IRLANDA

A fama da Irlanda “abrasileirada” deve impedir que você viaje?

Postado por: Sirius/ 268 0

A impressão de que o número de brasileiros na Irlanda é cada vez mais alto, é fato comprovado. Nos últimos 5 anos, o número de brasileiros no país cresceu mais de 50%. Dentre as cidades preferidas, estão Dublin, em primeiro lugar, seguida por Cork, Galway e Limerick.

As vantagens de escolher a Irlanda como destino do seu intercâmbio são bastante relevantes. Viver em um país europeu, o alto padrão de ensino, o fácil deslocamento para outros países do continente, a possibilidade de estudar e trabalhar ao mesmo tempo, uma população acolhedora e sorridente, as belíssimas paisagens e as animadas festas irlandesas justificam o encantamento de tantas pessoas, principalmente dos brasileiros, pelo país europeu.

Além da alta representatividade dos brasileiros no país, o Brasil se destaca também como o país da América Latina que mais envia estudantes para o exterior. Esse número gira em torno de 300 mil estudantes por ano, e os destinos mais procurados são: Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Austrália e claro, o país.

Porém, mesmo diante de tantas vantagens de estudar e trabalhar na Irlanda, muitas pessoas descartam o país presumindo-se que a presença de um número elevado de brasileiros pode atrapalhar o intercâmbio como um todo, mas principalmente, o aprendizado da língua inglesa.

Para os que pensam desta forma, adiantamos que existe uma parcela de razão, mas ela nunca pode ser forte o suficiente para fazer o intercambista desconsiderar escolher a Irlanda como destino do intercâmbio, e vamos explicar o porquê.

Você escolhe com quem irá conviver

Por mais que existam grandes chances de esbarrar com muitos brasileiros no país, a convivência com esse grupo depende muito do próprio intercambista. Se você escolher fazer o seu intercâmbio, é você quem vai se decidir por uma imersão a fundo na cultura irlandesa e é você quem vai tomar atitudes para que a prática do idioma estrangeiro seja intensa. Assim como brasileiros, existem intercambistas de diversas outras nacionalidades que estarão na Irlanda com o mesmo objetivo que o seu: aprender um novo idioma e enriquecer a trajetória acadêmica e profissional. Identifique estas pessoas e procure estar próximo a elas. Procure estar próximo às pessoas que falam inglês ou o estão praticando, assim como você estará.

More com pessoas que falam inglês

Outra dica imprescindível é com relação à moradia. Por mais que pareça bem mais confortável e prático dividir quarto ou residência com brasileiros, evite fazê-lo. O ideal é que você more com pessoas que já possuem o inglês como língua nativa. Assim, a chance de aprender e alavancar o seu inglês é exponencial.

Evite habitar zonas turísticas

A região que você frequentará também terá muito peso para que a presença maciça de brasileiros no país não atrapalhe o seu aprendizado. Neste caso, busque viver em regiões que costumam ser frequentadas por habitantes locais das cidades irlandesas e que são mais afastados de centros turísticos. Dessa forma, você vai conviver com o inglês de forma mais profunda e escutá-lo quando estiver passeando na rua, quando precisar ir ao mercado, quando necessitar de algum serviço ou quando estiver fazendo qualquer refeição em algum restaurante. Em resumo, opte por frequentar locais que irlandeses frequentam.

A Irlanda é bastante reconhecida por sua qualidade de ensino, pelo baixo custo de vida, e pelas inúmeras oportunidades de trabalho que concede. Lembre-se sempre: é você quem faz o seu intercâmbio. Os rumos que ele irá tomar, dependerá de suas escolhas. Portanto, decida-as com cautela e responsabilidade, e comprove que definitivamente, não há como se arrepender de um dia ter escolhido a Irlanda.

Conte com a Travelmate para fazer este sonho acontecer. Clique aqui e fale com um de nossos consultores. Estamos esperando por você!