Destino para High School

09

set
2020

O melhor destino para fazer o High School

Passar um tempo no exterior fazendo 1 ou 2 semestres do Ensino Médio é provavelmente a modalidade de intercâmbio mais tradicional que existe, talvez mesmo até a mais antiga entre as opções que existem hoje.  Ele existe desde os anos 50, numa época em que muitos países pagavam um preço alto – tanto econômico como social – para se recuperar dos vestígios deixados pela Segunda Guerra Mundial. 

O raciocínio, na época, foi que se pessoas de diferentes nacionalidades tivessem vínculos afetivos com outras pessoas e outros lugares, as chances de novas guerras diminuiriam.  Com isso, a solução encontrada foi enviar estudantes secundaristas para vivenciar um ano escolar em outro país, conhecendo seus hábitos, seu modo de pensar, sua cultura.  Nascia aí o que hoje chamamos de Intercâmbio High School.

Imagem: Arquivo Nacional Holandês – 1953 – Autor: JD Noske / Anefo

 

Passaram-se 70 anos desde então, mas mesmo assim o High School ainda é praticamente sinônimo de intercâmbio – tanto é que muitos ainda acham que intercâmbio é apenas para jovens.  O que hoje em dia não é mais verdade.  Há programas disponíveis dos 8 aos 80 anos!

Quando fazer a inscrição?

 

O processo de inscrição para o High School envolve uma série de etapas e preparação para que programa aconteça no seu ritmo.  Conversas com seu agente educacional, preenchimento de papéis, exames médicos, etc. 

Como é de se imaginar, nossos parceiros no exterior utilizarão esta documentação para apresentar à sua futura família hospedeira e fazer sua matrícula no colégio.  Por este motivo o ideal é que a inscrição seja feita com cerca de 1 ano de antecedência, de preferência.  

Lembre-se de que existe também outros processos envolvidos, como obtenção de visto, por exemplo.  Assim, quanto maior for a antecedência, melhor.  Claro que isso não é uma regra absoluta, é possível se inscrever depois.  Alguns destinos têm vagas limitadas e pode acontecer que estas se esgotem mais rapidamente.

Dúvida cruel: como escolher o destino do intercâmbio High School?

Intercâmbio High School - Qual destino escolher

 

 

Este momento de escolha é sempre motivo de muita dúvida para o futuro “high schooler” e sua família. Com tantas opções, como tomar esta decisão?  Qual país é melhor? Será que vou gostar?  Contudo, como as inscrições para o programa ocorrem alguns meses antes do embarque, vem também a pergunta: se eu escolher um destino agora e depois me arrepender antes do embarque?

A resposta é basicamente uma só: o melhor destino será aquele onde você viverá a sua experiência, não importa em que país ou cidade.  Pode parecer estranho agora, mas você entenderá isso após já ter retornado ao Brasil. Você quebrará a cabeça um pouco na hora de decidir, mas tenha certeza de que qualquer que seja a escolha, ela será a mais acertada!

No final das contas, o que menos vai importar é o país.  O que importa mesmo é a experiência internacional, a vivência, os laços que você formará por lá, as amizades que vai fazer, a rotina do dia-a-dia.  E tudo isso você encontrará em qualquer parte do mundo. Seja numa comunidade rural, seja numa cidade de porte médio. Passando pelo verão, outono, inverno ou primavera. Com uma família composta de várias pessoas ou um casal sem filhos.  A sua experiência será única e somente sua.  

OK, entendi.  Agora qual destino escolho?

 

 

 

Mesmo sabendo que sua experiência será única, rica e cheia de memórias, não tem como escapar, né? Precisamos bater o martelo sobre o destino mesmo assim.

Pense primeiramente naquele destino que te fez ter vontade de procurar saber sobre o intercâmbio. Algum amigo seu foi para determinado país e te contou?  No seu colégio, a “onda” é ir para uma certa região?  Seus pais te incentivaram a pensar neste ou naquele continente?  Você assistiu a alguma live e gostou?  Algum ponto de partida sempre haverá.  Considere este destino num primeiro momento.

Em paralelo, não deixe de considerar outras possibilidades também: você sabia que é possível fazer intercâmbio High School também na Irlanda, na Inglaterra, no País de Gales, na África do Sul? Em países onde o idioma não é o inglês? Alemanha, França, Dinamarca, Finlândia, Suécia, Noruega…   

E uma terceira opção, para contrabalancear: já se imaginou na Austrália ou Nova Zelândia?  Desse modo, se estes destinos já eram os primeiros que você imaginou, compare então com Estados Unidos ou Canadá.

Na Travelmate temos um portfolio com mais de 95 destinos, a maioria com a opção semestral e anual, o que dá um leque de quase 200 opções! Mas não deixe de fazer este exercício, pode ser que você se depare com uma opção que nem tinha te ocorrido antes e….. Wow! Como não pensei nisso antes?? 

Seu coração vai bater mais forte em algum momento durante esta reflexão.  E você então saberá o melhor destino para fazer o SEU intercâmbio High School.

Author

Desde que fiz meu intercâmbio High School na Dinamarca, não parei mais de querer conhecer o mundo. A partir daí, fiquei 25 anos envolvido no ensino de idiomas e 10 anos envolvido com intercâmbio cultural. Conheci 22 países e 128 cidades, tirei um período sabático de 6 meses. Hoje, já na fase 50+, divido minhas experiências com aqueles que têm paixão por viagens, idiomas e questões interculturais.

1 Comentário
  • Marcello Sadler
    9 de setembro de 2020

    Muito bom Rick! Super interessante seu texto, obrigado por compartilhar com todos!

    Resposta

Deixe o seu comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, digite seu nome
Por favor, digite o seu e-mail
Por favor, digite um e-mail válido

Translate »