Fluente

05

jul
2018

Estudar fora é o caminho para ser fluente?

Postado por: Sirius/ 229 1

Hoje em dia, seja pelo avanço da globalização, por pressão do mundo profissional ou por necessidades pessoais, diversos meios para aprender um novo idioma se aperfeiçoaram e se consolidaram até ocupar um papel importante no dia a dia de inúmeras pessoas.

 

Não há, no entanto, um jeito certo de aprender um novo idioma. O que existe, são meios que facilitam e aceleram imensamente o processo. O meio principal, sem sombra de dúvidas, é por intermédio de uma imersão no idioma, e essa imersão se revela potencialmente relevante quando se vive no país de língua estrangeira por no mínimo 6 meses.

 

A saga rumo à fluência é longa e deve ser vivida passo a passo, dia após dia. Muitas vezes, principalmente no início, é necessário até mesmo estar disposto a superar momentos embaraçosos e situações confusas.

 

Algumas dicas podem ser preciosas e fundamentais para alcançar a fluência mais facilmente. Confira as principais:

 

Evite o seu idioma natal

 

É primordial. Mesmo que você esteja em um país estrangeiro muito longe do Brasil, não é nada difícil encontrar grupos de brasileiros espalhados por cada canto desse mundo. Conviver com brasileiros, por mais cômodo e divertido que pareça ser, não contribui para caminhar em direção à fluência. O ideal, para que a imersão seja realmente completa, é você conviver com a população nativa, conhecer de perto costumes, festas, tradições, culinária e a cultura geral do local. Mesmo errando várias e várias vezes, as  confusões com algumas palavras, às vezes erradas ou fora de contexto, com certeza farão você evoluir constantemente. Além disso, um errinho ou outro sempre é bom pra enturmar e quebrar o gelo.

 

Não tenha pressa

 

Por mais que você tenha certa ânsia e pressa por se ver falando um novo idioma com desenvoltura, tenha calma. Nada acontece do dia para a noite, e é de pouquinho em pouquinho que tudo se torna tão grande no final. Porém, o que pode ser ainda mais relevante do que a vontade em saber falar, é a vontade de não mais errar. O medo do erro, no entanto, pode ser o seu maior vilão nessa caminhada. Mas tenha em mente: se você quer voltar ao Brasil sendo fluente em outra língua, terá de se acostumar a errar. A transição é difícil e você vai sentir muitas vezes quão ruim é a sensação de querer falar algo e não saber se expressar. Algumas tarefas básicas, como escrever um e-mail, falar ao telefone, perguntar algo em voz alta podem, e certamente irão, demorar para acontecer da maneira como agrada você. Mas de novo, tenha paciência. O processo é este.

 

More com nativos

 

Ouvi-los se expressar praticamente o tempo inteiro, naturalmente você vai se acostumando com o modo de falar, as gírias adequadas para cada momento, as expressões, e por fim, vai aprendendo a falar. Dividir casa, apartamento ou um quarto com nativos ajuda, e muito, no processo. Uma hora ou outra, você acaba se soltando e interagindo naturalmente com os seus colegas. Além de tê-los como uma joia na sua trajetória de aprender um novo idioma, existem ainda fatores externos positivos que acabam vindo por influência de seus companheiros, como programas de televisão, rádio e músicas locais.

 

Seguramente, sendo fiel à estas três dicas e entendendo a importância de todas elas, dificilmente você voltará ao Brasil sentindo que poderia ter feito mais para aprender o novo idioma. Alcançar a fluência em um idioma sempre dependerá exclusivamente de você. Se esse é o seu desejo, não espere mais para alcançá-lo. Fale agora mesmo com a Travelmate e dê o primeiro passo em direção ao seu sonho. Intercâmbio é para a vida toda.

 

Administrator
1 Comentário
  • {}
    Silvia Helena Machado
    13 de julho de 2018

    Boa Tarde Sirius, tenho 57 anos e Inglês básico, gostaria muito de estudar no exterior, porém me deparo com a dúvida de qual país escolher…Gostaria de saber qual o local e cidade mais barato para fazer um curso de 06 meses? Não gostaria de ir para uma grande cidade…com milhões de habitantes e sim para um lugar pequeno e barato. Gostaria de sair do Brasil com tudo pago!!! de preferência ficar em casa de famílias, podendo também ser no próprio Campus de estudo, e que seja em uma boa escola. Não tenho ainda data definida…estou começando a pesquisar…Obrigada.

    Resposta

Deixe o seu comentário

Por favor, escreva um comentário
Por favor, digite seu nome
Por favor, digite o seu e-mail
Por favor, digite um e-mail válido