 horas e 45 minutos.

 

A prova do IELTS é feita por intermédio de um examinador, diferentemente de como ocorre com o exame do TOEFL, em que o teste é realizado exclusivamente pelo computador.

 

Cambridge Tests

 

Quem opta pela certificação Cambridge, está voltado à candidatura para universidades do Reino Unido e avaliação institucional. Os exames são produzidos no departamento da Universidade de Cambridge denominado Cambridge ESOL, o qual é totalmente dedicado para a produção de exames de proficiência em língua inglesa.

 

A diferença principal dos exames de Cambridge para os dois anteriores, é que existem vários tipos de exames voltados à diferentes finalidades. As principais certificações são:

 

– FCE (First Certificate in English)

– CAE (Certificate of Advanced English)

– CPE (Proficiency)

 

Como você pode perceber, os exames se diferem quanto aos níveis de domínio da língua, porém, todos atestam o seu nível de conhecimento na língua inglesa, sendo que o CPE representa o nível mais alto.

 

O tempo de prova depende da versão do teste, mas pode durar até 4 horas.

 

Com a Travelmate você pode realizar um curso preparatório voltado para a sua necessidade com base no teste de proficiência que você deseja ou necessita superar. Nós oferecemos os cursos Idiomas para Exames de proficiência na língua estrangeira, em diversos países. Esses tipos de preparatórios tem datas e tempo de duração específicos, que irão variar de acordo com o tipo de curso preparatório e o tipo de prova. Saiba mais em nosso site: www.travelmate.com.br

mochilão-pela-América-do-Sul-750x400

Os destinos que não podem faltar no seu mochilão para América do Sul

Postado por: Sirius/ 318 0
A América do Sul esconde jóias que quando descobertas, impressionam até aos viajantes mais experientes. Ao total, são 12 países que a compõem essa porção continental: Brasil, o maior deles, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela, além da Guiana Francesa.

O território do continente possui grandes vazios demográficos, como por exemplo o deserto do Atacama, a Patagônia, e até mesmo a região da Amazônia, no Brasil. São estes vazios muitas vezes, os responsáveis pela particular beleza encontrada na América do Sul. Portanto, unindo estes grandes pedaços de terra  parcialmente inabitados com as belezas das grandes cidades é a combinação perfeita que faz da América do Sul um lugar especial.

Confira os destinos imperdíveis para quem se decidiu por um mochilão ou até mesmo um intercâmbio em algum país da América do Sul.

Argentina

Começando pelos hermanos, indiscutivelmente a Argentina é um país rico em cultura e lugares de extrema beleza natural ou construída, a exemplo de sua capital Buenos Aires, que de forma alguma pode ficar de fora da lista de quem vai visitar o país. Portanto, na Argentina, não deixe de ver:

– Buenos Aires

– Patagônia

– Bariloche

– Mendoza

 

Mochilão América do Sul

 

Os três últimos destinos serão melhor aproveitados em épocas de frio, de preferência frios mais extremos. Se a ideia é unir neve, degustação de excelentes vinhos e esportes radicais como esquiar na neve, você estará bem amparado.

Chile

O deserto do Atacama, uma das jóias do país, é uma atração para turistas de todas as partes do mundo. Além do Atacama, você não pode deixar de conhecer de perto o Parque Nacional Torres del Paine: um dos redutos naturais mais preservados do mundo que te faz sentir em meio à uma imensidão natural incrivelmente bela.

Uma vez no Chile, não há como deixar de visitar a capital Santiago. Assim, a lista fecha com:

– Deserto do Atacama

– Parque Nacional Torres del Paine

– Santiago

Mochilão América do Sul

Peru

O imperdível do Peru é Machu Picchu. Lugar nenhum do país se iguala com a importância e curiosidade que pairam sobre este magnífico Patrimônio da Humanidade declarado pela UNESCO. Além de Machu Picchu, a cidade que dá acesso se chama Cusco, e também merece uma visita com calma. Se você se interessa por história, Cusco vai ser uma aula que lhe mostrará de perto a cultura dos incas, prédios coloniais e ruínas dispersas por diversos pontos da cidade.

Já Lima, é interessante caso você deseje conhecer a capital do país e queira saborear com mais intensidade a culinária peruana. Finalizamos assim:

– Machu Picchu

– Cusco

– Lima

Mochilão América do Sul

 

Colômbia

Em razão de investidas governamentais no âmbito do desenvolvimento urbano do país, cidades como Medellín e Bogotá se tornaram exemplos de atitudes bem sucedidas em favor do bem-estar de sua população. Medellín, deixou de ser uma cidade notoriamente conhecida como violenta para se tornar um exemplo mundial de transformação urbana e social, com soluções criativas e inclusivas. Vale a pena ver isso de perto.

Se tratando de paraísos naturais, a Colômbia também não fica para trás. Cartagena e Ilha de San Andrés  são espetáculos à parte. Portanto, anote:

– Medellín

– Bogotá

– Cartagena

– Ilha de San Andrés

Mochilão América do Sul

Equador

Quito, a capital, e Cuenca, com o centro histórico mais charmoso do país, são preciosidades que merecem a visita. Para não sermos injustos, é preciso citar também o centro histórico de Quito, o maior de todas as Américas e também eleito Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Para fechar a viagem, conheça de perto o arquipélago de Galápagos, um paraíso para os amantes da natureza.

– Quito

– Cuenca

– Arquipélago de Galápagos

Mochilão América do Sul

Bolívia

No sudoeste da Bolívia, se encontra o maior e mais alto deserto de sal do mundo. O local é espetacular por dar a impressão de ser um mar branco espelhado, com uma sensação de infinito onde nossa visão não consegue alcançar o final do horizonte. No verão, o período é de chuva, e você terá a sorte de encontrá-lo alagado. Se isso acontecer, o espetáculo será absolutamente inesquecível.

– Salar de Uyuni

Mochilão América do Sul

Uruguai

A famosa e badalada praia de Punta del Este deve estar presente na sua lista caso um dia você chegue ao Uruguai. A pouca distância, está a Praia de Punta Ballena, reconhecida por ser palco de um pôr-do-sol indescritível. Ainda, a charmosa Montevidéu com sua “Ciudad Vieja” é um convite para você se perder em meio de suas ruelas e prédios históricos.

– Montevidéu

– Punta del Este

– Punta Ballena

Mochilão América do Sul

A América do Sul merece ser incansavelmente explorada. Conte com a Travelmate para realizar essa grande viagem e marcante experiência na sua vida. Clique aqui e fale com um de nossos consultores!

bob esponja vida real

Fenda do Biquíni na vida real, partiu dormir com o Bob Esponja?

Postado por: Sirius/ 442 0

Quem vive num abacaxi e mora no mar? BOB ESPONJA CALÇA QUADRADA!   

 

Além dele, você também pode ir para a Fenda do Biquíni e passar umas noites na casa abacaxi. A Nickelodeon, reproduziu a moradia do Bob Esponja na vida real, ela fica localizada em Punta Cana no Nick Resort Punta Cana.

bob esponja vida real

O preço não é tão chamativo assim, para passar a noite no quarto mais desejado dos desenhas o preço é de US$3.800 (OUCH).  Mas a estadia vale muito a pena para quem quer ir, saca só: piscina privativa, mordomo e comidas e bebidas inclusas no pacote, existem boatos de quem eles fazem até hambúrguer de siri!

Garanta seu uniforme para o IRONMAN Mar Del Plata, a data limite para personalização é até dia 11 de outubro, peça já o seu!  O IRONMAN Mar Del Plata acontecerá no dia 2 de dezembro, em Buenos Aires.

A decoração é temática e tem até uma réplica em tamanho real de Gary!

bob esponja vida real

Descubra 12 expressões típicas de terras Australianas

Descubra 12 expressões típicas de terras Australianas

Postado por: Sirius/ 308 0

 

Um intercâmbio é sempre a melhor maneira de conhecer a fundo a cultura e costumes de um país. E será provavelmente neste momento de vida que você se deparará com expressões que somente os nativos de cada lugar conhecem bem. A Austrália, é um destes lugares que escondem expressões típicas e modos de falar bastante próprios. Confira uma seleção dos que provavelmente sejam os termos mais falados no dia-a-dia dos australianos.

 

– Aussie, Ozzie, Oz e Ocker

Estas são expressões típicas usadas para se referir à Austrália ou aos australianos.

– Hooroo

Saber se despedir de alguém, ou seja, dar aquele bom e velho “tchau” provavelmente tenha sido uma das primeiras coisas que você tenha aprendido em inglês. Mas se você ouvir “Hooroo” pela primeira vez, provavelmente não saberá que significa o mesmo que “Goodbye”, o nosso “tchau”. Esteja pronto para desejar em alto e bom som: “Hooroo my friend, see you tomorrow!”

 

– Mate

Você poderia ter terminado a frase anterior substituindo o “my friend” por “mate”. Para os australianos, dizer “mate” é se referir a um amigo.

 

– Good on ya!

Parece até outra língua, mas é inglês australiano. Essa expressão significa que algo foi bem feito, e mostra que você realmente gostou do que foi feito ou do que aconteceu.

 

– Stubby

Assim como no Brasil temos diversas formas de nos referirmos à cerveja, na Austrália não é diferente. Ao invés de beer, eles usam a gíria “stubby” quando é garrafa. Se for lata, o mais comum é usar a expressão “tinny”.

 

– Fair enough

Uma maneira bastante comum de dizer “ok”.

 

– Heaps

Um jeito bem australiano de enfatizar o termo “a lot”. É comum escutar por lá um agradecimento utilizando a expressão heaps, por exemplo: “Thanks heaps for help me” (muito obrigado por me ajudar).

 

– Cuppa

Os australianos adoram expressões típicas e também uma boa xícara de chá ou café e o termo “cuppa” é o mais usado para se referir a estas bebidas. Se alguém te perguntar “How do you like your cuppa?” estará se referindo ao modo de preparo da sua xícara de chá ou de café.

 

– Thong

Como este é um acessório que você provavelmente usará bastante lá na Austrália, vale a pena colocar na lista. “Thong” é o mesmo que “flip flops” ou seja, chinelo de dedo. Se um dia você precisar, basta dizer “I need a new pair of thongs”, todos lhe entenderão.

 

Barbie

Um dos momentos mais sagrados para a maioria dos australianos é esse: Um bom e saboroso churrasco. Por lá, os churrascos são mais do que simples refeições, são vistos como reflexos de um estilo de vida.

 

– Brekky

Já que estamos falando de comida, aí vai uma abreviação para outra refeição: brekky é café da manhã para os australianos. A propósito, o café da manhã por lá é levado bastante a sério. No cardápio, uma junção que inclui ovos, bacon, avocado, feijão, salsicha, pão, torrada e por aí vai.

 

– Arvo

Um diminutivo para “afternoon”. Assim, “arvo” a rigor, significa tarde. “I saw him down the pub this arvo”.

 

Agora que você se sente mais preparado e está inteirado sobre as expressões típicas para fazer as malas e partir pra Austrália, fale com a Travelmate e faça desse sonho uma realidade! Clique aqui e fale com um de nossos consultores.

5 paraísos espanhóis que você precisa conhecer

Além de Madrid e Barcelona: 5 paraísos espanhóis que você precisa conhecer

Postado por: Sirius/ 285 0

Além de Madrid e Barcelona: 5 paraísos espanhóis que você precisa conhecer

 

Um dos destinos turísticos mais belos e visitados do mundo, uma cultura riquíssima e um povo de personalidade forte. Assim é composto o trio que pode representar genericamente o que é a Espanha aos olhos do mundo. Quando se fala em Espanha, provavelmente o que virá em seu pensamento serão as duas cidades mais populares e emblemáticas do país, seja pela sua importância, história, beleza ou representatividade: tendemos a visualizar as gigantes Madrid e Barcelona.

Porém, e aqui não contaremos nenhuma novidade, a Espanha vai muito, mas muito além disso. Não seria ousadia dizer que o país detém praias, por exemplo, que não perdem para nenhuma outra no mundo, e em todos os quesitos comparativos.

E para comprovar, listaremos 5 grandes paraísos espanhóis que merecem tanta fama quanto qualquer outro canto da linda terra espanhola.

Praia de Gulpiyuri, Astúrias

Além de linda, a praia de Gulpiyuri detém um título relevante: ela é considerada a menor praia do mundo. Nada exagerado, já que a orla possui apenas 50 metros de extensão. No entanto, um detalhe a deixa ainda mais especial: a praia de Gulpiyuri só pode ser acessada por corajosos aventureiros, já que carros não tem acesso ao local. O local é tido como Monumento Natural do país e protegida pelo governo espanhol. Com toda a certeza, Gulpiyuri fará você se sentir em uma ilha deserta, em plena Espanha.

 

Praia de Covachos

Localizada perto de Santander, precisamente na cidade de Soto de la Marina, a praia de Covachos possui, além de uma beleza impressionante, uma característica curiosa. Ela se encontra dividida, de forma natural, por uma grande formação rochosa. Tal rocha, é a responsável por criar um efeito de que a praia possui dois mares que estão cortados por uma fina faixa de areia. Se um dia você for a Covachos, só tenha em conta um detalhe: a praia é um tanto quanto “naturalista” e nem todo mundo estará utilizando trajes de banho. Se isto não for um problema, aproveite a visita à praia para conhecer a linda cidade de Santander e suas preciosidades, como a Catedral e o Mirante Cabo Mayor.

 

 

 

Hayedo de Otzarreta

Se você confundir a paisagem de Hayedo de Otzarreta com uma pintura, não se sinta só. Também não é uma miragem, se você estiver visitando o local no outono, quando costuma ser chamado de “bosque encantado”. Pelo seu valor paisagístico e natural, o bosque faz parte do espaço protegido do Parque Natural de Gorbeia.

Photo: Edu Martín
Photo: Edu Martín

Ilhas Cíes, Galícia

A região conhecida por Islas Cies, em espanhol, faz jus à fama. O paraíso espanhol, que fica, na verdade bem pertinho de Portugal, detém alguns apelidos que nos fazem desconfiar de que estamos realmente perdendo algo grandioso. Conhecida como “Caribe espanhol”, “ilha dos deuses” ou chamada de “o paraíso secreto”, as Ilhas Cies foi um dia descrita pelo popular The Guardian como a praia mais bonita do mundo. Mais precisamente, o arquipélago é composto por 3 ilhas: Monte Agudo, O Faro e San Martiño. Em resumo: um paraíso, de águas cristalinas e areias brancas. Nada mais importa.

Ilhas Cies

 

Enseada Pregonda, Menorca

É claro que Menorca não poderia ficar de fora dessa lista de paraísos espanhóis. Depois de uma longa, mas pra lá de recompensadora caminhada, você chegará à tão desejada praia de areia avermelhada e águas cristalinas. E aproveitando que você estará em Menorca, dê um pulo nas praias Macarella e Macarelleta (preciosíssimas como diriam os espanhóis) e não deixe de passar na região vizinha, Mallorca, para conhecer a ilha e a charmosa Palma de Mallorca, que também abriga uma praia mais linda que a outra.

Enseada Pregonda Menorca

 

Deu vontade de embarcar amanhã pra esses paraísos espanhóis? Você pode contar com a Travelmate para te auxiliar tanto em uma viagem a turismo quanto para te acompanhar em um passo maior, como um intercâmbio. Clique aqui e fale com um de nossos consultores.

 

Como definir a duração ideal do seu intercâmbio?

Como definir a duração ideal do seu intercâmbio?

Postado por: Sirius/ 362 0
Como definir a duração ideal do seu intercâmbio?

Os programas para intercâmbio oferecidos atualmente são bastante variados. Para definir o tempo ideal do seu intercâmbio, a melhor maneira de começar é ter em mente qual é o objetivo principal a ser alcançado com um passo tão marcante e relevante na sua trajetória de vida, que é o seu intercâmbio. Portanto, ter uma meta traçada facilita a sua conclusão sobre qual é o período ideal para o seu intercâmbio.

 

Na maioria dos casos, a questão vai depender principalmente de dois fatores: o curso que você irá realizar (curso de língua, curso universitário ou curso técnico) assim como a fluência que você deseja alcançar na língua estrangeira.

 

Além do curso e da fluência almejada, é preciso levar em consideração outros fatores importantes, como o seu momento de vida, seus projetos atuais e futuros, o orçamento disponível, e claro, o país que você deseja viver essa experiência toda.

 

Reflita sobre questões como:

 

– O que você vai estudar e quais são as condições para isso?

– Qual é o seu nível de conhecimento no idioma e qual é o nível que você pretende alcançar?

– Qual é o objetivo do seu intercâmbio?

– Qual é a sua disponibilidade e comprometimento para se dedicar ao curso ou ao trabalho que você vai exercer?

 

Para aqueles que desejam estudar e trabalhar ao mesmo tempo, é importante ter em mente que normalmente, o intercâmbio terá uma duração mínima de 3 meses. Se o seu objetivo for apenas estudar e se aprofundar em uma língua estrangeira, é possível começar com cursos intensivos de 2 semanas por exemplo. Se você estiver em um nível de iniciante ou intermediário, o período aconselhável para um resultado satisfatório é de seis a nove meses. Esse tempo é suficiente para garantir a assimilação e familiaridade com a língua estrangeira.

 

Se o seu objetivo é, além de aprender uma nova língua, estudar um período da graduação ou cursar uma parte do ensino médio no exterior, o ideal é que a permanência seja de 6 meses a 1 ano, permitindo que você conclua, no mínimo, um semestre escolar no exterior.

 

Seja qual for o tempo de duração ideal do seu intercâmbio, o esforço e dedicação tem um grande peso para a intensidade do seu intercâmbio e para o seu aprendizado final, seja ele acadêmico, profissional ou pessoal. O conselho que você não pode deixar de considerar é sempre buscar otimizar os momentos em sala de aula, os momentos em que você está tentando construir frases, contar histórias, fazer perguntas, assim como os momentos em que você estiver vivendo algo totalmente diferente do que já vivenciou antes. Viver intensamente e prestar atenção em cada um desses momentos fará com que o seu intercâmbio seja transformador para a sua vida.

 

Consultar um especialista em intercâmbio é fundamental para quem deseja tomar decisões acertadas e compatíveis com o seu momento de vida. A Travelmate conta com os melhores profissionais para te guiar nesta trajetória, do começo ao fim do seu intercâmbio. Clique aqui e fale com um de nossos consultores.