Categoria: Curiosidades

sliema

Intercâmbio X Coronavírus | Malta: Grupos de quatro pessoas ou mais serão multados em € 100 cada!

Postado por: Marketing Travelmate/ 75 0

Restrições aumentam para impedir a propagação do coronavírus

 

Grupos de quatro ou mais pessoas capturadas em público pela polícia serão multadas em € 100 cada, sob a introdução de novas leis para aplicar medidas de distanciamento social do coronavírus. 

A multa, que será introduzida por aviso legal, foi anunciada pelo ministro dos Assuntos Internos, Byron Camilleri, na segunda-feira. 

Camilleri disse que todo o gabinete concordou com a nova medida, que reduz o tamanho dos grupos autorizados a se reunir em público em até três do limite anterior de cinco.

Famílias que fazem parte da mesma família são isentas e multas podem ser apeladas.

A polícia, que já tem autoridade para dispersar grupos de pessoas, agora também multará os infratores em 100 euros cada. Um grupo de seis pessoas, por exemplo, levará à emissão de seis multas de € 100. Anteriormente, a lei não incluía nenhuma medida punitiva. 

As paradas de ônibus estão isentas dessa nova medida, no entanto, os passageiros precisam manter uma distância de dois metros um do outro. Os serviços Wi-Fi em locais públicos, como hortas comunitárias, serão desativados. 

A cavalaria da polícia e os setores caninos vão explorar as áreas rurais na terça-feira para garantir que as pessoas não fiquem em grupos de quatro ou mais, acrescentou Camilleri. 

Perguntado se o exército também seria preso, ele disse que a força policial poderia lidar atualmente, mas não excluiu a possibilidade no futuro.

O ministro alertou que as multas aumentarão se as pessoas não cooperarem.

Malta confirmou 156 casos de COVID-19, com cinco novos casos identificados no domingo.

Camilleri disse que o enfureceu ao ver grupos de pessoas se reunindo em locais públicos no domingo, desrespeitando os regulamentos introduzidos na semana passada. 

“A maioria está cooperando. Mas precisamos legislar para impedir a minoria ”, afirmou. 

“No momento, colocar-se em perigo significa colocar os outros em perigo e pôr em risco o nosso sistema de saúde”, disse ele.

Sunday Times de Malta informou que um plano de contingência para o surto de COVID-19 incluía medidas que aumentariam drasticamente a presença da polícia nas ruas e o possível fechamento de delegacias.

Partes do plano já estão sendo implementadas, com a polícia começando a instruir o público a arquivar quaisquer relatórios policiais remotamente a partir de quarta-feira. 

 

https://timesofmalta.com/articles/view/watch-live-home-affairs-minister-announces-new-coronavirus-measures.782042

Intercâmbio X Coronavírus | Canadá: Equipe de pesquisa isolou o vírus COVID-19!

Postado por: Marketing Travelmate/ 112 0

Uma equipe de pesquisadores da Sunnybrook, da Universidade McMaster e da Universidade de Toronto, isolou o coronavírus 2 da síndrome respiratória aguda grave (SARS-CoV-2), o agente responsável pelo tratamento surto de COVID-19.

Graças à colaboração ágil, a equipe conseguiu cultivar o vírus a partir de duas amostras clínicas em uma instalação de contenção de nível 3.

“Precisamos de ferramentas-chave para desenvolver soluções para essa pandemia. Embora a resposta imediata seja crucial, soluções de longo prazo vêm de pesquisas essenciais para esse novo vírus ”, disse Samira Mubareka , microbiologista e médica em doenças infecciosas de Sunnybrook.

O vírus isolado ajudará pesquisadores no Canadá e em todo o mundo a desenvolver melhores testes de diagnóstico, tratamentos e vacinas e a entender melhor a biologia, evolução e derramamento clínico de SARS-CoV-2.

“Os pesquisadores dessas instituições de classe mundial se reuniram de maneira popular para isolar com sucesso o vírus em apenas algumas semanas”, disse o Dr. Rob Kozak, microbiologista clínico de Sunnybrook. “Isso demonstra as coisas surpreendentes que podem acontecer quando colaboramos”.

O Dr. Arinjay Banerjee, pós-doutorado do NSERC na Universidade McMaster, disse que sabe que a colaboração não vai parar por aí.

“Agora que isolamos o vírus SARS-CoV-2, podemos compartilhar isso com outros pesquisadores e continuar esse trabalho em equipe”, disse ele. “Quanto mais vírus são disponibilizados dessa maneira, mais podemos aprender, colaborar e compartilhar”.

Parabéns aos pesquisadores dessas três instituições canadenses: Dr. Samira Mubareka e Dr. Rob Kozak, de Sunnybrook e University of Toronto; Dr. Arinjay Banerjee e Dra. Karen Mossman da Universidade McMaster.

Com gratidão à equipe CL3 e aos Diretores de Biossegurança.

 

 

fonte: https://sunnybrook.ca/research/media/item.asp?c=2&i=2069&f=covid-19-isolated-2020

Intercâmbio X Coronavírus | Alemanha: A curva de infecção na Alemanha pode estar diminuindo!

Postado por: Marketing Travelmate/ 85 0

A curva de infecção na Alemanha pode estar diminuindo, diz chefe de saúde pública

(Reuters) – Há sinais de que a curva ascendente exponencial nas novas infecções por coronavírus na Alemanha está se achatando pela primeira vez, graças às medidas de distanciamento social em vigor, disse o chefe do instituto de saúde pública do país nesta segunda-feira.

 

“Estamos vendo sinais de que a curva de crescimento exponencial está se achatando um pouco”, disse Lothar Wieler, diretor do Instituto Robert Koch. “Mas só poderei confirmar essa tendência definitivamente na quarta-feira”.

Ele disse estar otimista de que as medidas tomadas até o momento na Alemanha, incluindo o fechamento de escolas, instruções sobre lavagem das mãos e avisos estritos contra reuniões públicas, já estavam surtindo efeito.

 

 

Fonte:https://www.thestar.com.my/news/world/2020/03/23/germany039s-infection-curve-could-be-flattening-off-public-health-chief-says

Intercâmbio X Coronavírus | Canadá: Atualiza as isenções de restrições de viagens.

Postado por: Marketing Travelmate/ 75 0


O governo do Canadá está atualizando as restrições de viagem adotadas para conter a propagação do COVID-19.

Isenções às restrições de viagens aéreas serão aplicadas a estrangeiros que já se comprometeram a trabalhar, estudar ou tornar o Canadá sua casa, e as viagens feitas por esses indivíduos serão consideradas viagens essenciais para restrições de fronteiras terrestres.

As isenções incluem

  • trabalhadores agrícolas sazonais, trabalhadores de peixes / frutos do mar, cuidadores e todos os outros trabalhadores temporários estrangeiros
  • estudantes internacionais que possuíam uma permissão de estudo válida ou foram aprovados para uma permissão de estudo quando as restrições de viagem entraram em vigor em 18 de março de 2020
  • candidatos residentes permanentes que foram aprovados para residência permanente antes das restrições de viagem foram anunciados em 16 de março de 2020, mas que ainda não haviam viajado para o Canadá

Além disso, está sendo feita uma modificação temporária no processo de Avaliação de Impacto no Mercado de Trabalho para empregadores da agricultura e processamento de alimentos, pois o período de recrutamento necessário de duas semanas será dispensado pelos próximos 6 meses.

Também estamos aumentando a duração máxima permitida do emprego para trabalhadores no fluxo de baixos salários do Programa de Trabalhadores Temporários Estrangeiros de 1 para 2 anos. Isso melhorará a flexibilidade e reduzirá os encargos administrativos para os empregadores, incluindo aqueles no processamento de alimentos.

Para salvaguardar a continuidade do comércio, comércio, saúde e segurança alimentar de todos os canadenses, trabalhadores temporários estrangeiros na agricultura, agro-alimentos, processamento de frutos do mar e outras indústrias importantes poderão viajar para o Canadá, com isenções para as viagens aéreas restrições que entraram em vigor em 18 de março.

Além dos protocolos de triagem de saúde antes da viagem, todos os indivíduos que entram do exterior devem se isolar por 14 dias após a chegada ao Canadá.

Permitir que trabalhadores estrangeiros entrem no Canadá reconhece sua importância vital para a economia canadense, incluindo a segurança alimentar dos canadenses e o sucesso dos produtores de alimentos canadenses. A chegada dos trabalhadores agrícolas e dos peixes / frutos do mar é essencial para garantir que as atividades de plantio e colheita possam ocorrer. Sempre haverá empregos disponíveis para os canadenses que desejam trabalhar em fazendas e em fábricas de processamento de alimentos.

Os afetados por essas isenções não devem tentar viajar para o Canadá imediatamente. Anunciaremos quando as isenções estiverem em vigor, o que antecipamos que será no início da próxima semana.

Essas isenções seguem outras anunciadas no início desta semana, por 

  • estrangeiros viajando a convite do governo canadense para uma finalidade relacionada à contenção de COVID-19
  • familiares próximos de cidadãos canadenses
  • familiares próximos de residentes permanentes no Canadá
  • uma pessoa autorizada, por escrito, por um funcionário consular do Governo do Canadá a entrar no Canadá com o objetivo de reunir membros imediatos da família
  • uma pessoa registrada como indiana sob a Lei Indiana
  • diplomatas e familiares credenciados (incluindo a OTAN, aqueles sob o Acordo da Sede das Nações Unidas, outras organizações)
  • tripulações aéreas
  • qualquer estrangeiro, ou grupo de estrangeiros, cuja entrada seja do interesse nacional, conforme determinado pelo Ministro de Relações Exteriores, Ministro de Imigração, Refugiados e Cidadania, Ministro de Segurança Pública
  • militares do Canadá, forças visitantes e seus familiares
  • passageiros em trânsito

 

 

Fonte:https://www.canada.ca/

Intercâmbio X Coronavírus | Irlanda: As permissões de imigração serão automaticamente estendidas por dois meses

Postado por: Marketing Travelmate/ 80 0

MINISTRO DA JUSTIÇA Charlie Flanagan anunciou esta noite que as permissões de imigração com vencimento entre 20 de março e 20 de maio serão automaticamente estendidas por dois meses.

O escritório de registro no Burgh Quay em Dublin também será fechado nas próximas semanas com efeito imediato. Qualquer pessoa com um compromisso lá entre agora e 20 de maio será contatada pelo Serviço de Imigração.

Além disso – para enfrentar os desafios em torno do distanciamento social e garantir a consistência em todo o sistema – essas medidas serão aplicadas aos registros e renovações de imigração que ocorrem fora de Dublin nas estações de garda locais. 

Tudo isso faz parte da resposta do Departamento de Justiça ao surto de Covid-19.

As medidas serão aplicadas a três categorias principais de pessoas cujas permissões expiram entre 20 de março e 20 de maio:

  • Renovação de permissões / registros existentes – pessoas que possuem uma permissão válida atual
  • Aguardando primeiro registro – pessoas com permissão para desembarcar em um porto de entrada, desde que se registrem no Burgh Quay ou em seu escritório local de registro da AGS dentro de três meses, mas que ainda não o fizeram.
  • Vistos para estadias curtas – Aqueles que estão no país com um visto de curta duração e que receberam permissão para permanecer por menos de três meses, que podem não conseguir sair do Estado e voltar para casa devido a incertezas causadas pela pandemia de coronavírus.

O ministro Flanagan disse: “Quero garantir às pessoas cujas permissões de imigração expirem em breve que seu status legal no país seja mantido. 

 

Estamos dando esse passo neste momento extraordinário para garantir sua segurança. Os escritórios públicos de alta demanda dificultam a aplicação do distanciamento social. Também queremos garantir que você não esteja realizando nenhuma viagem não essencial para participar de compromissos no momento.

Esta é uma medida excepcional em resposta a circunstâncias excepcionais. Se essa decisão não foi tomada, existe o risco de você se tornar ilegal no país sem culpa sua. Estou agindo agora para garantir que isso não aconteça.
Flanagan acrescentou que essa medida seria mantida sob revisão à medida que a situação do Covid-19 progredir.
Fonte: https://www.thejournal.ie/immigration-permissions-5053375-Mar2020

Intercâmbio X Coronavírus | EUA pede velocidade de aprovação para remédio

Postado por: Marketing Travelmate/ 67 0

Droga hidroxicloroquina, utilizada para tratar malária, pode ter bons resultados contra o coronavírus e deve ser aprovada em breve pela FDA

Em pronunciamento nesta quinta-feira, 19, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump disse que as drogas hidroxicloroquina e remdesivir podem ter bons resultados contra o coronavírus, com base em um estudo feito na China, e pediu velocidade de testes e possível aprovação pela FDA (Food and Drugs Administration), espécie de Anvisa do país. O discurso de Trump, inicialmente, deu a entender que os EUA tinham descoberto uma cura para o novo coronavírus, o que não aconteceu.

Na mesma conferência, um dos membros da FDA, Stephen Hahn, disse que o uso da droga ainda está em testes para avaliar como ela funciona e em que dose deve ser utilizada contra o coronavírus.

A hidroxicloroquina já é usada no tratamento de malária e também vem sendo experimentada contra o novo coronavírus na França.

Durante a coletiva, Trump anunciou que, em breve, qualquer cidadão poderá comprar o medicamento, desde que tenha prescrição médica. A hidroxicloroquina também poderá ser distribuída em consultas e hospitais.

Para o presidente dos EUA, a vantagem de usar um medicamento já existente é ter a certeza de que ele já foi testado e aprovado. “Se você começa a desenvolver uma droga do zero, não sabe o que vai acontecer.”

“Os médicos vão distribuir o medicamento, os Estados também, vai ser excelente. Esse pode ser ou não o momento da virada”, afirmou Trump que os efeitos da droga no coronavírus ainda estão sendo estudados.

“Estados individuais lidam com isso, médicos lidam com isso, acho que vai ser ótimo”, diz Trump. O governo continua estudando a droga. “Poderia ser um divisor de águas, e talvez não.”

A utilização dessa droga já havia sido sugerida por figuras importantes, como Elon Musk, presidente da Tesla, e Bill Gates, fundador da Microsoft.

 

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/ciencia/eua-pede-velocidade-de-aprovacao-para-remedio-potencial-contra-coronavirus/

 

Intercâmbio X Coronavírus | Quais são as orientações de cada País e da OMS?

Postado por: Marketing Travelmate/ 80 0

A orientação geral é que qualquer pessoa com sintomas de gripe – mesmo que leve, permaneça reclusa, sem contato direto com outras pessoas, tenha atenção a higiene básica, lave bem as mãos, cuide da alimentação e hidratação, e evite procurar os serviços de saúde num primeiro momento, por aumentar o risco de contaminação, de pessoas mais vulneráveis à doença e/ou a si próprio. Caso os sintomas se intensifiquem procure as autoridades médicas.

A OMS ressalta a importância de se respeitar as orientações das autoridades de saúde de cada país, que terão as informações mais atualizadas sobre a realidade local. No Brasil, as orientações do Ministério da Saúde têm peso de recomendações, mas na prática a organização dos atendimentos pode mudar em cada estado, há números de emergência locais, e o aplicativo do SUS – Sistema Único de Saúde, com diversas orientações sobre o vírus, contaminação, sintomas, rede pública de saúde, e uma auto avaliação que pode indicar ou não, a necessidade de procurar ajuda médica especializada.

Intercâmbio X Coronavírus | Proteja a si mesmo e aos mais vulneráveis!

Postado por: Marketing Travelmate/ 70 0

O importante é não esquecer das dicas da OMS e do Ministério da Saúde e se proteger do coronavírus: lave sempre muito bem as mãos com água e sabão ou use álcool gel, mantenha distância de 1 metro de pessoas espirrando ou tossindo: evite tocar olhos, nariz e boca; ao tossir ou espirrar, utilize o antebraço ou um lenço, que deve ser descartado. Mantenha os ambientes bem ventilados e evite aglomerações, principalmente se estiver doente.

É preciso ter ainda mais cuidado em relação à proteção dos idosos, grupo mais vulnerável à nova doença. Embora a letalidade da covid-19 venha se mostrando baixa, em torno dos 3%, de modo geral.

É preciso pensar em todas as vias de possível infecção: um neto, um filho, qualquer um que vai visitar pode estar em período de incubação e passar o vírus. Recomendamos reforço em medidas de higiene e proteger os idosos de qualquer tipo de contato social.

Intercâmbio X Coronavírus | Como serão tratados os casos confirmados de coronavírus?

Postado por: Marketing Travelmate/ 110 0

A Organização Mundial da Saúde explica que não existe, até agora, um tratamento específico para curar a covid-19, embora existam muitos esforços para encontrar remédios ou uma vacina que previna a doença.

O que existe, por enquanto, são os tratamentos para resolver os sintomas: baixar febre, amenizar a tosse, tirar dores no corpo e tratar complicações respiratórias, como pneumonia.
Quando a dificuldade para respirar é grande, o paciente pode receber oxigênio, por exemplo. Um dos desafios da gestão dessa pandemia é evitar que muitos casos evoluam para que a procura por hospitais não supere o número de vagas. Segundo o Conselho Federal de Medicina, o Brasil possui quase 45 mil leitos de UTI.

Remédios como antibióticos, por exemplo, não servem para combater o coronavírus, mas podem ser usados em algum momento para tratar outra infecção associada, como uma faringite, ou mesmo uma pneumonia bacteriana que possa ter se desenvolvido em cima da infecção viral.

carreira no exterior

Como iniciar uma carreira no exterior

Postado por: Marketing Travelmate/ 106 0

Diariamente diversos jovens deixam seu país em busca de novas experiências de intercâmbio ou até mesmo para começar uma carreira no exterior. Adultos, por sua vez, muitas vezes decidem largar tudo e começar do zero em um novo país. Em ambos os casos, a escolha por fazer carreira no exterior pode ser bastante proveitosa. Além de ampliar horizontes, ela garante o upgrade no seu currículo, facilita o conhecimento de um novo idioma e possibilita o network.

O primeiro passo é abandonar a zona de conforto, criar coragem e ir atrás de seus objetivos. As agências de intercâmbio podem ser uma boa opção para lhe auxiliar neste momento de dúvidas. Existem diversos programas em que é possível viajar e trabalhar, estudar e trabalhar ou fazer estágio, que ainda pode ser remunerado.

O que levar em consideração?

Para trabalhar no exterior, são levadas em consideração algumas características dos candidatos, para que ele se adeque ao cargo e ao novo lugar. Existem muitas vagas em diversos países para serem preenchidas por estrangeiros. Por isso, o leque de oportunidades é grande.

Pesquise muito sobre o destino que pretende trabalhar. Leve em conta o clima, a recepção de estrangeiros, o idioma falado, leis próprias do país, cultura, alimentação e custo de vida. alguns desses fatores podem ser cruciais na sua escolha.

Idioma

É preciso saber se comunicar no idioma oficial ou ter certo nível de conhecimento da língua do país onde está estabelecido o futuro trabalho. Quanto mais fluente na nova língua, melhores são as chances de conseguir um bom trabalho. Por isso estude bem antes de viajar – ou opte por estudar inglês, espanhol ou qualquer outro idioma no contraturno do trabalho.

Amplas possibilidades

Existem diferentes oportunidades de trabalho no exterior. Uma opção bastante conhecida pelos brasileiros são as vagas para trabalhar como auxiliares de cozinha, atendentes, restaurantes, entre outros. Nesses casos, são ótimas as oportunidades para melhorar o idioma, já que você estará envolvido o dia todo com a nova língua.

Para os que querem seguir carreira em uma área específica de atuação, é importante ter alguma experiência comprovada no setor escolhido. Quanto mais conhecimento e qualificação, melhores as chances de conseguir uma boa vaga.

Documentos

Analise se toda a documentação necessária está regular com a lei brasileira e do país destino. Se comprometa em atualizar a carteira nacional de habilitação, para que ela se torne internacional. Esteja com o passaporte em dia, verificando a data de vencimento do documento, tenha também o visto e a permissão para trabalhar no país destino. Se um intercambista viajar para estudar e trabalhar, mas só ter a liberação para os estudos, ele dificilmente será contratado por alguém para que não haja divergência com a lei local.

Busque por formações e certificações no exterior

Existem muitos cursos ministrados em outros países de curta duração. Portanto, aproveite o momento no exterior para realizar esses cursos. Eles podem ser um grande diferencial na carreira, além de possibilitarem mais oportunidades na área.

Tenha uma renda para se manter provisoriamente

Mesmo com um emprego garantido, será preciso uma renda extra para se manter no novo país por um determinado tempo. Para não sofrer com surpresas negativas, reserve uma parte do seu dinheiro para os primeiros momentos de transição.

Alguns estudos recomendam ter pelo menos uma quantia de renda na qual você poderá se sustentar por 12 meses, caso não consiga uma vaga logo de cara. Caso já exista uma oportunidade concreta, será preciso um valor menor. Lembre-se que você deverá bancar os custos de viagem, documentação, roupas (caso vá para locais com o clima diferente do nosso), mobília, aluguel, transporte, alimentação, contas e outros.

E você, está esperando o que para começar? Venha bater um papo com a gente! Podemos te ajudar a começar uma carreira do exterior.

Travelmate conquista selo IALC por atendimento de excelência

Postado por: Marketing Travelmate/ 119 0

A Travelmate conecta alunos brasileiros às mais variadas escolas pelo mundo, dando toda a assistência necessária para que haja o máximo de conforto e suporte para os estudantes. O alto nível de qualidade dos serviços da Travelmate permitiu que a agência recebesse o selo do International Association of Languages Centres (IALC), enaltecendo a parceria e performance da empresa no apoio aos intercambistas.

O que é a IALC?

A International Association of Languages reúne escolas de idiomas independentes que ensinam o idioma oficial de seus países. A IALC exerce atividade no mercado há pelo menos 35 anos, e além de credenciar escolas de idiomas, ela faz o controle de qualidade de agências de intercâmbio. Para se associar à IALC, a agência deve cumprir uma série de requisitos.

Hoje são cerca de cem escolas credenciadas pela associação no mundo, em mais de 90 destinos. As escolas têm como principais idiomas inglês, francês, alemão, espanhol, italiano, japonês, mandarim, português e russo. As escolas oferecem diferentes tipos de cursos para níveis e idades variados, além de preparação universitária e atividades extras como experiência de trabalho e programas de aventura. Além dos estudos, existe a oferta de alojamentos, viagens para curtir outros destinos e seus pontos turísticos, como também atividades que englobam a cultura local. O contato direto e diário com uma língua estrangeira permite que se aprenda idiomas de maneira rápida e fluente.

Padrão de qualidade

Ao ter um serviço prestado por uma agência com selo IALC, você tem a garantia de que poderá aproveitar ao máximo sua estadia, maximizando a qualidade de ensino e conforto. A International Association of Languages tem como objetivo selecionar as melhores escolas de intercâmbio, com profissionais acessíveis e dedicados. O foco é o ensino cultural e principalmente linguístico. Para fazer parte do IALC, a agência precisa cumprir com alguns requisitos e possuir as características exigidas pelo sistema de qualidade da International Association of Languages.

Por que o Au Pair está em alta? Saiba tudo sobre o intercâmbio!

Postado por: Marketing Travelmate/ 247 0

O intercâmbio é uma experiência que deveria ser vivida e aproveitada por todos aqueles que têm a oportunidade.

Para quem busca algo que não necessite de muita burocracia, o Au Pair pode ser uma boa escolha! Não sabe o que é isso? Vamos explicar tudo a seguir.

O que é Au Pair?

O Au Pair é o serviço de babá exercido no exterior. O mais comum é a contratação de meninas para que elas cuidem de crianças (sejam filhos únicos ou que tenham irmãos). A atividade é exercida quando os pais não estão em casa ou quando eles precisam de uma ajuda a mais para cuidar de seus filhos. Cada caso é combinado de maneira diferente, de acordo com a proposta dos contratantes.

O programa dura no mínimo um ano completo e pode ser estendido por 6, 9 ou 12 meses, caso a babá tenha interesse. É possível permanecer no país por 30 dias após o término da contratação, o que possibilita viagens e passeios para conhecer melhor os Estados Unidos (o destino mais comum nesse programa).


Confira mais sobre o universo Au Pair na matéria sobre a TravelMate no portal Curso de Babá.


Carga horária e remuneração

Normalmente estabelecer a carga horária é responsabilidade da família que a contratará. É um direito dela ter 1,5 dia de folga por semana e um final de semana completo a cada mês – período equivalente de sexta a domingo à noite.

Em questões de salário, o mínimo a ser pago pela família são US$ 195,75 por semana. Mas caso a família tenha condições e queira recompensar melhor a Au Pair, o valor pode aumentar.

Popularidade do programa

O Au Pair é destaque nas mais diversas agências de turismo e intercâmbio. Isso porque ele possui um dos melhores custo-benefício dentre as opções disponíveis. Ele tem se tornado cada vez mais popular, pois não é preciso muito investimento para morar fora. Os custos para se manter são mínimos, o que permite que a babá gaste seu salário da maneira que achar melhor.

É garantido o amparo desde a chegada até o fim do intercâmbio. Ao longo do texto será possível entender por que cada vez mais mulheres decidem por essa modalidade, que além de barata, permite conhecer outras partes do mundo e melhorar o inglês.

Exigências

Apesar de haver muitas vagas, é preciso dedicação de quem busca pelo serviço. Para participar do programa nos Estado Unidos, por exemplo, é preciso ter pelo menos 18 anos e no máximo 26. Se a pretendente se encaixar na faixa etária, terá que comprovar ter exercido pelo menos 500 horas de cuidados com crianças nos últimos 4 anos.

É preciso ter inglês intermediário ou avançado, possuir formação no ensino médio, contar com boa saúde e ter carteira de motorista (que deve ser atualizada para o exterior antes da viagem).

A futura Au Pair não pode ter antecedente de visto negado para os Estados Unidos. Ela também deve ser solteira e não ter filhos.

O que a Au Pair deve fazer?

É preciso cuidar das crianças durante o expediente. Para que tudo dê certo, deve haver confiança da babá com a família e vice-versa. A Au Pair deverá ser capaz de suprir a necessidade das crianças, mesmo com ausência dos pais.

O serviço inclui cuidados com as crianças, organizar e limpar o quarto, preparar refeições, levar e buscar na escola, criar e participar das brincadeiras e colocá-las para dormir. Essa rotina prolongada ao lado da família costuma criar laços fortes e duradouros.

Vantagens

A maior vantagem em participar do programa é o custo benefício. Ele está entre os mais procurados, com grande quantidade de vagas, e é um dos mais baratos dentre as opções existentes. Isso faz com que a Au Pair esteja cada vez mais em alta.

Todo o dinheiro ganho costuma ser o suficiente para que a própria Au Pair se sustente. Isso porque no programa a intercambista irá morar na mesma casa em que as crianças que elas cuidam. Ou seja, o ambiente de trabalho será o mesmo lugar onde terá seu espaço particular.

A família contratante deve fornecer moradia e alimentação. Ela também é a responsável por pagar a passagem para a nova babá. Ou seja, isso significa que os custos para se manter serão mínimos e nem mesmo o transporte até os EUA será uma despesa – mais um ponto que faz essa modalidade de intercâmbio estar em alta.

A Travelmate estimula a Au Pair a estudar, fornecendo a oportunidade de participar de aulas de inglês ou matérias pelas quais ela pode se interessar. Ou seja, a viagem não significa apenas uma proposta de trabalho, mas também a chance de aprender ainda mais.

Os Estados Unidos são o país com a maior taxa de contratação. Ao se enquadrar nos requisitos, a contratação deve acontecer de maneira breve. Em pouco tempo a Au Pair estará vivendo a vida que planejou.

Com o programa, a intercambista terá a chance de conhecer um país novo, viajar e realizar o sonho de morar fora do Brasil.

Outros benefícios são:

  • Bolsa de estudos no valor de US$ 500,00;
  • Passagem do Brasil a Nova York (é preciso verificar a disponibilidade de saídas do país, que normalmente acontecem nas capitais);
  • Orientação ao chegar no destino;
  • Seguro saúde.

O investimento nesse tipo de intercâmbio pode agregar muito valor, principalmente para aquelas pessoas que pretendem trabalhar com crianças no futuro.

O que levar para o intercâmbio?

Postado por: Tatiana Serbena/ 1653 0

O que levar para o intercâmbio? Essa pergunta toma conta do jovem nos dias antes da partida, porém, nós facilitamos e coisas para você

Sempre quando o dia da partida se aproxima, a ansiedade e a dúvida tomam conta do intercâmbista, o sonho de ir morar fora do país e conhecer outras culturas geralmente fascinam a mente dos jovens. Porém, em meio ao nervosismo do embarque, é preciso escolher com sabedoria o que levar ou não na mala, afinal, ninguém quer levar bermuda para o Canadá em janeiro, e ainda gastar dinheiro pagando excesso de bagagem por isso.

A escolha de quais, quantas e o que levar para o intercâmbio é essencial para garantir que você não se sinta um peixe fora da água em outro país e também para não deixar roupas guardadas no fundo da mala até o dia que você retornar para o Brasil. Veja cinco dicas que preparamos para você andar conforme o clima e o estilo do seu país de destino:

 

  • Leve roupas adequadas ao clima do seu destino;

o-que-levar-para-o-intercambio

Principalmente se você irá para um país de outro hemisfério, fique muito atento a esse detalhe, priorize roupas da estação e leve uma ou outra peça oposta para caso o tempo mude. Por exemplo, enquanto no Brasil é verão, nos Estados Unidos é inverno (um inverno muito mais intenso que o nosso, inclusive), então priorize calças, casacos e calçados fechados. Se possível leve dinheiro pra comprar roupas no seu destino, são mais baratas e fáceis de encontrar do que no Brasil, principalmente as de inverno.

 

  • Leve cartão pré-pago;

o-que-levar-para-o-intercambio

Se nós podemos te indicar o que levar para o intercâmbio sem exceção, leve o VTM. Andar com dinheiro em espécie não é uma boa ideia, se perder ele, será difícil sobreviver sem. Então, use cartões internacionais, como o VTM (Visa Travel Money), ele é aceito em mais de 30 milhões de estabelecimentos associados com a Visa ao redor do mundo.  Aqui na Travelmate, nós oferecemos o cartão e explicamos as suas vantagens antes do embarque, para estar tudo certo no dia da viagem. O cartão te dá mais segurança e elimina a preocupação com a taxa de câmbio.

 

  • Não leve todo o seu guarda roupas;

o-que-levar-para-o-intercambio

Leve apenas o que terá certeza que irá usar, de nada vale levar roupas para o exterior e elas voltarem do jeito que foram dentro da mala. Separe o que realmente deve ser levado, dentro das peculiaridades de cada país e dentro dos limites da sua mala. Evite pagar excesso de bagagem, em muitos países existem lavanderias onde só é preciso colocar a roupa dentro da máquina e inserir uma moeda para ela sair limpinha.

 

  • Leve uma mala extra;

o-que-levar-para-o-intercambio

Mesmo no período de crise econômica, ainda é vantajoso comprar roupas e eletrônicos no exterior. Como garantia, leve uma mala extra, dobre ela de tal maneira que fique compacta dentro da sua mala de viagem e quando chegar ao seu destino comece a comprar os seus presentes e lembranças. Vale lembrar pra sempre estar atento com o excesso de bagagem, confira com a companhia aérea quantos quilos de bagagem são permitidos por passageiro.

 

  • Leve seus pertences de valor na bagagem de mão;

o-que-levar-para-o-intercambio

Caso leve joias, dinheiro, ou bens de valor sentimental, coloque tudo na bagagem de mão, assim como uma muda de roupa extra. Extravios de bagagem acontecem todos os dias nos aeroportos, e você não quer ficar sem seus pertences de maior valor, muito menos com a mesma roupa por alguns dias.

 

  • Não se abra mão do seguro viagem.
    o-que-levar-para-o-intercambio

Ele não vai dentro da sua mala, mas eu garanto que você não vai querer embarcar no avião sem ele. Com o seguro viagem você tem assistência médica garantida, reembolso em caso de extravio de bagagem, assistência odontológica, e o melhor, tudo isso sem precisar desembolsar nenhum centavo a mais! Porém, apenas algumas agências oferecem esse modelo completo de plano, como oferecemos aqui na Travelmate. OBS: vários países não contam com saúde pública, então nem pense em viajar sem um bom seguro para te proteger.

Confira tudo antes de fechar a mala e ir para o aeroporto, se possível, providencie tudo com antecedência, assim, sobra mais tempo para você pensar se está levando tudo o que precisa. Na dúvida, faça uma check-list do tipo “o que levar para o intercâmbio”, com todos aqueles itens do seu dia a dia que precisa levar e os que você quer levar (lembre-se de primeiro levar o essencial).

Nós esquecemos de alguma coisa? Compartilhe com a gente o que levar para o intercâmbio, no seu ponto de vista.

lugares-para-visitar-no-intercambio

Seis lugares que você não pode deixar de visitar no seu intercâmbio

Postado por: Tatiana Serbena/ 1032 0

Cada país tem suas peculiaridades, mas mesmo assim eles possuem lugares em comum que você não pode deixar de conhecer. Conheça agora os lugares para visitar no intercâmbio!

 

Conhecer um novo país é fantástico, cada nação tem suas peculiaridades e lugares únicos e inesquecíveis. E se você for fazer intercâmbio, temos certeza de que gostará de aprender e ver tudo o que o pais pode te oferecer, não é mesmo!?

Mesmo que cada país seja único, existem lugares comuns dos países que você não pode deixar de conhecer, afinal, no seu intercâmbio você quer muito mais do que estudar ou trabalhar, procura também uma imersão na rotina e na cultura do seu destino. Abaixo, listamos seis lugares para visitar no intercâmbio, confira:

  • Visitar os pontos turísticos mais famosos da cidade e do país em que vive:

1

Como no Brasil temos o Cristo Redentor, na França a Torre Eiffel e na Itália o Coliseu, todos os países possuem pontos turísticos famosos e conhecidos internacionalmente, essas são as primeiras referências quando se fala em lugares para visitar no intercâmbio. Durante o seu intercâmbio, reserve alguns finais de semana para visita-los, se forem longe, pegue um trem, ônibus ou até mesmo um avião para conhecê-los.

Afinal, é sempre muito bom conhecer lugares novos e novas pessoas, quanto maior a sua bagagem cultural adquirida no exterior, melhor. Afinal, bagagem cultural não entra na soma de peso das malas!

 

  • Conhecer os shoppings da cidade:

lugares-para-visitar-no-intercambio

Além de tirar um tempo para fazer aquela famosa “compra de presentes”, conheça os shoppings para pesquisar e comparar os preços com o Brasil, assim você consegue conhecer novos lugares e ainda comprar algo que precisa por um preço melhor que os praticados no Brasil (ou não).

No exterior existem produtos que para a gente é novidade, principalmente na área tecnológica e vestuário. Com certeza, vale conferir os shoppings do seu país de intercâmbio. Além de conhecer um novo lugar, você aproveita pra encher um pouco mais a sua mala.

 

  • Visitar os bares e clubs da cidade:

lugares-para-visitar-no-intercambio

Um lugar para visitar no intercâmbio é, com certeza os bares e os clubs. São nesses lugares que as pessoas geralmente procuram pra se divertir, e se quiser conhecer novas pessoas, temos certeza de que esses são ótimos lugares. Em alguns países, como a Irlanda, essa cultura de ir para bares é muito forte, e se você deseja conhecer pessoas animadas e prontas para se divertir a noite toda com você, os bares e clubs são os lugares certos!

 

  • Conhecer as belezas naturais do lugar:

lugares-para-visitar-no-intercambio

Independente de ser praia, montanha, campo, lago ou vale, o importante é conhecer e curtir as paisagens naturais do seu país de intercâmbio. Geralmente elas ficam fora das grandes cidades e podem demandar algumas horas de viagem, mas a experiência de conhecer os paraísos naturais do país não tem preço.

Aproveite e faça fotos, leve roupas de banho, calçados adequados ao terreno do destino, protetor solar ou casacos, comida, água, e tudo o que precisar para a sua viagem ser um sucesso. Para saber tudo o que precisa, pesquise previamente sobre o destino e prepare uma mochila com tudo o que você vai usar na sua aventura.

 

  • Vá até os grandes centros e ruas de grande circulação:

lugares-para-visitar-no-intercambio

Nesses lugares existem pessoas de todos os tipos e de todos os lugares, além de que é nos grandes centros que você consegue resolver os seus problemas burocráticos e encontrar o que precisa. Provavelmente você precisará obrigatoriamente se deslocar até o centro da cidade para resolver burocracias do intercâmbio, aproveite e conheça mais sobre o lugar e as pessoas que passam por lá.

 

  • Procure locais onde os moradores nativos se encontram:

lugares-para-visitar-no-intercambio

Durante o período do seu intercâmbio, procure lugares onde os moradores nativos se encontram, e que são frequentados por poucos estrangeiros, acredite, nesses lugares, quanto menos estrangeiros, melhor.

Assim você consegue viver 100% a experiência dos nativos, sem interferência do estilo de vida e cultura de outros países. Assim como te aconselhamos a visitar lugares onde existem trocas culturais, aqui te aconselhamos a visitar lugares com uma única cultura, esta que você escolheu para o seu intercâmbio.

 

Curta o seu intercâmbio da melhor maneira! Conheça todos os lugares para visitar no intercâmbio durante o seu período de viagem, ou até mesmo os lugares de outros países (principalmente na Europa). A experiência e paisagens que cada lugar tem ajudam – e muito – a enriquecer a sua experiência no intercâmbio. Tire muitas fotos e sempre aproveite o máximo de cada momento que o intercâmbio te proporciona.

Monitor de Acampamento de Verão | Conheça o Camp Leader

Postado por: Marketing Travelmate/ 2280 0

Cuidar de crianças em um acampamento de verão nos Estado Unidos. Um intercâmbio chamado Camp Leader

 

Quem nunca sonhou em participar ou então trabalhar em acampamentos de verão nos Estados Unidos?

E você sabia que pode viver esta experiência mágica de ser monitor de acampamento de verão?  Estes são os chamados Camp Leaders. Já ouviu falar?

O Camp Leader é um programa de intercâmbio remunerado para os Estados Unidos em que você trabalha cuidando e liderando crianças e adolescentes em acampamentos de verão.

 

OS ACAMPAMENTOS

Os acampamentos de verão nos Estados Unidos funcionam como uma colônia de férias aqui no Brasil, a diferença é que as crianças e jovens bem como os monitores pernoitam no acampamento. Eles estão localizados em cidades pequenas e rurais, repletos de natureza e espaço ao ar livre, onde a diversão é garantida!

 

A ROTINA DO MONITOR DE ACAMPAMENTO

Os Camp Leaders internacionais são muito bem recebidos nos acampamentos e desde o primeiro dia já farão parte da equipe! Após o treinamento assim que chega, o monitor é selecionado para cuidar de um grupo específico.

O leader trabalha em regime de dedicação exclusiva, portanto deve estar disposto a se dedicar dia e noite cuidando das crianças e adolescentes. A responsabilidade do Leader é garantir a segurança e bem-estar das crianças e adolescentes. Portanto é necessário muita paciência, a habilidade de ensinar e compartilhar o conhecimento.
A criançada e os monitores não têm moleza! As atividades dentro do acampamento de verão começam cedo e terminam tarde.

Além de ser responsável pelo cuidado das crianças e adolescentes, é interessante que o Leader possa ensinar e compartilhar habilidades ou talentos que tenha. Não importa se você é bom em algum esporte, artes, música.. o importante é encantar e poder compartilhar o que você sabe!

 

O MONITOR DE ACAMPAMENTO TEM “FREE TIME”?

Esse é um programa de intercâmbio que demanda muito empenho e energia dos monitores, afinal, são responsáveis pelas crianças e adolescentes 24 horas por dia. Mas isso não faz com que você não tenha tempo livre. Terá sim! Mas o seu tempo livre e folgas serão definidos por cada camp. Geralmente, os monitores costumam ter um dia de folga por semana ou algumas noites. Tudo isso será combinado depois que você chegar lá.

 

DURAÇÃO DO TRABALHO DO CAMP LEADER

Você pode trabalhar de 8 semanas a 15 semanas, entre Junho e Agosto. Isso será definido por você e pelo acampamento durante a etapa das entrevistas e colocação. Depois que finalizar seu trabalho no acampamento, você tem direto ao Grace Period, que nada mais é que 30 dias de férias nos EUA. Neste período você está livre para viajar e curtir o melhor que os EUA pode oferecer.

 

PROCESSO DE COLOCAÇÃO NO PROGRAMA

O processo de colocação em um acampamento é bem simples. Você precisa apresentar os requisitos para participar no programa, dar uma conferida no nível de inglês e então fazer a sua inscrição.
Depois disso, você terá acesso a um portal online onde poderá receber propostas dos acampamentos, agendar entrevistas, falar sobre você, etc.

SE INTERESSOU EM SE TORNAR UM MONITOR DE ACAMPAMENTO NOS EUA?

CLIQUE AQUI E CONHEÇA OS REQUISITOS, REMUNERAÇÃO, ATIVIDADES, ETC.

Curso de Inglês em Londres na Inglaterra

Postado por: Marketing Travelmate/ 2069 0

Da favela para o mundo:

intercambista Travelmate conta sua história em Londres

 

Com poucos recursos financeiros, mas uma vontade imensa de vencer, Inez fez um intercâmbio com a Travelmate e contou como chegou onde desejava.

Inez Lemos Lopes, nasceu em São Paulo e mora até hoje lá com sua família, Lá também Inez começou sua carreira de contadora em seu próprio escritório aos 21 anos. Hoje com 46 anos ela decidiu ir atrás de mais um sonho: aprender inglês!

O intercâmbio está sendo incrível segundo ela e a experiência de pela primeira vez viajar sozinha, sem sua família faz desse momento um marco em sua carreira e amadurecimento pessoal. 

Inez escolheu Londres para fazer seu curso pois afirma ter gostado muito da cidade quando a visitou em uma viagem turística, e ela afirmou mais: ” A cidade é calma e tem oportunidade de conhecer a europa de forma interativa com o curso que está fazendo. Aqui, apesar de ter a fama da formalidade, senti que as pessoas são mais abertas”, respondeu Inez quanto ao que mais gostou de Londres.

Finalizando seu curso em Londres Inez irá para Montreal no Canadá para participar de um curso de liderança. Ela não para!

De infância humilde com 5 irmãos, ela comenta que seus pais foram sua inspiração para sair de onde saiu e chegar onde chegou. “Eu tive duas opções: morar na favela em um barraco ou em uma casa de alvenaria. Meu pai disse: ou a gente constrói ou moramos no barraco. Com isso, eu aprendi a colocar um piso, construir uma casa e acima de tudo, ter esse cuidado de escolhas”.

Inez afirma que sonhar é muito importante para todos e necessário. “A gente tem que ter sonhos, não é porque você nasceu em uma família pobre precisa ser pobre. Ou você precisa ser bandido por que veio da favela e preguiçoso porque é nordestino. Meu pai foi autodidata, praticamente, calçou um sapato pela primeira vez, aos 18 anos. A minha mãe perdeu a mãe (minha avó) aos 5 anos, o pai dela abandonou os filhos. Meus pais foram tendo um filho atrás do outro”, disse.

Os irmãos dela sempre estudaram e se dedicaram pois o pai era muito rígido. Chegaram a trabalhar juntos porém cada um seguiu seu rumo. Por fim Inez nos deixa uma reflexão para nos inspirar.

 “Tudo tem a ver com a minha busca pelo conhecimento em ser uma pessoa e uma líder melhor. O sonho atrelado a atitude é a chave para a realização do que deseja, sem isso as pessoas não saem do lugar. Sem desculpas para: ah… porque não tenho inglês, porque sou nordestino, etc… é melhor dar o primeiro passo!”, concluiu.

 

Fonte: Portal Londres

 

SE INTERESSOU EM FAZER UM CURSO DE INGLÊS EM LONDRES?

CLIQUE AQUI E SAIBA COMO

au pair intercambio

Como se tornar uma Babá nos Estados Unidos | Au Pair

Postado por: Tatiana Serbena/ 2143 1

UM INTERCÂMBIO MUITO PROCURADO PARA MENINAS QUE QUEREM SER BABÁ NOS ESTADOS UNIDOS

Au Pair é uma das modalidades mais procuradas e menos custosas de se fazer intercâmbio. O foco principal de uma Au Pair é acompanhar, brincar e principalmente cuidar de uma ou mais crianças, por isso, a responsabilidade é grande. No entanto, é uma experiência que tem tudo para ser inteiramente gratificante. O programa de Au Pair existe para oferecer a oportunidade de conhecer um novo país, vivenciar uma nova cultura, mergulhar em diferentes experiências, conhecer muitas pessoas novas e ao ser a responsável por cuidar de crianças, criar laços com a família hospedeira.

Dentre as principais responsabilidades que estão presentes à rotina de uma Au Pair estão o preparo de refeições, se envolver em brincadeiras, manter o quarto da criança limpo e arrumado, levar e buscar a criança na escola e atividades extracurriculares diárias, ajudar na lição de casa e colocá-la para dormir.

Conheça o programa de Au Pair com destino para os Estados Unidos.

au pair

COMO SER BABÁ NOS ESTADOS UNIDOS?

 

Para garantir um intercâmbio Au Pair seguro tanto para você quanto para a família da criança, existem algumas restrições em que você deve responder sim antes de se candidatar para ser a próxima Au Pair. Primeiramente, você só poderá ser uma Au Pair se tiver entre 18 e 26 anos. Se encaixando neste quesito, serão exigidas algumas outras questões que tem a ver com tempo de experiência (é preciso no mínimo 500 horas comprovadas de trabalho com crianças), formação escolar, Inglês de nível Intermediário/Avançado, exigência de carteira de motorista, boa saúde, disponibilidade de tempo para morar no exterior entre outras.

O mais importante antes de iniciar o seu trabalho e experiência como Au Pair é estar disposta e feliz em cuidar e acompanhar o desenvolvimento de uma criança e as suas necessidades do dia a dia, assim como ter a consciência de que é preciso haver uma confiança mútua entre a Au Pair e a família hospedeira.

Quem opta pelo intercâmbio Au Pair, ganha uma remuneração semanal que geralmente é suficiente para cobrir todos os custos do programa. A família paga o salário e garante alimentação e hospedagem para a Au Pair, ou seja, a casa onde você trabalha também passa a ser o seu cantinho.

Um dos pontos mais interessantes do intercâmbio Au Pair é o incentivo para o estudo. Sendo assim, a Au Pair ganha uma bolsa que deve ser destinada para este fim. É possível pagar um curso de inglês ou cursar uma disciplina que você tenha interesse em aprender.

O país que mais recebe jovens interessadas nesse tipo de experiência são os Estados Unidos. França e Alemanha também são países que estão com as portas abertas para quem deseja ser uma Au Pair, porém é necessário ter um nível de conhecimento dos respectivos idiomas.

Além do Au Pair ser uma das modalidades de intercâmbio com a melhor relação custo-benefício entre os programas de trabalho, a passagem aérea também fica por conta da família hospedeira.

Aproveite para conhecer e mergulhar no cotidiano de uma cultura diferente, falar inglês diariamente com nativos, exercer o seu dom de cuidado e atenção e ainda realizar o sonho de conhecer um país diferente.

Conte com a Travelmate para ser uma Au Pair. Clique aqui e fale com um de nossos consultores.

InterCâmbio, Desligo. | Episódio 2: Estados Unidos

Postado por: Sirius/ 1085 0

O 2º episódio da nossa série InterCâmbio, Desligo! tira as dúvidas sobre o intercâmbio nos Estados Unidos. Nele você vai saber detalhes sobre cultura, povo, visto e programas.

Conversamos com Mauricio Buerger, diretor de marketing da Travelmate, e contamos tudo o que você precisa saber antes da sua viagem para os EUA.

Acompanhe!

Passaportes mais poderosos do mundo: eles existem!

Postado por: Sirius/ 1210 0

Sabe aquela história de que um passaporte pode ser “melhor” que o outro? Na verdade, não podemos dizer que um é melhor ou pior, mas já é possível saber qual é o mais poderoso. Segundo o estudo desenvolvido pelo Henley Passport Index, e feito periodicamente, Japão e Cingapura estão no topo da lista e têm os passaportes mais poderosos do mundo. O documento japonês e o cingapuriano são aceitos em 189 países sem a necessidade de visto.

O “poder” de cada passaporte é medido de acordo com o número de países em que o titular pode viajar sem a necessidade de visto ou pode conseguir permissão de entrada ao desembarcar no país visitado. O levantamento de passaportes mais poderosos da Henley & Partners é feito com base em dados da Associação Internacional de Transporte Aéreo.

Em segundo lugar na lista dos passaportes mais poderosos está a Finlândia, Alemanha e Coreia do Sul, que permitem aos seus cidadãos entrarem em 187 países sem a necessidade visto. As cidades são seguidas da Dinamarca, Itália e Luxemburgo, que possibilitam a entrada em 186 países. 

Já o Brasil aparece em 18º lugar no ranking dos passaportes mais poderosos, permitindo aos brasileiros entrarem em 169 nações. O passaporte brasileiro caiu duas posições. A queda ocorreu devido a necessidade dos brasileiros precisarem de um visto eletrônico para entrar na Nova Zelândia

Veja quais são os passaportes mais poderosos do mundo:

1 – Japão e Cingapura

2 – Finlândia, Alemanha e Coreia do Sul

3 – Dinamarca, Itália e Luxemburgo

4 – França, Espanha e Suécia

5 – Áustria, Portugal, Holanda e Suíça

6 – Bélgica, Canadá, Grécia, Irlanda, Dinamarca, Reino Unido e EUA

7 – Malta

8 – República Tcheca

9 – Islândia, Nova Zelândia, Austrália e Lituânia

10 – Letônia, Eslovênia e Eslováquia

18 – Brasil

Por que os passaportes têm cores diferentes?

 

Essa também é uma dúvida recorrente de quem viaja. Você sabia que as cores do passaporte tem uma ligação com a identidade nacional do país e também pode refletir as características da origem de cada nação? Existem apenas quatro cores de passaporte primárias no mundo, e cada país tem suas próprias razões para escolher uma destas cores para a capa.

Os passaportes vermelhos, por exemplo, estão entre os mais comuns e têm uma conotação política forte, já que a cor é usada normalmente por países que tiveram um histórico de sistema comunista. 

A capa azul é a mais utilizada na maioria dos países do continente americano. Ela está ligada ao conceito de “novo mundo”. Países como o Canadá, Brasil, Argentina e Uruguai utilizam o passaporte azul. Em 1976, os Estados Unidos também adotaram a coloração azul.

Já o passaporte de capa verde é comum entre os países muçulmanos, como Marrocos, Arábia Saudita e Paquistão. Acredita-se que a cor verde era a favorita do profeta Maomé, além de simbolizar a natureza a vida. Algumas variações na tonalidade do verde também são usadas pelos membros da CEDEAO (Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental), representando a relação política-econômica entre os países.

E o preto é o passaporte mais raro. Os documentos com essa cor podem ser encontrados entre cidadãos de alguns países africanos como Botswana, Zâmbia, Burundi, Gabão, Angola, entre outros. A Nova Zelândia também optou pela cor preta por ser a cor oficial do país.

InterCâmbio, Desligo. | Episódio 1: Ensino Médio no Exterior – High School

Postado por: Sirius/ 1122 2

/

 

Bem-vindo! Essa é a nossa série de podcasts InterCâmbio, Desligo. O projeto tem como objetivo esclarecer todas as dúvidas de pais e intercambistas, mostrando que o sonho do intercâmbio é, sim, possível. Falaremos sobre planejamento de viagens, pré-requisitos, escolas e muito mais!

Neste 1º episódio conversamos com Michele Argenta, gerente de High School da Travelmate, sobre como adequar o intercâmbio ao orçamento e os fatores mais importantes na hora de planejar a viagem.

Acompanhe!

Translate »