Categoria: Intercâmbio Teen

universidade no exterior: 7 motivos para você fazer

Universidade no exterior: 7 motivos para você estudar fora

Postado por: Tatiana Serbena/ 2146 0

Estudar em uma universidade no exterior vai trazer muitos benefícios, tanto para a sua vida pessoal, quanto para a sua vida profissional. 

Existem diversas razões para você ir estudar fora.Neste artigo, você vai ver 7 motivos para fazer universidade no exterior. Depois disso, você certamente começará a planejar sua viagem agora mesmo!  

1. Ensino de qualidade

8 motivos para fazer universidade no exterior

 

Quando alguém decide sair do seu país para estudar, uma das principais, se não a mais importantes razões, é uma universidade de qualidade

De acordo com QS World University Ranking 2021, entre as 20 melhores universidades do mundo, 10 ficam nos Estados Unidos, 5 ficam no Reino Unido, 2 na Suíça, 2 em Singapura e 1 na China.

Confira a lista completa das universidades

Nenhuma universidade brasileira entrou para o top 100 do mais recente ranking mundial de instituições de ensino superior publicado. 

A Universidade de São Paulo (USP), aparece em 115º lugar no ranking mundial e 3º na América Latina. Esse foi o melhor resultado no ranking, até agora. 

Então, se você quer ter um estudo de alta qualidade é melhor ir pegando seu passaporte e começar a pensar em qual lugar estudar! 

2. Aperfeiçoamento da língua

aperfeiçoar a lingua

 

Você nasceu, cresceu e viveu com a língua que seus grupos sociais falavam, e quando você for estudar em uma universidade no exterior não será diferente. Porém, não com sua língua nativa. Mesmo que você saiba falar outro idioma, com a vivência e as experiências de morar e estudar em outro país é que realmente você ficará fluente em outro idioma

Com a globalização, é muito importante dedicar-se a aprender novas línguas. O inglês não é mais um diferencial, é imprescindível ao candidatar-se a uma vaga de emprego. Além disso, é considerado hoje um fator preponderante para seleção dos candidatos. Com isso, transforma o espanhol na terceira língua, como verdadeiro elemento agregador de valor aos currículos. 

Quem pretende fazer uma universidade no exterior, o idioma será necessário e muito exigido, já que precisará adaptar-se e compreender as informações que pretende absorver e externar para obter conhecimento. 

Mesmo quando for viajar para curtir suas férias fora do país, a comunicação com guias turísticos, taxistas, garçons será muito importante para aproveitar os momentos de diversão. 

 

3. Fazer universidade no exterior abrange diversas áreas para se especializar

universidade no exterior

 

 

 

No Brasil, as universidades oferecem uma quantidade mais limitada de cursos se comparado às melhores universidades do mundo. Estudar fora do Brasil, além de possuir um estudo de alta qualidade, permite que você encontrará diversas áreas únicas para se especializar, que talvez por aqui seja mais difícil.

E mesmo nos cursos tradicionais, um diploma obtido no exterior é uma vantagem que colocará você muito à frente de qualquer concorrente no mercado de trabalho.

Então, se você quer realmente ser diferenciado, prepare as malas e bora lá!

 

4. Conhecer pessoas de diferentes lugares e culturas

 

universidade no exterior

 

 

Para fazer uma universidade no exterior, você precisará fazer alguns esforços, inclusive ficar distante da família e seus amigos. Por outro lado, pode ter a certeza que você vai encontrar pessoas novas e que elas vão agregar muito em sua vida. Suas histórias, modos de viver, culturas diferentes irão fazer você crescer muito. E claro, você também terá a oportunidade de compartilhar a sua cultura com as outras pessoas.

Morando em um novo país as “definições de amizade serão atualizadas”!  Você vai aprender a chamar um amigo para ir ao supermercado com você, por exemplo, e acredite: esses “passeios” são divertidíssimos. Os amigos em um país diferente são mais que amigos, se tornam referências, guias de viagens, críticos de restaurante, e na maioria das vezes, se tornam sua família longe de casa.

Em geral, as amizades são fortes, próximas e simples, e você sentirá um carinho por essas pessoas por muito tempo, mesmo depois de voltar para o Brasil.

Com certeza você terá outra visão do mundo e da sua própria cultura. Então prepare-se para conhecer novos amigos de diferentes estilos!

 

5. Adquirir conhecimento em uma universidade no exterior

 

conhecimento

 

 

Depois de estudar em uma universidade no exterior de qualidade, aperfeiçoar a língua do país, conhecer novos amigos e outras culturas, consequentemente você estará adquirindo conhecimento. E quando falamos em conhecimento, vai muito além do que vai ser ensinado em sala de aula! Conhecimento de vida! 

Essa viagem mudará o seu estilo de vida, o seu senso crítico e alimentará ainda mais a sua vontade de viajar novamente e fazer tudo isso de novo. Viajar é viciante! 

 

6. Mercado de trabalho

 

universidade no exterior

 

Talvez um dos principais pensamentos que você tem quando vai sair do Brasil para fazer uma universidade no exterior está relacionado ao mercado de trabalho. Estudar fora tem relação direta com o seu currículo. E sim, ele será turbinado, não apenas pelo seu estudo na universidade do exterior, mas também por você demonstrar independência, conhecimento, opiniões diferenciadas, experiências fora da zona de conforto. 

Tudo isso te ajudará a dar um grande passo na direção do emprego que você sempre sonhou.

 

7. Novas ideias 

 

novas ideias

 

E por fim, temos a certeza que você vai voltar ao Brasil totalmente renovado e cheio de ideias

A experiência te trará novos olhares e com isso a vontade de colocar as ideias no papel. Elas podem ser soluções pequenas para a sua própria vida ou ainda poderá te dar todas as ferramentas, contatos e ideias para conseguir empreender. 

Viaje, estude e conquiste coisas incríveis em sua vida

Esses 7 motivos são mais que suficientes para te mostrar – e convencer – que estudar em uma universidade no exterior pode ser uma das melhores escolhas da sua vida, hein?

Por isso, não deixe de pensar nisso! Existe um mundo cheio de possibilidades esperando por você! 

Caso você queira mais informações sobre como estudar em uma universidade no exterior, leia mais sobre o Higher Education.  

 

BENEFÍCIOS DE VIAJAR PARA O EXTERIOR

6 benefícios de viajar para o exterior, um deles é te deixar mais esperto!

Postado por: Tatiana Serbena/ 2059 2

Poucas pessoas têm a oportunidade de viajar – Existem algumas coisas irresistíveis sobre escapar da nossa rotina.

Uma recente pesquisa mostrou que viver no exterior pode não apenas fazer você se sentir bem, mas pode fazer você ficar mais esperto também.

Em 2013 um estudo encontrou que 3,2% da população do mundo vivem fora do seu país de nascença – Isso é 210 milhões de pessoas.

Um estudo de 50 anos de 3.400 intercambistas encontrou que 82% deles desenvolveu um caminho mais sofisticado de olhar o mundo após a viagem. Esse estudo foi feito pela Indiana University, no qual encontrou que pessoas que viajaram para o exterior usaram mais criatividade e inteligência para solucionar os problemas.

Aqui estão os 6 benefícios de viajar para o exterior, e porque – cientificamente – eles vão deixar você mais esperto que quando você viajou.

  1. Despertar criatividade

Quando estamos com o psicológico fora da nossa zona de conforto, novas possibilidades e resultados aparecerão. Isto é por causa do nosso cérebro que está em estado de ‘atenção relaxada’, na viagem, o cérebro possibilita você fazer ações de uma outra maneira.

  • 220 estudantes de MBA da Northwestern’s Kellogg School estavam perguntando como resolver um famoso jogo, o “duncker candle”. 60% dos estudantes que tinham vivido no exterior resolveram o problema e apenas 42% dos que não tinham viajado resolveram.

viajar

  1. Boa comunicação

Quando você não pode falar o idioma, você não tem escolha, precisa aprender a como se comunicar não verbalmente. Reconhecendo aquela comunicação seu multissensorial é forçado, você desenvolve alternativas, ainda efetivas, modos de comunicação. São habilidades transferidas para muitas outras coisas na vida.

  • Um estudo de 2014 baseado em chineses que viajaram, encontraram que a maioria dos participantes reportaram boas comunicações e relações sociais depois de viver no tempo no exterior.

TRAVELMATE BLOG

  1. Maiores chances no mercado de trabalho

Viver no exterior ajudará você a construir conexões estrangeiras e desenvolver seu entendimento sobre várias culturas – duas habilidades cruciais no mundo profissional.

  • Um estude de 10 meses feito pela INSEAD encontrou que quem foi inserido em culturas com ambientes diferentes estavam oferecendo mais trabalhando do que quem nunca viveu fora.BENEFÍCIOS DE VIAJAR PARA O EXTERIOR
  1. Habilidades do intelectual melhorado

Se você vive em um país com uma linguagem diferente por muito tempo, você aprenderá facilmente a linguagem, no qual melhora muito seu intelectual.

  • Em 2012 a Swedish MRI realizou um estudo onde encontrou que pessoas que estão aprendendo uma segunda linguagem mudam o tamanho e forma do cérebro pelo melhoramento da espessura cortical – a camada de massa dos neurônios responsável através de memórias e consciências.

  1. Aumento da produtividade

Enquanto muitas vezes achamos que trabalhar o tempo todo e até em feriados aumenta a produtividade, a pesquisa mostra que o tempo livre realmente ajuda para você voltar e ter produtividade no trabalho.

  • Países como a França, com 40 feriados no ano, tem uma econômica melhor do que países que possuem apenas 25 dias.

travelmate

  1. Aumento da autoconsciência

A autoconsciência é um dos muitos reconhecimentos traçados para o sucesso, e isto vem sem nenhuma surpresa para quem viveu no exterior, e encontrou e melhorou sua autoconsciência.

  • Um recente teste de psicológica distante concebeu sugestões que viajar ou planejar sua viagem e imaginando você mesmo em outra família e distante da sua localização, melhora sua autoconsciência.

Embora nossa casa ainda seja a mesma quando nós retornamos, através da viagem algumas coisas em nossas mentes têm sido mudadas, e que tem um poder de transformar qualquer coisa em nossas vidas.

Se abra para novos ambientes, tenha uma vida no exterior e encontre seu verdadeiro potencial intelectual.

Entre em contato com a Travelmate clicando aqui e realize seu sonho!

 

5 respostas para as grandes dúvidas de um intercâmbio

Postado por: Sirius/ 424 0

Imagem relacionada

 

A simples ideia de fazer um intercâmbio, de imediato, traz uma série de questionamentos que costumam deixar os aspirantes a intercambistas um tanto quanto ansiosos. De fato, a preparação para uma fase da vida tão relevante e de tamanha importância, envolve diretamente a tomada de uma série de decisões.

Para tomá-las de maneira certeira, é preciso explorar mais profundamente questões que à primeira vista parecem básicas, mas que fazem diferença para desenhar a sua trajetória fora do país com mais segurança, confiança e tranquilidade.

Para isso, o importante é você estar orientado e certo de que todas as questões mais importantes para um excelente intercâmbio tenham sido colocadas na mesa e você veja com clareza, qual é a sua verdadeira vontade e reais necessidades.  

 

O que se encaixa como um intercâmbio?

 

De forma geral, um intercâmbio tem como essência promover uma troca de culturas, ou seja, se você for sair do seu país nativo seja para estudar, trabalhar, estudar e trabalhar conjuntamente, fazer um voluntariado ou simplesmente imergir em uma viagem de turismo que lhe permita explorar diferentes hábitos, costumes, idiomas, pessoas e lugares, você está fazendo um intercâmbio.

Portanto, a principal diferença entre uma simples viagem de férias e um intercâmbio, é justamente a questão da imersão. Em suas férias, você está relaxado para explorar o lugar de destino e seus principais pontos turísticos, sem se preocupar profundamente com as demais questões que envolvem um verdadeiro intercâmbio: seu lugar de moradia, sua rotina, sua escola, seu trabalho, a necessidade do aprendizado da língua local e por aí vai. Um intercâmbio vai além.

 

Como é possível fazer um intercâmbio gastando pouco?

 

A questão financeira de um intercâmbio pode ser delicada para uma grande parcela da população, visto que viajar e se manter no exterior exige acima de tudo, planejamento. Sendo assim, essa é uma questão relevante e que impacta o tipo de intercâmbio que você vai ter e o local de destino que ele vai acontecer. Tenha em mente que acima de tudo, um intercâmbio é um investimento. Melhor do que isso, é perceber que o resultado desse investimento é tão precioso e único de pessoa para pessoa, que cada centavo despendido nessa empreitada, é absolutamente recompensador.

Para gastar menos, você tem algumas alternativas. Comece pela questão de sua hospedagem. Morar sozinho é sempre mais caro que dividir quarto com alguém ou morar em uma residência de estudantes, também em quartos compartilhados. Outra alternativa que costuma ser mais acessível, é opção de moradia em casas de famílias, que ainda permitem o convívio bastante próximo com hábitos e costumes locais.

 

A localização de sua moradia também é um ponto relevante no fim das contas. Aproveite que a grande maioria dos países no exterior oferecem um bom sistema de transporte, facilitando o acesso aos principais pontos da cidade e permitindo que você more um pouco mais afastado do centro, que costuma ser sempre mais caro, por ser mais concorrido.

Além disso, cozinhe em casa, caminhe o máximo que puder, evite gastos supérfluos e recorrentes como festas, jantares e viagens caras. Tudo isso fará parte do seu intercâmbio, mas para gastar pouco, você precisa usufruí-los com moderação.

 

Resultado de imagem para intercambio

 

 

Posso fazer um intercâmbio e ficar por lá?

 

Gostar muito do local em que está e não querer voltar na data estipulada para finalizar o seu intercâmbio não é muito difícil de acontecer. É sempre tão bom que muitos pensam seriamente nessa possibilidade. A questão é: pode ou não pode? De forma direta, sim, é possível, mas tem um porém. A dificuldade para ter êxito e cumprir essa vontade não é nada simples. O nível de dificuldade varia de país para país, mas sempre será necessário comprovar um motivo para a permanência, seja ele por trabalho ou estudo.

Alguns países possuem políticas de imigração menos rígidas e mais flexíveis, como por exemplo a Irlanda, Nova Zelândia, Canadá e Austrália. No entanto, em todo caso será necessário o entendimento completo da situação para superar esse obstáculo e seguir com a sua vontade.

 

 

Resultado de imagem para viagem idosos

 

Existem opções de intercâmbios para maiores de 30, 40 ou 60 anos?

 

Com exceção de cursos específicos para determinada idade, como por exemplo os intercâmbios teens voltados para adolescentes de até 17 anos, não existe restrição de idade alguma para fazer intercâmbio. Existem várias opções de programas que podem variar com relação ao tempo de duração assim como o perfil dos interessados em vivê-los. Os programas mais recorrentes para interessados maiores de 30 anos são os cursos de idiomas.

Por mais que a duração do curso varie de acordo com as intenções e necessidades de cada um dos intercambistas, normalmente estes cursos são um pouco mais curtos que os cursos de graduação, por exemplo. Neste caso, é importante que o interessado garanta estar matriculado em uma turma compatível com seu nível de fluência e tenha claro quais são as expectativas de cada programa.

 

 

Qual é o destino ideal para um intercâmbio?

 

A definição do destino de um intercâmbio provavelmente seja a mais interessante que um futuro intercambista tem para tomar. Sempre que nos imaginamos passando um tempo fora do Brasil, naturalmente imaginamos o cenário por trás disso tudo. No entanto, a resposta para essa pergunta é o bom e velho “depende”. Tudo depende da língua que você quer aprender, do custo de vida das suas opções e quanto você está disposto a gastar, do nível de rigor das estações mais extremas, como inverno e verão entre outros.

Os países mais procurados continuam sendo Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Irlanda e Estados Unidos. Na contramão, nada impede que você cogite opções menos em evidência que pareçam à primeira vista bastante exóticas, mas que merecem ser consideradas com toda a certeza. É o caso de destinos como Malta, África do Sul, países da América do Sul, Japão, Coréia do Sul, Dubai, Suíça e por aí vai.

No entanto, mesmo que você esteja determinado a escolher um certo país em evidência e que consequentemente tenha um custo de vida maior, a escolha pela cidade pode fazer bastante diferença no seu orçamento. Pense em suas possibilidades e compare.

 

Resultado de imagem para intercambio

 

 

Esses e outros questionamentos envolvendo um intercâmbio são comuns e o ideal é que você esteja munido de informações e orientado da melhor forma possível, a fim de estar seguro na hora de tomar as decisões mais importantes e ter uma experiência perfeita.

 

Conte com a Travelmate para desenhar o melhor plano para o seu intercâmbio. Clique aqui e fale com um de nossos consultores!

 

s!

Como escolher o seu intercâmbio?

Postado por: Tatiana Serbena/ 3104 0

Uma hora chega o momento de decidir: Vou fazer um intercâmbio! Mas por onde começar? Para onde eu vou? O que posso gastar? Veja os principais passos para você escolher o seu intercâmbio.

  • Que idioma você quer aprender?

Antes de mais nada, o principal é saber qual idioma você quer aperfeiçoar e assim decidir o país de seu destino. Existem países que possuem várias línguas, por ser povoado por diversas culturas, como o Canadá, normalmente as pessoas vão até lá para falar inglês, mas caso você queira estudar francês, você terá muita facilidade em encontrar pessoas que falam a língua, principalmente em Montreal e Quebec.

como escolher o seu intercambio

  • Que país quer conhecer?

Talvez a parte mais difícil e a mais legal, escolher o país é uma decisão que vai mudar a sua vida! Sim, é meio radical, mas escolher o país, principalmente para seu primeiro intercâmbio, é escolher o destino onde você vai realizar seu sonho e conhecer lugares que você sempre quis.

Quem nunca sonhou em conhecer o Grand Canyon ou a Torre Eifel. Então, para sua viagem ser perfeita, escolha o lugar do seus sonhos e embarque no avião.

Dica: Se você não possui condições financeiras em escolher o local que você desejaria, alguns lugares são incríveis e ainda você vai sair economizando, como Malta, Canadá, Irlanda e Argentina.

  • Em que cidade quer morar?

Sim, quando você acha que a parte difícil de escolher o país acabou, vem a parte de escolher a cidade, óbvio. Normalmente as cidades mais famosas tem todos os tipos de cursos de intercâmbio, então a escolha também vai ser feita um pouquinho com o coração.

Recomendamos que você escolha uma cidade com vários lugares legais e com muitas atrações (Quase todas são assim, então complica mais um pouco), como Nova York que tem a famosa Estátua da Liberdade ou a Times Square, ou Toronto, que possui uma das maiores torres do mundo e também possui parques de diversão incríveis como o Canadá’s Wonderland.

malta

  • Qual tipo de curso de idioma no exterior quer fazer?

O próximo passo é escolher qual o tipo de programa que você quer fazer. Existem programas para estudar, trabalhar ou fazer ambos. Clique neles para saber mais informações.

Estudar:

Trabalhar:

Ambos:

high school

 

  • Quanto tempo estudar no exterior?

O tempo que você vai ficar no exterior é influenciado por várias coisas, como o tipo de curso escolhido e a sua condição financeira.

Outro fator importante é o seu tempo disponível, normalmente as pessoas que trabalham fazem um intercâmbio de 4 semanas, já as pessoas que apenas estudam têm a disponibilidade das férias do fim de ano, podendo chegar até 3 meses.

Dependendo do curso, você pode fazer um intercâmbio com até 2 anos de duração.

  • Onde ficar durante o intercâmbio?

Também dependendo do seu destino e o tempo, saber escolher onde ficar no intercâmbio é muito importante.

Se for ficar entre 4 e 12 semanas recomendamos ficar em uma casa de família, além de você treinar seu inglês com as pessoas da casa, você também pode optar por fazer as refeições na própria casa, assim dedicando seu tempo inteiro ao estudo e em conhecer os lugares da sua cidade, e o melhor, é o mais econômico.

Outra opção de moradia é a residência estudantil, que na maioria oferece quarto individual. Banheiro e cozinha são coletivos. Pode ficar dentro da escola/universidade ou em prédios (geralmente) próximos ao local de estudo.

Se for ficar mais de 6 meses, você provavelmente (depende das regras do país) poderá trabalhar, sendo assim fica mais fácil para alugar uma casa.

intercambio

  • Entrar em contato com a melhor agência de todas

Você pode resolver todos esses passos sozinhos, mas caso queira alguma ajuda pode saber que a Travelmate vai te auxiliar do começo ao fim. Para entrar em contato clique aqui e converse com nossos representantes.

Quer conhecer alguns pacotes de intercâmbio? Clique aqui

Depois de tudo resolvido, basta pegar sua bagagem e partiu viajar!

férias teen

5 Motivos para fazer Férias Teen

Postado por: Tatiana Serbena/ 1474 0

O programa de Férias Teen é voltado para jovens de 11 a 17 anos, que tem duração de 2 até 4 semanas. Uma experiência incrível e o com muito aprendizado, o intercambista vai adquirir conhecimento para o resto da vida. Veja os 5 motivos para fazer Férias Teen:

  • Formação do indivíduo: responsabilidade com as tarefas do dia a dia

Quando você vai passar um final de semana na casa do seu amigo, você sabe que terá responsabilidades que normalmente você não tem em casa, mas imagine você mudar de país? Um dos maiores aprendizados é você se tornar totalmente responsável e independente já na sua adolescência, tendo que lidar com suas tarefas e funções do dia a dia.

  • Aperfeiçoamento da Língua

No Intercâmbio Teen as aulas são totalmente em inglês, tanto as aulas teóricas quanto as aulas práticas. Você até pode ter feito 5 anos de escola de inglês no Brasil, mas só com um intercâmbio você vai passar o dia e a noite vivendo a língua.

férias teen

  • Cultura: Contato com estudantes de outras nacionalidades

Qualquer tipo de intercâmbio te dará a experiência de conhecer outra cultura, e com as Férias Teen não será diferente. Além de aprender muito sobre a cultura do país que está passando suas férias, os intercambistas irão conhecer pessoas de cada canto do mundo e aprender um pouco mais sobre cada país.

cultura-intercambio

  • História e Geografia: Conhecendo a cidade

No programa você irá estudar, mas também irá conhecer os pontos turísticos da cidade. No Férias Teen você terá uma agenda bem cheia e muita coisa para visitar como museus, bibliotecas, monumentos e diversas lugares que a cidade pode te proporcionar.

ferias

  • Suas férias serão inesquecíveis

Chega de passar mais uma de suas férias sem fazer nada em casa, vamos viajar! Garantimos para você que será uma viagem perfeita e com muito aprendizado, passeios, lazer e muita diversão!

ferias-teen-vancouver

Quer programar o intercâmbio teen? Clique aqui e veja os destinos e o pacote de sua preferência para tornar suas férias inesquecíveis.

Francisco Telles - Teen Program

Francisco Telles – Teen Program

Postado por: Marketing Travelmate/ 1033 0

A TM Campinas levou o Fran Telles lá pra Cambridge para realizar um programa teen na escola EC. Tem lugar melhor para aprender inglês?

 

“O principal objetivo para alguém fazer um ‘summer course’ é o conhecimento de uma nova cultura e o aprendizado de outra língua, e é com essa bagagem que desejava voltar de meu curso de três semanas em Cambridge, na Inglaterra. E não é para menos! Em poucos dias eu já havia mergulhado de modo tão intenso na cultura britânica que tinha a impressão de que estava naquela cidade por anos, sem falar de meu inglês, o qual melhorara muito em tão pouco tempo.
No entanto, a coisa mais marcante na viagem não fora o aprendizado da língua ou a imersão na vida inglesa, mas sim as amizades feitas ao longo do curso. Através delas você aprende não somente sobre os hábitos e manias do país em que está, mas também leva um pouquinho da cultura de cada nacionalidade que está na mesma sala de aula com você. Isto é, sem dúvida, o fator que mais faz um curso desses valer a pena.
Além disso, pude ficar em um país maravilhoso, cheio de histórias para contar, lotado de monumentos que tanto ouvimos falar e quase nos fazem chorar quando finalmente os vemos ao vivo, e em uma cidade e com um estilo de vida pra lá de agradável, o qual tanto sinto falta.
Meu conselho para todos que hesitam em pegar um avião e embarcar em uma viagem dessas: não percam a chance! É uma das coisas que mais acrescentam em nossas vidas e vocês não irão se arrepender!”

 

Mariah Carnier - Teen Program

Mariah Carnier – Teen Program

Postado por: Marketing Travelmate/ 1019 0

A Mariah Carnier realizou um sonho, com a ajuda da TM Campinas, e fez um intercâmbio teen para Vancouver, no Canadá!

 

“A melhor viagem da minha vida, com certeza!

Semanas antes da viagem minha ansiedade já estava a mil, me perguntava:  “como vai ser quando eu estiver la? “, ” e o inglês? “, ” será que vai valer a pena? “.
E sim, valeu muito! Cada segundo lá era maravilhoso. Fiz amizades que eu nunca imaginei fazer com pessoas de vários cantos do mundo! Tive uma counselor e uma professora que eram maravilhosas e muito atenciosas.
Esse cuidado que eles têm com os intercambistas é o que faz a diferença e faz tudo ficar melhor! Conheci lugares lindos e junto com meus novos amigos pude aproveitar e me divertir em parques, shoppings, no parque aquático, em Whistler, em Toronto, entre outros inesquecíveis locais!

Passar um tempo no Canadá foi uma experiência única, ainda mais indo com um grupo de adolescentes tão especiais!

Ter viajado com a Travelmate e com duas monitoras maravilhosas, passou muito mais segurança, pois eu sabia que qualquer coisa que eu precisassem elas estariam lá.

A única coisa ruim talvez seja a hora de se despedir de tudo e todos e voltar para a realidade no Brasil!”

 

Maria Eduarda Réa - Teen Program

Maria Eduarda Réa – Teen Program

Postado por: Marketing Travelmate/ 996 0

Com a ajuda da TM Campinas, a Maria Eduarda realizou o sonho de fazer um intercâmbio! Ela fez o Teen Program para Vancouver, no Canadá!

“Desde pequena meus familiares colocavam a ideia de fazer intercâmbio na minha cabeça! Com o passar dos anos comecei a ter vontade de fazer. Foi, então, que conheci a agência TRAVELMATE e comprei o pacote de curso de férias para o Canadá.

E foi assim que tive a melhor experiência da minha vida. Conheci pessoas que guardarei para sempre no meu coração, vi lugares que nunca imaginei que iria ver, tive experiências que me ajudaram amadurecer e agir e pensar de outro modo.

Não tenho palavras para descrever como foi especial, maravilhoso e incrível. Com certeza superou todas as minhas expectativas.

Eu tenho muito que agradecer a todos que fizeram parte dessa experiência maravilhosa. Mas principalmente a Cássia e a Gi que me ajudaram, me prepararam e se preocuparam comigo em todos os momentos. E é claro que também tenho que agradecer a Laura e a Louvane por me acompanharem e cuidarem de mim!

Eu recomendo a todos os jovens que estão indecisos para fazer high school ou querem apenas ficar algumas semanas e é claro que recomendo a TRAVELMATE, pois eu garanto que desde do primeiro momento eles irão te acolher  e te ajudar em tudo que precisar!

Mafê - Teen Program

Mafê – Teen Program

Postado por: Marketing Travelmate/ 1021 0

A Maria Fernanda Lentini, a Mafê, fez um programa teen individual na Alemanha, na Escola DID. Ela teve a ajuda da TM Campinas para ir, e voltou com amigos do mundo todo e experiências inesquecíveis!

 

“Quando eu e minha mãe começamos a procurar intercâmbio na Alemanha, o meu maior foco era melhorar meu alemão (acho que o objetivo da maioria das pessoas que procuram um curso assim, né? hahahaha) Simmm, meu alemão melhorou e muito! Mas quando me perguntam o que mais valeu a pena na viagem inteira, respondo sem nem precisar pensar duas vezes: AS AMIZADES E AS EXPERIÊNCIAS! Claro que tudo foi sensacional, mas são essas duas coisas que eu vou levar comigo o resto da minha vida! Cada momento que vivi, cada amigo que fiz e cada lugar que conheci vão estar pra sempre na minha memória e no meu coração. Por ser uma experiência única, eu acho que cada um que tem a oportunidade de fazer um intercâmbio, independente do lugar, deveria fazer. Uma coisa é certeza: a pessoa que foi, volta diferente e com uma mala bem mais pesada do que levou. Uma mala cheia de momentos, amigos, vivências e aprendizados. Ahh só tem um único problema: você não querer voltar mais! HAHAHAHA! Mas pensando bem, acho que não seria um problema tão grande assim pra mim…”

 

Top 5 guloseimas da Disney

Postado por: Tatiana Serbena/ 966 0

Top 05 guloseimas da Disney:

1- O clássico sorvete do Mickey. Sabiam que a cada 10 pessoas que entram no parque, 9 comem ele? (E tiram foto, claro).

Sorvete Mickey

2- Caramel Apple, maçã verde coberta com um caramelo puxa-puxa, outro clássico.

cgy987564large

3- Sanduíche de Waffle com Nutella e Frutas!!! Este só é encontrado no Sleepy Hollow, no Magic Kingdom, mas vale a pena ir conferir.

Waffle

4- Sundae. Sorvete, chantilly, muita calda e uma cereja, simples assim!

Sundae

5- Turkey Leg! Não é uma sobremesa, mas precisa  estar aqui. Mais de 1,5 milhão de coxas são vendidas na Disney por ano, cada uma pesa em média 700 gramas e tem por volta de 1000 calorias. Quem arrisca?

Turkey

Como convencer minha mãe a me deixar fazer um intercâmbio

Postado por: Tatiana Serbena/ 3193 0

Como convencer minha mãe sobre intercâmbio? Essa pergunta é muito comum aos adolescentes que sonham fazer intercâmbio, afinal sair de casa, andar com as próprias pernas, conseguir a sonhada independência e viver o mundo nem sempre são tarefas fáceis, principalmente se a sua mãe for do tipo “coruja”, e sempre faz de tudo pra te manter por perto, seja no caminho para a escola, nos passeios de final de semana, nas visitas ao shopping e até mesmo na hora de te levar pra balada, a sua mãe está lá, sempre pronta pra te proteger em todas as situações. Mas e agora, como convencer a sua mãe de que o seu sonho da sua vida é fazer intercâmbio? Andar com as próprias pernas, vivenciar outra cultura, conhecer novas pessoas e conseguir a tão sonhada independência? É isso que a gente te explica no post de hoje!

1-Demonstre maturidade

2a

Você precisa passar confiança para a sua mãe, mostrar que e capaz de se virar sozinho, afinal, nenhuma mãe coruja deixará um filho imaturo solto pelo mundo. Demonstre que é responsável, comprometido, aplicado, que assume tarefas e é capaz de cumpri-las, o melhor caminho para convencer sua mãe é que mostrando sua capacidade de viver em segurança sem estar sempre com ela.

 

2-Conheça muito bem o seu destino

3a

Faça muitas pesquisas sobre o local que pretende ir, conheça elementos culturais, estude sobre a possibilidade de trabalhar, instituições de ensino, custo de vida, pontos turísticos, etc. Dessa forma, quando for convencer sua mãe, os argumentos positivos estarão na ponta da língua, e você poderá responder da melhor maneira as perguntas dela.

 

3-Demonstre que possui controle das suas finanças

4a

Um intercâmbio é, antes de tudo, um investimento na sua vida. Durante o período fora do país, você precisa mostrar que consegue controlar os seus gastos e viver sem luxos e mordomias (afinal, é o dinheiro dos seus pais que está em jogo). Para mostrar a sua capacidade de controle financeiro, comece pelas coisas simples, pesquise preços de produtos, veja se realmente precisa comprar tudo o que deseja, e claro, economize nos passeios do final de semana.

 

4-Procure uma boa agência de intercâmbio

5a

Você e seus pais precisam de segurança o viajar para o exterior, tomar iniciativa própria ou confiar em uma agência sem credibilidade nunca são boas soluções. Procure indicações com amigos, pesquise agências na internet, veja depoimentos, e avaliações. É muito importante que a agência escolhida tenha o Selo Belta (Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais), estas agências respeitam um padrão de qualidade que com certeza deixará sua mãe mais tranquila.

 

5-Conheça sobre os programas de intercâmbio

6a

Procure um programa ideal para a sua idade, e que englobe tudo o que você deseja fazer, seja estudar o ensino médio, ensino superior, idiomas ou até mesmo trabalhar. As agências montam vários tipos de pacote para todas as idades e públicos, pesquise sobre todos os pacotes e veja o que é o ideal para você.

 

6-Mostre exemplos de sucesso

7a

Várias pessoas relatam sua experiência com o intercâmbio na internet, inclusive aqui no nosso blog (conheça o Alexandre e a Malu). Mostre esses relatos de sucesso para a sua mãe, e faça-a imaginar como seria se você estivesse no lugar dos alunos de intercâmbio.

Seguindo essas dicas, e sendo um “bom filho”, temos certeza de que você conseguirá convencer a sua mãe. Não desista no primeiro “não”, vá atrás de novos argumentos e alimente o seu sonho, esteja sempre otimista e corra atrás de convence-la, mesmo quando ela diz que não. Aproveite esse tempo de convencimento e pratique todas as atitudes que comentamos acima. Esperamos ter a sua história em breve aqui no Diário do Intercâmbio!

Translate »