Canadá

As melhores regiões do Canadá para fazer o seu High School

Postado por: Sirius/ 63 0
As melhores regiões do Canadá para fazer o seu High School

Já faz um tempo que o Canadá ocupa a primeira posição na lista dos países mais desejados para fazer um intercâmbio. O país tem a maior taxa de imigração do mundo, e se você está incluído no imenso grupo de futuros intercambistas que já se decidiram pelo país, mas não ainda pela cidade, listamos as características relevantes das principais cidades e algumas dicas que ajudarão você a escolher o destino que melhor se encaixa nos seus objetivos e pretensões como um estudante de High School.

No geral, as regiões mais procuradas do Canadá são as que ficam em locais mais quentes, sendo a principal delas a British Columbia, representada por sua capital Victoria. Para aqueles que aterrissam em regiões mais frias, provavelmente terão um contato bem mais intenso com nativos canadenses, visto que a maioria dos imigrantes preferem ir para cidades mais quentes.

Toronto

Toronto é a maior cidade e o maior centro financeiro do Canadá e que proporciona uma vivência pura, completa e profunda da cultura canadense. Por lá, definitivamente não faltarão excelentes escolas, ricas experiências, e lembranças deliciosas para você levar para casa. Moderna, vibrante e multicultural, Toronto é ideal para quem está afim de viver uma experiência que inclua a convivência com pessoas de todas as partes do mundo.

 

Vancouver

Em uma disputa acirradíssima com Toronto pelo posto de cidade mais requisitada para um intercâmbio High School, Vancouver oferece incríveis oportunidades em meio à sua dinâmica própria de cidade grande, mas com ar de cidade pequena. Vancouver é amigável, charmosa e menos agitada que Toronto.

Ottawa

Nem Toronto, nem Vancouver. A capital do Canadá é Ottawa. Sendo assim, não tem como você pensar em um intercâmbio no Canadá, sem cogitar Ottawa, embora a cidade esteja frequentemente atrás de Toronto, Vancouver, Montreal e Quebec na lista dos destinos mais requisitados pelos futuros intercambistas. Às margens do rio passam a sensação de uma cidade europeia. Ottawa é conhecida por ser uma cidade universitária e é o maior centro tecnológico do Canadá.

Victoria

Victoria é a capital da British Columbia, a terceira maior entre as dez províncias do Canadá. A região onde está localizada a British Columbia é mundialmente reconhecida por suas exuberantes belezas naturais, e é a província canadense que mais possui parques e reservas naturais do país. Se você estiver procurando vivenciar uma região repleta de belas paisagens, o lugar ideal pode ser Victoria.

Belleville e London, dois encantos

 Belleville, assim como London, é uma cidade pequena com uma população de aproximadamente 50 mil habitantes, situada a 2 horas de Toronto. Belleville é uma cidade bastante procurada por ser amigável, tranquila e segura, mas que ao mesmo tempo possui as comodidades de uma cidade grande. A cidade proporciona uma convivência maior com atividades geralmente praticadas por aqueles que vivem no interior, como pesca, esquiar, camping e esportes náuticos. Com um leve toque de cidade grande, Belleville conta ainda com bons museus, shoppings centers, restaurantes internacionais e um centro cultural que incentiva o trabalho de grandes artistas. O clima é moderado, com as quatro estações bem definidas. No inverno, a temperatura média gira em torno de -5º C.

Uma curiosidade interessante a respeito de London, a segunda cidade que falaremos neste tópico, é que a cidade já ficou em primeiríssimo lugar no ranking de cidades que melhor integram imigrantes no país. London, com relação à população, é um pouco maior do que Belleville, contando com aproximadamente 360 mil habitantes. London é considerada um dos maiores centros urbanos do país, mas assim como Belleville, apresenta a tranquilidade de uma cidade pequena e aconchegante. A cidade está localizada entre Detroit e Toronto, se posicionando como um centro regional para comunidades vizinhas. O clima também apresenta as quatro estações bem definidas, e um inverno um pouquinho mais gelado que Belleville.

Seja a cidade que for, um intercâmbio High School no Canadá significa uma imersão bastante rica, academicamente e culturalmente falando. Fale com a Travelmate para fazer deste sonho uma realidade!

Clique aqui e conheça nossos melhores pacotes!

Vancouver

Vancouver resumida em 10 interessantes curiosidades

Postado por: Sirius/ 138 0
Vancouver resumida em 10 interessantes curiosidades

A cidade pode ser traduzida de várias maneiras. Mas suas características atuais revelam que o melhor adjetivo para definir a cidade é uma palavra que une diversas outras por definição: multiculturalidade. Vancouver se faz presente em qualquer ranking que ouse elencar as melhores cidades para se viver do planeta. Cosmopolita, moderna e multicultural, a cidade é ainda rodeada por montanhas, recheada de praias, florestas, belas paisagens e habitada por um povo pra lá de acolhedor.

Abaixo, estão listadas 10 interessantes curiosidades sobre a cidade que comprovam, das mais diferentes maneiras, que de fato a cidade é, um lugar especial.

1. Clima
Considerando que o Canadá tem fama de ser um país gelado nos tempos de inverno, a situação funciona um pouquinho diferente. O clima da cidade é mais ameno. Na realidade, podemos traduzir o clima de Vancouver como “nem tão frio, nem tão quente” considerando os parâmetros canadenses, é claro. No verão, o clima é fresco e bastante úmido, e a temperatura raramente atinge os 30ºC. No inverno, é mais comum que a temperatura chegue a zero graus. Se atingir linha negativa, não deve passar de -10ºC.

2. Grandes tempestades são raras
Já que estamos falando de clima, aqui vai uma curiosidade interessante: é bastante raro escutar raios ou grandes trovoadas, ao contrário do que se está acostumado na área central e leste do Canadá.

3. Qualidade de vida
Em termos de qualidade de vida, Vancouver por diversas vezes foi considerada a cidade com a melhor qualidade de vida do Canadá. O mais interessante disso tudo, é que o próprio Canadá já foi considerado o país com a melhor qualidade de vida do mundo. Em outras palavras, estamos falando da cidade de melhor qualidade de vida dentro de um país com a melhor qualidade de vida do mundo. Nada mal para a cidade, nada mal para o Canadá.

4. Falou em cruzeiro? 
Vancouver possui um dos maiores terminais de cruzeiro de passageiros do mundo. Principalmente entre os meses de maio a outubro, a cidade recebe navios diariamente, e a maioria deles tem endereço certo: chegar ao Alasca. Nos dias de maior movimento, em torno de 15 mil pessoas embarcam e desembarcam nos terminais de cruzeiros.

5. Culinária vasta
Diante de tantas opções, seria necessário uma grande quantidade e diversidade de povos diferentes vivendo para consumir essa vasta oferta gastronômica na cidade. E não é exatamente isso que acontece? A cidade oferece uma quantidade praticamente imensurável de restaurantes servindo pratos típicos da culinária de todos os cantos do planeta. Viva a multidiversidade!

6. Cenário de cinema
Muitos não sabem, mas Vancouver é palco para grandes filmagens do cinema mundial. Inúmeros filmes americanos que pensamos serem filmados por lá, na realidade, aproveitam as lindas e diversificadas paisagens que a cidade e o país oferecem para registrar o cenário e encantar os telespectadores mais exigentes. Prova disso, é o posto de Vancouver no segundo lugar como maior produtor de filmes da América do Norte, perdendo apenas para a praticamente imbatível, Los Angeles. A boa notícia, além da exposição evidente, é que muitos empregos são gerados em função dessa característica da cidade.

7. Concentra riquezas
O termo riqueza pode ser perfeitamente utilizado em todas as vertentes possíveis para caracterizar a cidade. Mas neste caso, estamos nos referindo a riqueza financeira. Lá estão os bairros mais caros e as pessoas mais ricas do Canadá. Para se ter uma ideia, ninguém estranha casas sendo vendidas por mais de R$ 20 milhões de dólares.

8. Criação do Greenpeace
O Greenpeace, organização em defesa do ambiente mais famosa do mundo, é cria de Vancouver, precisamente de um bairro considerado um dos mais simpáticos dos arredores da cidade: Kitsilano.

9. Maior piscina do Canadá
Aproveitando que citamos o adorável bairro de Kitsilano, existe uma outra característica que o traz de volta. É lá que está localizada a maior piscina do Canadá. Curiosamente, a piscina é abastecida com água salgada e possui por volta de 137 metros de comprimento.

10. Um parque imenso, o Stanley Park
Para se ter ideia do tamanho do principal parque da cidade, vamos utilizar como parâmetro um parque que talvez detenha o posto de mais famoso do mundo, o Central Park em Nova York. Gigante, não? Pois é, o Stanley consegue ser em torno de 10% maior. São em torno de 4km2 de área total, o tornando o maior parque urbano do Canadá. No entanto, o Stanley Park vai muito além do seu grande tamanho. Diversos atrativos dão fama ao parque, como as belíssimas paisagens em qualquer época do ano, a vista de um belo skyline, passeios de barco, passeios de trem, piscinas, grandes ciclovias e muito mais.

Ficou curioso para conhecer e morar em Vancouver? Fale com a Travelmate para conhecer os nossos pacotes e embarque nessa!

vancouver

O que fazer em Vancouver?

Postado por: Tatiana Serbena/ 2326 2

Vancouver, como a maioria das cidades do Canadá, é uma cidade incrível e encantadora para conhecer, estudar e trabalhar. Vancouver tem sido classificada como “a cidade mais habitável” no mundo há mais de uma década, de acordo com avaliações de revistas de negócios. Além, de qualidades como segurança e saúde, Vancouver é muito visitada por estudantes de intercâmbio, que realizam o sonho de conhecer o local e sempre saem de lá querendo voltar.

Mas o que fazer em Vancouver? Está pensando em viajar para lá e ainda não sabe onde ir? Aqui colocaremos os principais pontos turísticos de uma das maiores cidades do Canadá.

  • Parque de Stanley

O Parque de Stanley é um ponto incrível e que você não pode deixar de conhecer se for para Vancouver. É o maior parque urbano no Canadá e terceiro maior na América do Norte.

o que fazer em vancouver

O parque atrai cerca de oito milhões de visitantes cada ano, incluindo locais e turistas, que vem pelos seus atributos naturais entre outras coisas. Uma muralha marítima de 8.8 km rodeia o parque, que é usado 2.5 milhões de pedestres, ciclistas e patinadores-em-linha cada ano.

O Projeto para os Espaços Públicos declarou o Stanley Park como 16.º melhor do mundo e o 6º melhor da América do Norte.

  • Seawall 

Seawall é um percurso ao redor do Stanley Park, à beira mar, com mais de 20 km de pista, de um lado é um paredão de pedra e do outro o oceano. É o lugar ideal para fazer uma caminhada ou corrida, andar de bicicleta ou patins e se exercitar com uma vista maravilhosa das montanhas cobertas de neve. Não deixe de visitar o Seawall em Vancouver e conhecer mais um pouquinho dessa cidade.

Stanley_Seawall

  • Granville Island

A Granville Island está localizada embaixo da Granville Street Bridge, ponte que dá acesso a Downtown e que desemboca na Granville Street, uma das ruas mais conhecidas da cidade. No entanto, quando o assunto é comida boa e barata e, além disso, acompanhada da melhor cerveja da cidade, a resposta imediata é o mercado municipal de Granville Island.

Granville Island

O local oferece as mais variadas opções de comida, de pratos orientais a deliciosas sopas. Além disso, próximo ao mercado municipal, localiza-se a fábrica da cerveja Granville Island. Produzida quase de forma artesanal, a cerveja é um dos orgulhos dos habitantes da cidade.

  • Museu de Antropologia

Além de ser uma famosa atração turística, o museu é também um lugar de aprendizagem, usado por um número de cursos da Universidade da Colúmbia Britânica, e ainda é usado como um museu de pesquisa.

Museu de Antropologia

O museu localiza-se na Northwest Marine Drive, 6393, no campus da Universidade da Colúmbia Britânica, que oficialmente não fica dentro dos limites da cidade de Vancouver.

O museu foi fundado em 1947, quando os vários itens da coleção etnográfica da Universidade da Colúmbia Britânica foram expostos na Biblioteca Principal. O Dr. Harry Hawthorn serviu como o primeiro diretor do novo museu, com a sua mulher Dr. Audrey Hawthorn servindo como a primeira curadora.

Museu de Antropologia

  • Vancouver Aquarium

Um dos maiores aquarios do mundo, ele está localizado dentro do Stanley Park, e tem como objetivo principal conectar seus visitantes com o mundo natural. Uma associação auto-sustentável, o Aquário se dedica à conservação da vida marinha.

Vancouver Aquarium

Desde sua inauguração em 1956, o Aquário de Vancouver já recebeu mais de 35 milhões de pessoas e está aberto 365 dias por ano. A programação varia de acordo com a época do ano.

Um ótimo passeio para quem adora conhecer novos animais e saber um pouco mais sobre a vida marítima.

Vancouver Aquarium

  • English Bay

A English Bay está localizada no cruzamento final das ruas Davie e Denman, é uma charmosa praia ao lado do Stanley Park e de frente para o Oceano Pacífico.

English Bay

Durante o Verão, entre o final de junho e começo de setembro, o local torna-se um dos pontos mais frequentados da cidade. A maior parte dos visitantes é composta por jovens canadenses, turistas e estudantes internacionais.

Não deixe de conferir o pôr do sol na English Bay, que se dá ao horizonte da praia e fica refletido nas águas do mar – um espetáculo visual. Vale sempre lembrar que em Vancouver, durante o Verão, o sol se põe entre 21h e 22h

Além de todos esses pontos turísticos, você também vai poder conhecer diversos shoppings, restaurantes de várias culturas e outras coisas que só Vancouver te proporciona.

Quer estudar, trabalhar ou passear em Vancouver? Clique aqui e realize seu sonho!