30

jul
2020

Estudar e trabalhar na Austrália: tudo que você precisa saber

Postado por: TravelMATE Intercâmbio/ 14 0

Se você já pensou alguma vez em estudar e trabalhar na Austrália, não pode deixar de conferir este artigo. Nele, você encontrará as informações mais importantes para que possa colocar esse pensamento em prática! 

Afinal, realizar aquilo que você quer para sua vida, só depende de você, não é mesmo? 

Estudar e trabalhar na Austrália: um sonho de muitos! 

A Austrália sem dúvida alguma é um dos destinos mais procurados por quem pensa em fazer um intercâmbio. E isso acontece pelo fato do país ter muitas coisas a oferecer para quem escolhe viver lá. 

Aliás, quem nunca imaginou poder ver grandes nomes do surf bem de perto em praias paradisíacas e conhecidas mundialmente por suas ondas perfeitas? Convenhamos, só isso já torna o lugar muito atrativo. 

Mas, se você não é do tipo que se importa com surf, saiba que existem muitas outras coisas a serem exploradas no país. Vai dizer que não seria mágico um mergulho em meio aos corais de um mar cristalino? 

A grande verdade é que estudar e trabalhar na Austrália é uma ótima oportunidade! A diversidade cultural, somada à receptividade dos australianos, tornam o local ideal para quem pretende se aventurar mundo afora para aprender ou aprimorar o inglês. Melhor ainda tendo a possibilidade de trabalhar e conseguir juntar uma graninha pra poder se manter e aproveitar todos os benefícios – e muitas belezas naturais – que o país proporciona. 

 

Língua oficial 

 

O idioma falado na Austrália é o inglês. Porém, o sotaque dos australianos costuma ser bem peculiar e pode variar de acordo com a região. O que não significa que não seja fácil de entender. Existem muita gírias e inicialmente pode ser mais complicado saber como usá-las, mas conforme você vai se acostumando, tudo flui naturalmente. 

E esse é um dos grandes diferenciais de aprender um idioma em outro país! Além do suporte das aulas do curso de inglês, é possível vivenciar a cultura local e assim aprender o que não é ensinado em sala de aula. 

 

Economia

Se você pretende estudar e trabalhar na Austrália, é bom saber o mínimo sobre a economia de lá, que é bem diversificada. O país é conhecido como um grande exportador de alimentos e minérios. Contudo, o setor que mais gera empregos na Austrália é o turismo, o que inclusive facilita que o intercambista encontre um emprego, já que há maior demanda para serviços operacionais em locais como bares, hotéis e restaurantes.

A moeda local é o dólar australiano (AUD), que inclusive é a oitava moeda mais utilizada no comércio estrangeiro. 

O salário mínimo é de 19,49 dólares australianos por hora trabalhada, mas algumas funções podem pagar até AU$ 30,00/hora. 

De acordo com os últimos dados divulgados pelo Departamento de Imigração e Cidadania da Austrália, o custo de vida de um estudante é de aproximadamente AU$1.690,00 mensais. Considerando que geralmente os estudantes recebem mais que o salário mínimo e contando com uma jornada semanal de 20 horas, dá tranquilamente para se manter no país

Clima 

Esse é um dos grandes atrativos para os brasileiros que pretendem estudar e trabalhar na Austrália, já que o clima é bem parecido com o que temos aqui no Brasil. 

Como nós falamos antes, praias australianas são uma ótima pedida para os amantes do surf, sol e águas cristalinas. Mas, mesmo no inverno é possível curtir as maravilhas naturais das cidades australianas. O sol brilha bastante! Por isso até em dias de temperaturas mais  baixas o clima fica muito convidativo para quem adora uma aventura.  

 

Cultura Australiana 

 

Os australianos são muito simpáticos e receptivos e uma das características do povo é o multiculturalismo. Por ter tantas pessoas das mais variadas etnias, é considerado um dos países com a maior diversidade cultural do mundo

A maior parte da população é jovem e os brasileiros se sentem muito à vontade com os australianos. E acredite, esse clima acolhedor facilita muito o processo de adaptação!

Entretanto, não somente de belezas naturais o país é feito! Algumas regiões tem uma vida cultural bem ativa. Existem muito parques temáticos, de diversão, restaurantes, bares, casas noturnas, cassinos. Lá também você poderá encontrar montanhas impressionantes, mergulhar em lindas cachoeiras e ver os famosos cangurus! 

E assim como um bom brasileiro, os australianos valorizam muito os momentos de lazer. Apreciam um bom churrasco, adoram tomar uma cerveja e compartilhar bons momentos. Não precisa nenhum motivo especial para reunir os amigos em casa ou em algum outro lugar.

E como é possível estudar e trabalhar na Austrália? 

Agora que você já sabe o principal sobre o país, vamos ao que interessa: como você pode fazer para estudar e trabalhar na Austrália!

O que não foi dito até agora é que outro ponto de destaque é a qualidade do sistema de ensino do país. Falando em universidade, por exemplo, das 200 melhores no ranking mundial, 7 são australianas. 

E isso reflete na qualidade do ensino como um todo. É possível encontrar excelentes opções de instituições que oferecem um ensino de alta qualidade! Portanto, o intercâmbio que une estudo e trabalho é certamente a melhor maneira de chegar até lá! 

 

Intercâmbio 

O intercâmbio para quem pretende estudar e trabalhar na Austrália deve ser ter uma duração mínima de 14 semanas. Uma das grandes vantagens é a possibilidade de trabalhar, mas para isso, é necessário estar matriculado em um algum curso de inglês, profissionalizante ou superior.

O fato de poder trabalhar enquanto faz o intercâmbio ajuda, inclusive, com que você consiga se manter por mais tempo no país. Além disso, fazendo um bom planejamento é possível guardar dinheiro para viajar para outros lugares, até mesmo para se aventurar por alguns dos locais mágicos do sudeste Asiático!

 

Como obter o visto para estudar e trabalhar na Austrália 

Para entrar no país é necessário fazer a solicitação do visto antes da viagem. O mais indicado é que o visto seja solicitado com um mínimo de 2 meses de antecedência do embarque. Isso porque alguns processos podem demorar mais que do que outros.  

O visto que deve ser aplicado para que se possa estudar e trabalhar na Austrália é o visto de estudante. Soa um pouco estranho, mas é justamente esse o visto que permite trabalhar enquanto estuda. Para isso, é necessário ter mais de 18 anos, estar matriculado em um curso com duração acima de 14 semanas, como já citamos, e então você terá permissão para trabalhar 20h por semana. O consulado normalmente concede 4 semanas extras de férias depois que o curso termina e nesse período a jornada de trabalho pode ser de até 40h semanais

O processo é feito obrigatoriamente online através de um sistema. Nele, você responderá seus dados pessoais, familiares, histórico acadêmico, profissional, detalhes sobre o curso que você pretende realizar no país e, claro, a comprovação financeira de que você consegue se manter lá durante o período do curso. 

 

Confirmation of Enrolment (COE)

 

Antes mesmo de iniciar o processo de aplicação do visto, é necessário estar matriculado e ter realizado o pagamento integral do curso. Com isso, a instituição que você escolher emitirá o COE (Confirmation of Enrolment), muito importante para o processo dar certo. 

 

Genuine Temporary Entrant (GTE)

 

O critério GTE é utilizado para garantir que o estudante realmente se matriculou no curso para aprender, não apenas como porta de entrada para permanência do país. O candidato deve fazer uma carta justificando o  motivo pela qual pretende estudar na austrália e que o objetivo é permanecer no país temporariamente, pelo tempo de duração do curso. 

Seguro saúde e exame médico 

Quem pretende aplicar o visto para estudar e trabalhar na Austrália, precisa ter o seguro saúde obrigatório do governo australiano o Overseas Student Health Cover (OSHC). Assim como o curso, no momento em que o visto for aplicado é necessário comprovar o pagamento. 

Além do seguro saúde, o governo australiano exige exame médico para os intercambistas que pretendem ficar no país por um período superior a seis meses. Se o tempo de permanência for menor, o exame pode, ou não, ser solicitado.  

E você deve estar se perguntando: mas e seu eu quiser ficar mais tempo que o previsto, é possível? 

Sim! Além de ser possível, é o que geralmente acontece. A Austrália e toda a hospitalidade dos australianos encantam a qualquer um. Então é bem provável que você queira ficar ainda mais tempo por lá. Aliás, o próprio consulado já identificou que 70% dos intercambistas brasileiros não retornam no tempo previsto. 

 

Quais opções de cidades para estudar e trabalhar na Austrália

Uma das características do país é a sua versatilidade em atender bem a diferentes perfis de intercambistas que pretendem estudar e trabalhar na Austrália. Por isso, não vai ser difícil encontrar um lugar que esteja mais de acordo com seu estilo de vida. 

 

Os principais destinos são: 

 

Brisbane

 

Estudar e trabalhar na Austrália

Brisbane é a única capital subtropical da Austrália, com isso, seus dias são ensolarados e as noites são refrescantes. A cidade tem como apelido ‘Cidade do Sol’.

Ou seja, é a escolha certa para quem não curte muitos dias de chuva, já que são, em média, 300 dias de sol ao ano! Dessa forma, para quem gosta de aproveitar a vida ao ar livre, dificilmente a chuva irá atrapalhar o programa. Por lá há muitos festivais e apresentações em locais públicos e privados.

 

Melbourne

Estudar e trabalhar na Austrália

Melbourne é a segunda cidade mais populosa do país. Diferente de Brisbane, Melbourne é um local mais frio e no inverno costuma chover bastante. Mas não se preocupe! As chuvas costumam ser tão rápidas que em muitos casos nem dá tempo de desmarcar o programa. 

A cidade é um importante centro internacional de artes cênicas e visuais. E não por menos é considerada a capital cultural da Austrália.  

Seja para morar, estudar ou trabalhar, Melbourne possui a combinação perfeita de uma cidade urbana, moderna e com lindas praias. 

 

Gold Coast

 

Estudar e trabalhar na Austrália

A “Costa Dourada” é o destino ideal para os amantes do das ondas. Inclusive a primeira etapa do Circuito Mundial de Surf acontece por lá. Não precisa nem dizer o quanto esse evento movimenta a cidade, não é? 

Além das belezas naturais e da presença de animais nativos como wallabies (pequenos cangurus), koalas e  iguanas, a vida noturna é bem agitada! Por lá você encontra muitos pubs, baladas e festas que começam ao entardecer. Então, se você tem alma jovem, Gold Coast é o seu destino! 

Em relação a economia, é a cidade que mais se desenvolveu em 2019. Se você é da área de marketing, fotografia ou design, é bom saber que existe uma alta demanda desses profissionais lá!  

 

Perth

Estudar e trabalhar na Austrália

 

Perth é conhecida por ser uma cidade muito organizada! Em todos os bairros existe um centrinho comercial com os mais diversos serviços: restaurantes, cabeleireiros, cafés… 

É uma cidade mais diurna e o estilo de vida é muito tranquilo. Você conseguirá perceber que o easy-going style é bem presente na cidade. Inclusive é super comum ver os nativos andando descalços pelos mais variados lugares. 

Durante o inverno apresenta chuvas frequentes. Mas caso sua ideia seja fugir um pouco dos conterrâneos, pode ser uma boa opção. Já que comparada aos outros locais tem menos brasileiros

 

Sidney

Sidney

Diferente do que a maioria pensa, Sidney não é a capital da Austrália! A capital australiana é Camberra. 

Porém sem dúvidas é a cidade australiana mais multicultural. Para quem gosta de opções, lá é possível encontrar diversos lugares legais pra visitar, baladas para curtir e diversas lojas para fazer umas comprinhas. Mesmo assim, não perde a tranquilidade da natureza, já que existem mais de 70 praias com águas cristalinas.

 

Como encontrar um emprego na Austrália

 

Nós sempre dissemos que a Austrália, em relação ao mercado de trabalho, é o destino ideal para pessoas proativas e que não têm vergonha de ir atrás de um emprego.

Imprimir um currículo e bater de porta em porta ainda é a maneira mais eficiente para conseguir um emprego. É claro que com a facilidade da internet essa busca pode ser feita online. Mas a dica é encontrar as oportunidades e, sempre que possível, tentar ir pessoalmente se oferecer para a vaga. 

Até porque é muito comum que os contratantes peçam para que o candidato faça um trial. Então, além de ir atrás da oportunidade é importante já estar preparado, caso surja essa possibilidade. 

Em relação ao trabalho na Austrália, um dos atrativos é o salário mínimo, que em 2020 é de 19,49 dólares australianos por hora. Apenas para ter noção, no Brasil o valor da hora trabalhada é de R$ 4,54. Bem diferente, não é mesmo?

Porém, antes de sair em busca de uma oportunidade você deverá emitir o seu Tax file Number, que equivale ao CPF aqui no Brasil, e será solicitado pelo empregador. Ele é importante para que o contratante possa descontar o imposto do seu salário e pagar sua Superannuation, que é como o fundo de garantia.

A solicitação é feita online, leva cerca de 20 minutos e não tem custos.  

 

Principais vagas de emprego para intercambistas 

 

Uma das coisas que costumamos dizer aqui na TravelMate, é que o intercambista é quem faz o intercâmbio! E se desafiar é uma das principais maneiras de crescer, tanto pessoalmente quanto profissionalmente! 

Desse modo, é importante estar disposto a sair da zona de conforto e experimentar funções que talvez você nunca tivesse imaginado fazer! 

Se você não tem muito domínio da língua, inicialmente irá trabalhar em atividades que não exijam muita comunicação. Auxiliar na cozinha de um restaurante, trabalhar com limpeza, ser ajudante de construção, trabalhar com jardinagem… Essa última, por sua vez, dentre as citadas, é a função com melhor remuneração podendo chegar a 30 dólares australianos por hora. 

Conforme você for ficando mais familiarizado com o idioma poderá realizar atividades de maior contato com o público, o que é ótimo para colocar em prática o que está sendo ensinado em sala de aula. 

Para aqueles que pretendem trabalhar em uma área específica é essencial focar muito no aprendizado do idioma! 

 

As formas de remuneração podem ser: 

 

Part- time 

É como um emprego fixo que você trabalha às 20 horas semanais permitidas. Esse tipo de trabalho oferece os mesmos direitos que um trabalho em tempo integral, como férias e afastamento em caso de doença. O pagamento geralmente é feito quinzenalmente (ou a cada 40h de trabalho) e sempre via depósito na conta do estudante. É importante saber que desse pagamento já será descontado o imposto referente ao salário.  

 

Casual 

Normalmente acontece quando o trabalho é em eventos, bares e não acontece todos os dias, sendo normalmente mais comum aos finais de semana. 

Em alguns casos é possível trabalhar as 20 horas dessa forma, mas quem não consegue, geralmente tem um segundo emprego para completar a jornada. 

Nesse caso, o valor é pago via depósito em conta, já descontando o imposto, ou em cash hand.

 

Cash Hand

Nesse tipo de remuneração, a pessoa recebe o pagamento em dinheiro assim que conclui o serviço ou semanalmente. É o tipo de remuneração mais comum oferecida pelos empregadores. 

 

Programas disponíveis para estudar e trabalhar na Austrália 

 

Com tudo o que dissemos até agora, a maior certeza é que quem faz intercâmbio traz na bagagem competências e conhecimentos que vão muito além do aprendizado de outro idioma. 

Inclusive, todas as habilidades conquistadas, como independência, segurança e capacidade de se adaptar a diferentes situações, serão muito importantes quando você retornar. Qualquer desafio começa a ser encarado com muito mais confiança e tranquilidade. Sejam eles quais forem! 

O Study&Work é o programa destinado para quem pretende estudar e trabalhar na Austrália. Ele é destinado justamente para quem pretende aprender ou aperfeiçoar o idioma e ainda poder trabalhar em outro país. 

Nós sabemos que existem muitos detalhes a serem observados para que tudo dê certo no projeto de intercâmbio, mas não se preocupe! Nosso papel é justamente auxiliar para que todo o processo ocorra conforme deve ser! Para embarcar na maior vivência de sua vida solicite mais informações para nossos consultores através do WhatsApp.  

Deixe o seu comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, digite seu nome
Por favor, digite o seu e-mail
Por favor, digite um e-mail válido

Translate »